O Nosso Direito

Saber sobre: Licença-Adotante

O que é Licença-Adotante?

A Licença-Adotante é um direito assegurado aos trabalhadores que adotam uma criança, garantindo-lhes o afastamento do trabalho por um período determinado para cuidar do novo membro da família. Essa licença é regulamentada pela legislação trabalhista e tem o objetivo de proteger os direitos dos pais adotivos e promover o bem-estar da criança recém-adotada.

Quem tem direito à Licença-Adotante?

Todos os trabalhadores que adotam uma criança têm direito à Licença-Adotante, independentemente do tipo de adoção (nacional ou internacional) e do regime de trabalho (CLT ou autônomo). A licença é concedida tanto para pais quanto para mães adotivos, garantindo-lhes o direito de se ausentar do trabalho para cuidar do novo integrante da família.

Qual a duração da Licença-Adotante?

A duração da Licença-Adotante varia de acordo com a legislação de cada país, mas geralmente é de 120 dias para adoção de crianças de até 1 ano de idade. Em casos de adoção de crianças mais velhas, a licença pode ser reduzida, mas sempre respeitando o direito do trabalhador de se ausentar do trabalho para cuidar do filho adotivo.

Como solicitar a Licença-Adotante?

Para solicitar a Licença-Adotante, o trabalhador deve informar o empregador sobre a adoção da criança e apresentar os documentos necessários para comprovar a legalidade do processo de adoção. O empregador deve conceder a licença sem prejuízo do salário do trabalhador, garantindo-lhe o direito de se ausentar do trabalho pelo período determinado por lei.

Quais são os direitos do trabalhador durante a Licença-Adotante?

Durante a Licença-Adotante, o trabalhador tem o direito de receber seu salário integralmente, sem nenhum desconto ou prejuízo financeiro. Além disso, ele não pode ser demitido ou sofrer qualquer tipo de retaliação por parte do empregador devido à sua ausência do trabalho para cuidar do filho adotivo.

Como é feito o retorno ao trabalho após a Licença-Adotante?

Após o término da Licença-Adotante, o trabalhador tem o direito de retornar ao seu posto de trabalho com as mesmas condições e benefícios que tinha antes de se ausentar. O empregador deve garantir a reintegração do trabalhador de forma tranquila e respeitosa, sem nenhum tipo de discriminação ou preconceito devido à sua adoção.

Quais são as penalidades para o empregador que descumprir a Lei da Licença-Adotante?

O empregador que descumprir a Lei da Licença-Adotante está sujeito a penalidades previstas na legislação trabalhista, como multas e indenizações por danos morais ao trabalhador prejudicado. É importante que os empregadores estejam cientes dos direitos dos trabalhadores adotantes e cumpram as leis vigentes para evitar problemas judiciais e prejuízos financeiros.

Quais são os benefícios da Licença-Adotante para a família e a sociedade?

A Licença-Adotante traz benefícios tanto para a família adotiva quanto para a sociedade como um todo. Ela permite que os pais adotivos tenham o tempo necessário para se dedicar ao cuidado e adaptação da criança recém-adotada, promovendo o fortalecimento dos laços familiares e o bem-estar do novo membro da família. Além disso, a licença contribui para a promoção da igualdade de direitos e a proteção da infância, garantindo um ambiente saudável e acolhedor para as crianças adotadas.

Compartilhar com:

Últimos artigos

Envie-nos uma mensagem

× Como posso te ajudar? Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday