O Nosso Direito

Saber sobre: a partir de quanto tempo é considerada união estável no Rio de Janeiro.

A partir de quanto tempo é considerada união estável no Rio de Janeiro?

A união estável é uma forma de constituição familiar reconhecida pela legislação brasileira. Ela ocorre quando duas pessoas vivem juntas de forma pública, contínua e duradoura, com o objetivo de constituir uma família. No entanto, muitas pessoas têm dúvidas sobre a partir de quanto tempo essa convivência é considerada uma união estável no Rio de Janeiro.

Legislação sobre união estável no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, a união estável é regulamentada pela Lei Estadual nº 6.015/2011, que dispõe sobre o registro público de pessoas naturais. De acordo com essa lei, a união estável é reconhecida a partir do momento em que é comprovada a convivência pública, contínua e duradoura entre duas pessoas, estabelecendo uma relação de afeto e solidariedade.

Tempo mínimo para caracterização da união estável

Embora a legislação não estabeleça um prazo mínimo para a caracterização da união estável no Rio de Janeiro, é importante destacar que a convivência deve ser contínua e duradoura. Isso significa que não basta apenas viverem juntos por um curto período de tempo, é necessário que a relação seja estável e permanente.

Comprovação da união estável

Para comprovar a união estável no Rio de Janeiro, é possível apresentar diversos documentos e provas que demonstrem a convivência do casal. Alguns exemplos são: contrato de locação em nome dos dois, contas conjuntas, declarações de imposto de renda em conjunto, testemunhas que possam atestar a convivência, entre outros.

Reconhecimento da união estável no Rio de Janeiro

Uma vez comprovada a união estável, o casal pode buscar o reconhecimento dessa relação perante a justiça. Isso pode ser feito por meio de uma escritura pública de união estável, realizada em um cartório de notas, ou por meio de uma ação judicial.

Direitos e deveres do casal em união estável

A união estável confere aos casais diversos direitos e deveres, semelhantes aos do casamento. Entre eles, estão: direito à herança, direito a pensão alimentícia, direito a benefícios previdenciários, direito a partilha de bens adquiridos durante a convivência, entre outros.

Benefícios da união estável

A união estável traz diversos benefícios para o casal, como a possibilidade de inclusão do companheiro como dependente em planos de saúde, a possibilidade de adoção conjunta, a possibilidade de utilização do sobrenome do companheiro, entre outros.

Diferença entre união estável e namoro

É importante destacar que a união estável é diferente do namoro. Enquanto o namoro é uma relação afetiva sem compromisso formal, a união estável é uma relação de convivência duradoura, com o objetivo de constituir uma família.

Importância do reconhecimento da união estável

O reconhecimento da união estável é importante para garantir os direitos e deveres do casal, além de trazer segurança jurídica para a relação. Com o reconhecimento, o casal tem acesso a diversos benefícios e proteções legais.

Conclusão

Em resumo, a partir de quanto tempo é considerada união estável no Rio de Janeiro não é uma questão de prazo específico, mas sim de comprovação da convivência pública, contínua e duradoura. É importante buscar o reconhecimento dessa relação perante a justiça para garantir os direitos e deveres do casal.

Compartilhar com:

Últimos artigos

Envie-nos uma mensagem

× Como posso te ajudar? Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday