Exoneração de pensão dos filhos maiores de idade

Tema que ainda gera muitas controvérsias no Direito de Família é a extinção de pensão alimentícia devida aos filhos, em razão do desses terem atingido a maioridade.

Enquanto os filhos são menores de idade não há dúvidas quanto à obrigação dos pais em contribuírem para o sustento de seus filhos. Porém, quando cessa esta obrigação? Quando o filho completa 18 anos? Ao final da faculdade? Ou até quando for demonstrado que o filho, mesmo já tendo terminado a faculdade, ainda não consegue se sustentar sozinho?

A Súmula 358 do STJ explicita: “O cancelamento de pensão alimentícia de filho que atingiu a maioridade está sujeito à decisão judicial, mediante contraditório, ainda que nos próprios autos.”

Pelo exposto, ainda que na sentença de ação de alimentos afirme expressamente que os alimentos serão devidos até que o filho atinja a maioridade, é necessário que se comprove que o filho não mais necessita da referida pensão.

Ao editarem a Súmula n° 358, no ano de 2008, os ministros da Segunda Seção do STJ, entenderam que, com a maioridade, cessa o poder pátrio, mas não significa que o filho não vá depender do seu responsável. “Ás vezes, o filho continua dependendo do pai em razão do estudo, trabalho ou doença”, assinalou o ministro Antônio de Pádua Ribeiro no julgamento do Resp 442.502/SP.

Pelo exposto, é preciso analisar o caso em concreto para que seja feita uma análise individual de cada situação para ver se é possível se eximir da pensão alimentícia.

Para ilustração do caso, segue abaixo, jurisprudência do TJDFT afirmando que a pensão deve ser paga até o fim da faculdade da filha ou até que esta complete 24 anos. Veja-se:

CIVIL. DIREITO DE FAMÍLIA. EXONERAÇÃO DE ALIMENTOS. NOVA FAMÍLIA. MAIORIDADE CIVIL. FILHA ESTUDANTE. NECESSIDADE COMPROVADA. AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO DA DIMINUIÇÃO DA CAPACIDADE DO ALIMENTANTE. MANUTENÇÃO DA PENSÃO ALIMENTÍCIA. EXONERAÇÃO QUE NÃO É AUTOMÁTICA COM A MAIORIDADE.
1. A maioridade civil não representa, necessariamente, a independência financeira, por este motivo, a jurisprudência já consolidada nos tribunais pátrios tem garantido ao filho maior, que, esteja cursando faculdade, seja mantida a pensão alimentícia que já esteja percebendo, desde que reste comprovado o binômio necessidade/possibilidade.
2. A simples alegação de que o alimentante tem mais outros dois filhos, de per si, não o exime dos deveres junto à filha primeva.
3. A ausência de comprovação de diminuição da capacidade do alimentante em detrimento da vasta comprovação das necessidades da alimentanda impõe seja mantida a pensão alimentícia paga à filha maior de idade que estuda.
4. Levando-se em conta que a apelada já cursou a metade da faculdade, deve lhe ser garantida a subsistência até a sua formatura, ou até que complete 24 anos, a condição que primeiro se implementar.
Recurso conhecido e improvido. Sentença mantida.
(Acórdão n. 548851, 20110310145376APC, Relator ALFEU MACHADO, 3ª Turma Cível, julgado em 16/11/2011, DJ 21/11/2011 p. 192)

Já no caso abaixo, o filho já terminou a faculdade, porém, a turma entendeu que o maior continua fazendo jus à pensão até a conclusão do curso de especialização, o que aparentemente não faz muito sentido, pois entendo que já com um curso superior a pessoa é apta a conseguir um emprego e se sustentar. Entretanto, precisamos se atentar às peculiaridades do caso concreto, como deve ter feito a 5ª Turma Cível do TJDFT, in verbis:

ALIMENTOS – FILHO MAIOR ESTUDANTE – PÓS-GRADUAÇÃO – PENSÃO MENSAL ATÉ A CONCLUSÃO DO CURSO – BINÔMIO NECESSIDADE/CAPACIDADE – EXISTÊNCIA – SENTENÇA MANTIDA.
1)- A maioridade, por si só, não autoriza que se conclua que as pessoas alimentadas, os credores, já não mais precisam ser assistidas.
2)- Observadas as peculiaridades do caso, o filho maior, ainda que tenha concluído o curso superior, faz jus à pensão alimentícia até a conclusão de curso de especialização, que o preparará melhor para o mercado de trabalho.
3)- Observado, quando da fixação dos alimentos, o binômio necessidade do alimentando e capacidade do alimentante, em atendimento ao disposto no art.1694, §1º do Código Civil, não precisa ser dar alteração do valor.
4)- Recurso conhecido e desprovido.
(Acórdão n. 574890, 20110111238038APC, Relator LUCIANO MOREIRA VASCONCELLOS, 5ª Turma Cível, julgado em 21/03/2012, DJ 27/03/2012 p. 137)

E, por fim, trouxe uma jurisprudência da 6ª Turma, que afirma que o fato da pessoa ingressar na faculdade não demonstra a necessidade à pensão alimentícia, nos seguintes termos:

DIREITO DE FAMÍLIA. ALIMENTOS. FILHO MAIOR. UNIVERSITÁRIO. AUSÊNCIA DE NECESSIDADE. POSSIBILIDADE DE PROVER O PRÓPRIO SUSTENTO.
Tendo o filho atingido a maioridade cessa o dever do genitor de prestar alimentos em decorrência do pátrio poder, remanescendo apenas o dever previsto no art. 1.694 do CC, fundado no parentesco, o qual é afastado se restar comprovado que o filho possui aptidão para prover o próprio sustento.
O mero ingresso tardio em instituição de ensino superior por si só não é suficiente para justificar a necessidade de alimentos. Demonstrada a capacidade laborativa do alimentando, estando apto a prover a própria mantença, uma vez não só consegue se manter sem a percepção de pensão por parte do seu genitor, como já o faz de forma bem confortável por um período de mais de dois anos, o pleito de alimentos deve ser julgado improcedente.Recurso conhecido e provido.
(Acórdão n. 540291, 20100610119447APC, Relator ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO, 6ª Turma Cível, julgado em 05/10/2011, DJ 13/10/2011 p. 130) (grifo nosso)

Por tudo que foi exposto, percebe-se que é necessário se atentar às peculiaridades de cada caso para demonstrar a possibilidade ou não de se obter a exoneração ou manter a pensão aos filhos maiores.

Posted on by Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura in Sem categoria 433 Comments

433 Responses to Exoneração de pensão dos filhos maiores de idade

  1. aline novoes

    Tenho uma pergunta, eu recebi pensão ate aos 18 anos.hoje tenho 23 anos e falta um ano e meio para terminar a faculdade, eu recebo uma ajuda do meu as vezes, mas eu queria reabrir o processo isso pode ser feito, eu me formo em 2014.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá, Aline.
      A sua resposta irá depender de uma informação. Quando você completou 18 anos houve exoneração de pensão? Em outras palavras, o seu pai pediu para deixar de pagar pensão ao juiz quando você completou 18 anos ou a própria sentença que determinava o pagamento de pensão afirmava que a obrigação de pagar terminava quando você completasse 18 anos? Essa informação é importante para ser definida a melhor estratégia para o seu caso.
      De qualquer forma, a jurisprudência é pacífica no sentido de permitir o pagamento de pensão alimentícia até o final da faculdade, principalmente se o filho não trabalha e não possui condições de se sustentar sozinho.
      Assim, creio que é possível sim reabrir o processo. O procedimento correto só dependerá do que foi estabelecido anteriormente em sentença no processo de alimentos e precisa ser analisado mais detalhadamente. Estou à sua disposição para ajudá-la nesta e em qualquer outra questão jurídica. Boa sorte! Um abraço,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
    • Diego

      meu pai entrou com pedido de exoneração queria saber se posso recorrer ao 10 anos de pensão alimentícia atrasada atual mente tenho 25 anos só que estou fazendo outra graduação, outra duvida o oficial de justiça não quis deixar a intimação com meu familiares e disse que só eu deveria assinar e receber o documento e queria saber se isso pode me prejudicar?

       
  2. Lucas yuri

    Eu sou pensionista federal do meu avô que faleceu há 20 anos, e essa pensão é alimenticia(sustento) e com 21 anos a pensão vai acaba. ja curso faculdade faz 1 ano e gostaria de sabe se posso entra na justiça para que a pensão continue ate o terminio da faculdade! abraços

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá, Lucas Yuri.

      Primeiramente, muito obrigada pela sua participação no blog. Espero poder ajudá-lo.

      Eu entendo que como o seu avô faleceu antes da lei 9.717 de 27 de novembro de 1998, você poderá requerer a sua reinclusão e continuar a receber o benefício até terminar a sua faculdade. Para isso, quando você estiver próximo de completar 21 anos, eu o aconselharia a tentar administrativamente o pedido de continuar recebendo a pensão. Para tanto, junte uma documentação comprovando que você está cursando uma faculdade e que mostre a data prevista para a conclusão do curso. Além disso, junte uma cópia da certidão de óbito do seu avô, evidenciando que a morte dele ocorreu antes da publicação da referida lei. É importante também que esse requerimento seja fundamentado e apesar de não ser obrigatório, você poderá contar com a ajuda de um advogado para preparar este requerimento.

      Caso o seu pedido administrativo seja negado, a propositura de uma ação judicial seria o segundo passo. Este sim você precisará de um advogado.

      Cumpre ressaltar que, à partir da lei 9.717, o benefício só é pago até os 21 anos, independente do beneficiário estar cursando nível superior ou não. Porém, como o seu avô faleceu antes dessa lei ser publicada você não entraria na regra estabelecida por ela. Por isso, creio que há boas possibilidades de êxito no seu caso em concreto.

      Qualquer outra dúvida estou à sua disposição.

      Abraços,
      Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura
      OAB/DF 35.277

       
  3. Bruna

    Olá, tenho uma dúvida: meus pais não são divorciados, porém, separaram-se há seis anos.
    De vez em quando meu pai me enviava algum dinheiro, mas isso já faz algum tempo. Estou com 22 anos e cursando o ensino superior e entrei com um pedido de pensão alimentícia, uma vez que curso ensino superior e tenho menos de 24 anos, não trabalho e ainda moro com a minha mãe. Quais as chances de eu conseguir que o pedido seja deferido? E normalmente, qual o valor desse tipo de pensão? Obrigada

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Bruna,

      Você tem todo o direito de receber pensão alimentícia do seu pai, por ter menos de 24 anos, estar cursando ensino superior, não trabalhar e morar com a sua mãe. Creio que as chances do seu pedido ser deferido são altíssimas.

      Com relação ao valor da pensão, esta vai depender diretamente do rendimento do seu pai e se ele constituiu outra família (se tem uma esposa para sustentar e outros filhos). Em geral, a pensão é calculada com base no salário do genitor, estipulando uma porcentagem sobre os rendimentos dele. Por exemplo, 20% dos rendimentos brutos do genitor. Porém, em alguns casos, pode o juiz calcular com base no salário mínimo (um salário mínimo e meio, meio salário mínimo). Tudo vai depender do chamado binômio necessidade x possibilidade. Ou seja, vai depender da sua real necessidade financeira (avaliada com base nos seus gastos) e da possibilidade financeira do seu pai (avaliada com base nos rendimentos dele e na existência de mais filhos ou esposa que ele também precisa ajudar a manter).

      Assim, não se pode prever exatamente quanto é estabelecido para pagamento, vai depender de cada caso concreto.
      Boa sorte!
      Abraços,
      Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura.

       
      • Helena

        A unica coisa que me incomoda na pensão é: o filho de pais separados, gozando de plena saúde, pode simplesmente ser um adulto e “não trabalhar” porque tem direito a uma pensão?
        O juiz não vai perguntar pro camarada porque ele não trabalha?
        Vou pedir pros meus pais se separarem gente, porque pra filho de pais casados só tem o SIM e o NÃO, e o “vai trabalhar” e o “se vira, vc já é grande”….
        Pra n

         
      • gustavo

        olá, nunca tive esse problema de pensão, mesmo meus pais mantendo apenas meu sustento sem gastos “extras” (nem presente de aniversario) eles não estão separados nem nada, mas estou com 20 anos (+- a um mês) e cursando sistemas de informação na UENP Bandeirantes-PR(publica) faltando 2 anos e meio para me formar, a casa onde era minha republica esta para ser vendida e achamos (eu e as pessoas da rep) uma nova casa aqui perto da faculdade mesmo, mas meus pais falaram que se eu quiser continuar a morar com elas é para eu trabalhar e me sustentar, pelo simples fato de termos gato e minha mae não gostar (ela mora a 200km daqui – Echapora-SP) e que era para eu achar uma pensão… como faço para meus pais continuarem me mantendo comigo morando na rep ainda? falaram isso hj pra mim e estou atras de uma solução para não ceder para os caprichos da minha mãe como meu pai sempre faz, pq a convivencia aqui na rep é otima e não quero passar o tempo que me resta da facudade confinado em uma pensao, sem ter pelo menos um animalzinho para desestressar, ah, a faculdade é noturna, mas por estar no 3º ano eu consegui um projeto voluntario para dar aulas ja que meu curso pede 400 horas, começa depois de amanha, manha das 8~10 e tarde das 1~3, e mais esse rolo me surge hj, como posso ser ajudado? Obs.: sempre bom aluno e boas notas, na vida e na faculdade. help please =(

         
        • gustavo

          como que o caso procede? qual a quantia se for possivel pedir algo tipo pensão? pq mesmo sendo publica tenho gasto com aluguel, alimentação, material etc…
          aguardo resposta =|

           
  4. humberto mariano gaia

    minha filha faz 23 anos, termina o curso em dezembro de 2012, e quer fazer pos graduação sera que tenho que contunuar pagando pensão alimenticia ate o término da pós, mesmo ela ja trabalhando.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Humberto,

      Os tribunais atualmente entendem que até os 24 anos o direito à pensão alimentícia, em tese, pode existir. Se sua filha possui 23 anos, mas já trabalha e tem condições de se manter, mesmo ela esteja cursando pós graduação e não possua 24 anos é possível sim requerer e conseguir a exoneração de pensão. Desculpe-me a demora em respondê-lo. Espero ter ajudado. Atenciosamente, Pollyanna R. Ferreira de Moura

       
  5. Gabriela

    Olá bom dia!Gostaria de saber se gozo do direito de pensão alimentícia. Meu pai faleceu em janeiro desse ano e minha mãe está recebendo o auxilio do INSS, ingressei na faculdade no começo do ano e gostaria de sair da minha casa por problemas pessoais, completei 18 anos em agosto desse ano, posso solicitar a pensão?

     
  6. Esther Boechat Alves

    Boa tarde!
    Meu filho faz 21 anos dia 26/12/2012, recebe pensão alimentícia em dia, inclusive com 13º. Ele trabalha e estuda a noite. Esse ano o pai resolveu não dar o 13º dele, alegando que fez um plano de saúde e dentário para o filho. Isso é legal? Ele pode pedir a anulação do pagamento de pensão por que o filho trabalha?
    Obrigada pela atenção e se puder, gostaria de receber, por favor, minha resposta por e-mail. Mas, isso não significa que não posso colocar aqui em seu site,pode sim,ok?
    Abraços!

     
  7. damasceno gomes

    meu filho completo 18 anos , fica o dia inteiro na academia, treinando mma, a mãe dele entro com pedido de pensão,(ele assinou uma procuração), ja que quando me divorciei a um ano deixei meus bens para ela, qual a chance dele conseguir a pensão, e nem estudar ele quer..

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Se seu filho é maior de idade, ele tem que requerer judicialmente a pensão sozinho, pois a mãe dele já não possui legitimidade para representá-lo. Caso você comprove que ele não estuda, não trabalha e não possui intenção de estudar, as possibilidades dele conseguir a pensão são pequenas, mas tudo isso dependerá também das provas juntadas e de seu advogado. Boa sorte. Espero ter ajudado.

       
  8. Estéfane

    Olá, Pollyanna.
    Os pais de um conhecido meu se divorciaram, e o pai dele inclusive já tem outra esposa. O filho cursa ensino superior em uma universidade federal e faz estágio, ganhando uma bolsa de aproximadamente R$ 700,00. Ele agora ingressou com ação de alimentos, e a juiza determinou que ele comprove os gastos. Ele tem alguma chance de ganhar essa ação? Obrigada.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Estéfane,

      Se seu amigo não possui renda suficiente para se manter é possível sim ele conseguir alimentos, mas isso dependerá das provas juntadas (aluguel/ alimentação/ vestuário) tudo isso conta. A condução e experiência do advogado também será muito importante nesse caso. Espero ter ajudado. Atenciosamente, Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  9. altamairo

    a filha à quem pg.até este més dez/2012 pensão alimenticia = a 4 SAL.MIN,, terminou o curso superior de baharel em direito neste ano de 2012 (com 23 anos, solteira) e desde 2011 até os dias de hoje ela trabalha em escritório de advogacia como estagiaria iscrita na OAB; pergunto se posso requer exoneração do pagamento da pensão, uma vez que estou exaurido de todos recursos, estou com 74 anos de idade e convivo a muitos anos com uma mulher, não temos filhos e me aposentei por idade com 2 SAL. MIN. e essa exoneraçao é correta e se pode requer no mesmo processo que instituiu a +/- 12 anos atrás, essa pensão aliment. ????
    Fico no aguardo e muito obrigado – ALTAMIRO

     
  10. Renata Uchôa de Castro

    Olá, Pollyanna! Tenho uma dúvida: tenho 19 anos e vou cursar os 5º período do curso de direito próximo semestre. Moro a 70km da cidade onde se encontra minha faculdade, vou e volto de ônibus todo dia. Passei no concurso para ingressar em um estágio do Ministério Público sediado na mesma comarca da minha faculdade. Pretendo ir morar lá. Meu pai paga um salário mínimo de pensão alimentícia para mim e meu irmão. O problema é minha mãe que está colocando dificuldade. Vou receber um salário-mínimo do estágio e com isso pagarei meu aluguel e contas. Minha mãe ficou de pagar minha faculdade e meu plano de saúde. Porém, quero que minha parte da pensão seja depositada diretamente na minha conta. Meu pai está de acordo, porém, minha mãe não quer. O que faço?

     
  11. Patricia

    Boa tarde,
    Meu caso é o seguinte, o pai da minha filha pagava 3 salários mininos, pediu revisão de pensão se dizendo desempregad, mostrando a carteira vazia, sem assinatura, para não pagar nada, mas na realidade ele empreita obras em passso fuindo e eu moro em viamão, acabou reduzindo para 75% do salário minimo, agora que minha filha faz 18 anos em junho/2013 eele quer pedir mais redução, dizendo que está desempregado, só que ela já está matriculada em curso técnico e na realidade ele não está, como faço, será que consigo manter este valor? ou como faço para mante-lo?

     
  12. Patricia

    Boa tarde,
    Meu caso é o seguinte, o pai da minha filha pagava 3 salários mininos, pediu revisão de pensão se dizendo desempregad, mostrando a carteira vazia, sem assinatura, para não pagar nada, mas na realidade ele empreita obras em passso fuindo e eu moro em viamão, acabou reduzindo para 75% do salário minimo, agora que minha filha faz 18 anos em junho/2013 ele quer pedir mais redução, dizendo que está desempregado, Mas agora ela já está matriculada em curso técnico e na realidade ele não está desempregado, infelizmente não tenho como provar, pois ele, como faço, será que consigo manter este valor? ou como faço para mante-lo?

     
  13. Edilaine

    Olá,
    gostaria de tirar uma duvida.
    Eu tenho 20 anos e estou no primeiro ano da faculdade.
    Meu pai sempre me deu pensão,em janeiro ele faleceu,então,eu,minha irmã(hoje com 17 anos)e a minha mãe ficamos beneficiarias.
    Gostaria de saber se eu posso receber a pensão ate o termino da faculdade,pois como o meu curso é muito “puxado” não estou conseguindo consiliar um trabalho com os estudos.
    Se eu deixar de receber a pensão com 21 anos,logicamente terei que deixar d estudar.

    Obrigada pela atenção!

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Edilaine,

      Entendo perfeitamente a sua situação. Infelizmente, à partir da lei 9.717, o benefício só é pago até os 21 anos, independente do beneficiário estar cursando nível superior ou não. Os tribunais têm seguido o descrito na referida lei e não vêm concedendo o benefício até os 24 anos, como muitas doutrinas entendem ser possível.
      Muitas pessoas no seu caso ingressam com ações requerendo a extensão do benefício, mas pelo que pude ver, as possibilidades de êxito não são muito grandes. Porém, pode valer a tentativa, quem sabe a justiça não muda o seu entendimento? Mudanças de entendimento ocorrem todos os dias, apesar de não ser muito fácil no seu caso. Espero ter ajudado. Qualquer outra dúvida estou à disposição. Atenciosamente,

      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  14. Bianca

    Olá Pollyana.

    Tenho 22 anos, eu entrei com o pedido de pensão quando eu tinha 18 anos, até então meu pai vinha pagando 60% do valor do meu curso, e esse ano eu fiquei sem estudar, pois minha mãe não tinha como pagar os outros 40%. Se eu pedir uma revisão de pensão para meu pai pagar mais tem algum problema? Ele ganha bem e não tem outros filhos? Esse ano que fiquei sem estudar pode afetar para ele poder parar de pagar minha pensão? Retornarei ao curso em 2013, e fiz vestibular para prestar outro curso, estudarei a tarde e noite.
    Grata Bianca.
    ,

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Bianca,

      Se houve mudança na situação financeira da sua mãe e sua, a ponto de impossibilitar o pagamento da sua faculdade, creio que pode ser possível sim uma majoração de sua pensão para que seu pai passe a pagar toda a sua faculdade. Tudo dependerá das provas que forem juntadas, mas é plenamente possível.
      Você precisará ingressar com uma revisão de pensão. Boa sorte e espero ter ajudado. Atenciosamente, Pollyanna R. Ferreira de Moura

       
      • Helena

        Trabalhar ninguem quer né?

         
  15. Renata Bortoluzzi

    A mãe de um rapaz de 21 anos recebe a pensão alimenticia para o rapaz, em conta bancária no nome dela. Quando o rapaz entrou na faculdade o pai continuou pagando a pensão alimentícia e começou a pagar a faculdade dele. O pai tem que pagar a faculdade e a pensão? E não deveria ser pago a pensão diretamente ao rapaz ( conta em nome dele )?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Tudo dependerá do que foi acordado ou estabelecido judicialmente. Se o pai paga por livre espontânea vontade a faculdade, pois não foi estabelecido o pagamento judicialmente, não é uma obrigação, porém, se a pensão foi estabelecida judicialmente, mesmo que ele pague a faculdade, este pagamento não o exime da pensão. Geralmente, quando o filho completa 18 anos, o pagamento da pensão passa a ser feito diretamente ao filho, não necessitando mais da intervenção da mãe. Tal procedimento pode ser acordado entre pai e filho ou, se não for possível, judicialmente. Espero ter ajudado.
      Att., Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  16. Arlete Araujo

    Boa tarde! Minha mão faleceu há 5 anos, quando eu ainda era menor de idade e apenas depois de 3 anos que comecei a receber pensão. Recebo pensão por dois orgãos o INSS e a antiga FASCEMAR, quando eu recebi o primeiro mês do INSS veio com o retroativo dos 3 anos. Gostaria de saber se eu posso pedir o retroativo da FASCEMAR? Caso sim, com devo proceder? É necessária a intervenção de advogado?

     
  17. Arlete Araujo

    Olá!
    Esse mês não recebi o 13º salário do INSS, o que devo fazer para receber?
    Tenho outra dúvida… Estou cursando ensino superior e meu advogado disse que quando eu fizer 21 anos eu automaticamente perco a minha pensão, gostaria de saber como faço para isso não acontecer e se é necessária a intervenção do mesmo?
    Obrigada!

     
  18. Arlete Araujo

    Eu tive minha pensão reduzida à metade no final do ano e meu advogado não fez nada, quero saber se ainda tenho com recorrer?

     
  19. RICARDO

    ola Pollyana.

    Tenho uma filha de 18 anos que completa 19 em fevereiro.
    Pago pensao e 13″ salario tambem pago , mas ela nao trbalha
    repetiu de ano agora esta fazendo um provao .Devo continuar pagando ou posso pedir exoneraçao ,pois estou casado novamente tenho mais um filho de 5 anos e trabalho de garçon free lance .

     
  20. Brenda Plateira Borges

    Olá boa tarde,
    bom tenho 20 anos e me casei ha um mes, acabei de perder o emprego e meu pai disse que vai cancelar minha pensão , ele é funcionario publico e minha pensao desconta direto da folha dele e ja cai na minha conta, sou diabética e sofro de varias doenças como enxaqueca, transtorno bipolar, problemas nos rins e etc. Entrei na faculdade no meio de 2012 , quero saber se mesmo eu estudando e gastando tanto dinheiro com remedios e tratamentos o meu pai consegue cancelar minha pensao? e se ele conseguir eu vou ser avisada pela justiça de que nao vou mais receber essa pensao?? no aguardo

     
  21. sara da silva santos

    minha sogra faleceu ela era funcionária pública gostaria de saber se meu marido tem direito á pensão por morte, ele tem 31 anos não somos casados e o estado civil dele hoje é divorciado ele no momento se encontra preso, teria como recorrer para ele receber essa pensão. E também fiquei sabendo que meu filho talves teria direito a receber essa pensão mesmo sem a falecida ter a tutela dele isso pode acontecer?

     
  22. catia

    OLA,A FILHA DO MEU ESPOSO TERMINOU O NORMAL COM 20 ANOS, FICOU 1 ANO PARADA, TRABALHA COMO PROFESSORA, MORA COM UM RAPAZ E MEU ESPOSO ESTAVA PAGANDO A PENSÃO PORQUE ELA DISSE QUE ESTAVA CURSANDO A FACULDADE, SO QUE DESCOBRIU QUE ELA NÃO ESTA ESTUDANDO COISA NENHUMA ELE É OBRIGADO A PAGAR PENSAO? VC PODE ENVIAR POR EMAIL CATIA.MAIA@YAHOO.COM.BR OBRIGADA MESMO

     
  23. catia

    OLA,A FILHA DO MEU ESPOSO TERMINOU O NORMAL COM 20 ANOS, FICOU 1 ANO PARADA, TRABALHA COMO PROFESSORA, MORA COM UM RAPAZ E MEU ESPOSO ESTAVA PAGANDO A PENSÃO PORQUE ELA DISSE QUE ESTAVA CURSANDO A FACULDADE, SO QUE DESCOBRIU QUE ELA NÃO ESTA ESTUDANDO COISA NENHUMA ELE É OBRIGADO A PAGAR PENSAO? VC PODE ENVIAR POR EMAIL CATIA.MAIA@YAHOO.COM.BR OBRIGADA MESMO.

     
  24. clayton silva

    Ola, gostaria de saber se , como tenho uma filha que completa 18 anos em fevereiro, tenho que continuar a pagar pensao alimenticia, pra ela , pois ela nao pretende entrar na faculdade, e nao esta mais estudando , sendo que a mesma mora com a mae , em casa propria, e ja trabalha em uma loja a 6 meses, em caso de exoneração da pensao o que devo fazer?

     
  25. rosiane

    ola tenho 18 anos e n conheço meu pai minha mae nunca foi atras de pensao, mais agora estou passando por uma fase dificil posso recorer atras deses 18 anos, ou que ele pague uma faculdade obrigada pela atençao e uma otima noite

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Rosiane,

      Você pode, independente de sua idade, ter o seu pai reconhecido, e inclusive ter uma nova certidão de nascimento com o nome dele. Tal procedimento pode ser feito por meio de uma ação de investigação de paternidade. Quanto à pensão, caso você esteja estudando e demonstre que não pode se sustentar sozinha poderá também conseguir uma pensão até 24 anos. Para isso, você precisará da ajuda de um advogado. Qualquer outra dúvida estou à disposição. Boa sorte.

       
  26. João Camargo

    Boa tarde,

    Sou separado e pago pensão alimenticia que é debitada diretamente em folha e creditada na conta da minha ex-esposa.
    Minha filha completará 18 anos em março/2013 e sendo assim gostaria de saber se é possível solicitar ao Juiz que o pagamento da pensão seja feito diretamente em uma conta corrente/poupança aberta em nome de minha filha, de forma que ela tenha autonomia para utilizar este recurso para custeio de seus estudos ao invés de permanecer na forma atual.
    Isso é possível?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá João Camargo,

      É plenamente possível e muito comum que depois da maioridade dos filhos a pensão seja paga diretamente na conta bancária deles. Dessa forma, você pode sim fazer o mencionado pedido ao juiz por meio de seu advogado. Ele pedirá o desarquivamento dos autos e o peticionará nesse sentido. O juiz muito provavelmente acatará, salvo se o filho apesar de maior de idade tiver alguma deficiência mental. Qualquer dúvida estou à disposição.

      Atenciosamente,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura

       
  27. Carlos Augusto

    Boa noite, tenho 21 anos e faço estagio. Gostaria de saber se posso entrar com um pedido de pensão até terminar a faculdade (estou no 3 p e nao pago a mesma). Meu pai sempre pagou por livre vontade porém desde que comecei o estagio ele vem se negando a ajudar. Como devo proceder e quais as chances?

     
  28. Iago Marcell

    Olá,
    tenho uma dúvida.
    Conheci meu pai a pouco tempo – não por vontade dele, mas sim por vontade da mãe dele. Ele nunca me procurou, nunca me ajudou com nada e agora, com vinte anos, preciso que ele pague minha universidade, pelo menos até eu conseguir resolver uns assuntos para dar entrada no sistema de financiamento – FIES. Ele está relutante para me dar alguma ajuda de custo. É visível que ele não quer me ajudar, rejeita minhas ligações, não responde aos meus e-mails.
    Quero saber se tenho algum direito, perante a lei, em relação a isso.

    Obs: Foi feito um exame de DNA em uma clinica escolhida por ele. O Exame deu positivo. Ele e minha mãe nunca foram casados.

    Desde já, agradeço sua resposta.

     
  29. Iago Marcell

    Olá,
    tenho uma dúvida.
    Conheci meu pai a pouco tempo – não por vontade dele, mas sim por vontade da mãe dele. Ele nunca me procurou, nunca me ajudou com nada e agora, com vinte anos, preciso que ele pague minha universidade, pelo menos até eu conseguir resolver uns assuntos para dar entrada no sistema de financiamento – FIES. Ele está relutante para me dar alguma ajuda de custo. É visível que ele não quer me ajudar, rejeita minhas ligações, não responde aos meus e-mails.
    Quero saber se tenho algum direito, perante a lei, em relação a isso.

    Obs: Foi feito um exame de DNA em uma clinica escolhida por ele. O Exame deu positivo. Ele e minha mãe nunca foram casados. Sou registado no nome do atual marido da minha mãe, não sei porque. Quis que meu pai me registrasse no nome dele e ele pediu pra que eu levasse uma xerox autenticadas de todos os meus documentos à pedido do advogado dele. Eu levei, mas ele nunca deu continuidade a esse processo.

    Desde já, agradeço sua resposta.

     
  30. marciopedreiro

    meu filho tem17 anos nao estuda a dois porque nao quer nao trabalha esta morando com uma menina tambem de 17 a um ano sou obrigado a pagar pensao a ele.desde ja obrgado pela resposta.

     
  31. Li

    MEU NAMORADO TEM 21 ANOS E RECEBE PENSAO ATE OS 24 POIS ESTA FAZENDO FACULDADE .PRETENDEMOS NOS CASAR. PARA QUE ELE PERCA A PENSAO O PAI DEVE ENTRAR COM O PEDIDO DE EXONERAÇAO OU É AUTOMATICO?

     
  32. Tainá Oliveira

    Bom dia Pollyanna!
    A perca de pensão alimenticia quando o filho completa a maioridade em todos os casos não é automática? E se a mãe diz que o filho precisa fazer faculdade se não irá perder tal direito, o filho precisa fazer faculdade no primeiro semestre ou se ingressar no segundo semestre do ano corrente perderá o beneficio? Obrigada.

     
  33. Nelson Ricardo

    Pollyanna, boa noite.

    Tenho um filho de 22 anos, o qual estuda na FGV (direito) e está, há alguns meses, realizando estágio em um escritório de advocacia grande. Ele possui carro (novo), posta várias viagens em seu face, fez curso de aperfeiçoamento de idioma nos EUA, etc. Ou seja, ele não tem problemas financeiros.
    O fato de ele estar trabalhando já não isentaria o dever de pagamento da pensão, até porque o padrão de vida dele é muito elevado?

     
  34. FABIAN PENEDA

    MINHA FILHA TEM 20 ANOS ESTAR CASADA E JÁ TEM FILHO TENHO QUE CONTINUAR A PAGAR PENSÃO

     
  35. catia

    Ola Polyana

    Meu esposo paga pensão para filha que disse estar estudando, porem descobrimos que ha dois anos ela mentiu, ela ja trabalha ha dois anos e mora com um rapaz ele é obrigado a continuar pagando essa pensão?

     
  36. SPOF

    Tenho uma filha de 20 anos,pago pensão alimenticia de 6 salários mínimos para ela desde seus 16 anos é depositado na conta da mãe dela.Desde que me separei fazem 5 anos a mãe dela não procura um emprego sequer vive da pensão da minha filha ela tem uma filha do primeiro casamento de 28 anos que trabalha e mora com ela te ganha bem. Acontece que sou vendedor e devido a crise meus rendimentos
    cairam vertiginosamente. Pergunto a minha filha com 20 anos de idade não esta na faculdade AINDA FAZENDO CURSINHO mãe dela
    praticamente fez a pensão como ganho renda propria, eu posso pedir diminuição da pesão no caso pagar somente os estudos e gastos da
    minha filha???

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá,

      Caso você comprove que seus rendimentos diminuíram e, automaticamente, a sua possibilidade de contribuir com o sustento de sua filha também, você pode requerer uma revisão de pensão. Além disso, você pode pedir para a pensão ser paga diretamente em uma conta bancária de sua filha para evitar que a mãe dela controle o dinheiro e use como renda própria. Qualquer outra dúvida estou à disposição. Atenciosamente,
      Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura.

       
  37. Eduardo Gomes

    Fiz 18 anos,meu pai é Sargento do Corpo de Bombeiros,separado da minha mãe desde os 2 anos,meu pai não pagava pensão,pagava minha escola como forma de pensão. Conclui o ensino médio,e estou ingressando em faculdade. Queria saber se ele é obrigado a pagar pensão,sendo que ele é casado,tem um filho de 4 anos,e minha mãe não tem condições financeiras,ela receber no maximo 800 reais por mês como secretaria,nunca tive assistencia do Corpo de Bombeiros mesmo tendo direito ! Ele é obrigado a pagar pensão,quantos % do salário dele ?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Eduardo,

      Você tem direito sim a pensão para conseguir cursar faculdade, mesmo que ingresse em uma universidade pública, já que ainda não trabalha e/ou não recebe quantia suficiente para se manter. Assim, creio que as suas chances de êxito em uma demanda judicial de pedido de alimentos é alta. Com relação ao valor, tudo vai depender da sua comprovação de gastos (necessidade) e da possibilidade do seu pai em contribuir levando em consideração se a mulher dele trabalha, quanto o outro filho dele gasta, ou seja, há diversos fatores a serem avaliados para calcular o valor da pensão. Geralmente pedimos um valor, mas quem realmente decide é o juiz, avaliando o que chamamos de binômio necessidade X possibilidade. Assim não posso afirmar quanto seria. Pela minha experiência as pensões são arbitradas em média, em 20% do salário do alimentante, mas tudo depende da sua necessidade e da possibilidade dele (quantidade de filhos, esposa, salário, gastos em geral), podendo aumentar ou diminuir tal porcentagem. Espero ter ajudado. Boa sorte. Qualquer outra dúvida estou à disposição. Atenciosamente,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
      • karen

        olá Pollyanna,
        Estou cursando o último ano do ensino médio…
        e meu pai nunca me ajudou com nada, tenho 20 anos e minha mãe foi várias vezes atrás de uma ajuda, ela tem mais três filhas de outro relacionamento… foi atrás pra ele pagar minha pensão, so que a justiça nunca conseguiu resolver isso em 2011 encontrei ele. e fui morar com ele, so que nunca me deu nada… estou pretendendo entra na faculdade em 2014, so que só faço um estagio e ganho a metade de um salário e a metade das passagens.
        gostária de saber se tenho direito de receber os anos atrasados, e uma ajuda na faculdade… moro com ele mas estou quais saindo de pois as coisas não anda muito boa com minha madrasta pois ando sobrando na casa, ah ele tem dois filhos um de 17 e uma de 9 anos. a mulher do meu pai trabalha.
        ele ganha um salário na carteira e uns 3.000,00 por fora.
        me ajuda!!!
        obrigada.
        karen

         
      • karen

        bom dia!!!
        Pollyanna,
        Estou cursando o último ano do ensino médio…
        e meu pai nunca me ajudou com nada, tenho 20 anos e minha mãe foi várias vezes atrás de uma ajuda, ela tem mais três filhas de outro relacionamento… foi atrás pra ele pagar minha pensão, so que a justiça nunca conseguiu resolver isso em 2011 encontrei ele. e fui morar com ele, so que nunca me deu nada… estou pretendendo entra na faculdade em 2014, so que só faço um estagio e ganho a metade de um salário e a metade das passagens.
        gostária de saber se tenho direito de receber os anos atrasados, e uma ajuda na faculdade… moro com ele mas estou quais saindo de pois as coisas não anda muito boa com minha madrasta pois ando sobrando na casa, ah ele tem dois filhos um de 17 e uma de 9 anos. a mulher do meu pai trabalha.
        ele ganha um salário na carteira e uns 3.000,00 por fora.
        me ajuda!!!
        obrigada.
        karen

         
  38. eduardo

    Bom dia,
    Curso o ensino superior a 4 anos sempre paguei a valor integral dos estudos pois meu pai me ajudava com a pensão alimenticia, porem ano passado ele parou de pagar por 10 meses, então para não cessar os estudos eu optei pelo financiamento do valor. Agora ele quer para de pagar a pensão, e eu gostaria de saber se por eu estar pagando através do financiamento que é pagar metade do valor agora a outra meta de pois de acabar eu perco o direito a pensão alimenticia?
    Desde já agradeço a atenção.

     
  39. Camila Zatta

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida.
    Tenho 17 anos, quase 18, e moro com a minha mãe. Nunca recebi pensão alimentícia do meu pai, porém gostaria de recorrer para começar minha faculdade. Então, ainda tenho chances de buscar isso? Posso receber mesmo se conseguir um trabalho razoável?
    Obrigada.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Oi Camila,

      Mesmo após os 18 anos você poderá ingressar com um pedido de pensão alimentícia, através de um advogado.
      Quanto ao trabalho, é menos complicado conseguir a pensão se você não trabalhar, mas se o salário não lhe der condições de se manter sozinha, a possibilidade ainda existe, principalmente se você estiver cursando ensino superior. Qualquer outra dúvida estou à disposição.
      Atenciosamente,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  40. luciana ferreira souza

    pollyana tenho 40 anos agora eu nao fiz faculdade pois na epoca era muito caro e minha mae nao podia pagar faculdade para min e minha irma .meus pais ja estavam separados a mais ou menos 10 anos ,apois isso meu pai e minha mae tinha uma casa onde foi comprada pela caixa economica e esta havia mandado uma carta havisando que ia quitar a casa sendo que meu pai nunca pagou uma parcela da prestaçao da casa esta prestaçao quem pagou foi minha mae com a pensao;que ela recebia do meu pai,eu ja estava com 18 anos na epoca e tive que ir atras dele sem saber aonde ele morava para assinar a quitaçao da casa,ao chegar na casa dele foi descultido que ele queria o divorcio para casar com a outra mulher que ele morava,mais como minha mae nao sabia ler e nen escrever eu disse que so deixava minha mae assinar o divorcio se ele passasse a parte dele da casa pra ela ele concordou mais disse que so assinava para dar a casa a ela se eu e minha irma abrissemos mao da nossa pensao alimenticia entao fomos para a justiça e assim foi feito . entao ficou pensao so para a minha mae mesmo eu e minha irma nao ter feito faculdade e meu pai nen se quer se importou com isso,em 2007 infelismente minha mae veio a falecer antes do homen mais despresiveu que se diz meu pai entao a pensao voltou para ele ,apois 2 anos de falecimento da minha mae ele veio falecer e minha madrasta ficou com toda a pensao recebendo tudo eu e minha irma somos de maior sim mais todas as duas solteira gostaria de saber se poço recorrer e pedir para abrir o processo novamente.meu pai era funcionario publico federal do IBGE me ajuda se caso tenho direito a pensao por morte do meu pai o que devo fazer.

     
  41. luciana ferreira souza

    desde ja muito obrigada.

     
  42. Vitória Nascimento

    Olá Pollyanna,

    Tenho 16 anos e vou terminar o ensino médio com 19 anos, minha mãe não quer me ajudar a pagar minha faculdade e a mensalidade é muito cara e não vou ter condição de pagar sozinha. Tem com eu recorrer a justiça pra ela me ajudar a pagar minha faculdade ?

     
  43. Beatriz

    Olá Pollyanna,
    a minha dúvida é a seguinte: meu pai e minha mãe são divorciados a muitos anos. Logo após a separação, minha irmã e eu morávamos com minha mãe, mas depois de uns anos passamos a morar com meu pai. Contudo, minha irmã continua recebendo pensão alimentícia do meu pai e eu NUNCA recebi. Minha irmã tem 23 anos e vai se formar agora, final de 2013. Eu tenho, 24 e ainda estou na faculdade, me formo só no final de 2014. Eu também não teria direito a receber essa pensão pelo fato de ainda estar na graduação? Ou então o meu pai não deveria mais pagar essa pensão pra minha irmã, ja que ela mora com ele. Minha mãe não possui condições de pagar pensão para minha irmã ou para mim, pelo fato de não trabalhar,ter um filho menor de outro relacionamento, sendo assim caso tivesse que pagar a pensão comprometeria muito a sua subsistência.
    Desde já agradeço

     
  44. jessica dambrosque

    ola,
    preciso comprovar na faculdade que meu pai nao paga mais a pensao para conseguir uma bolsa de estudo.
    ele pediu exoneração, eu ainda nao consegui um advogado.
    como faço para explicar a faculdade?

     
  45. samila

    olá Pollyanna!

    tenho 17 anos, meus pais são divorciados e meu pai paga pensão alimentícia,pretendo sair de casa devido a problemas com minha mãe e estarei ingressando em uma faculdade federal em breve. gostaria de saber se ao sair de casa a pensão que é paga pra minha mãe passará para mim?

     
  46. Vasty

    Minha mãe recebe pensão por morte do meu pai que era ferroviário. No momento da morte descobrimos um filhos extra conjugal ainda de menor e a pensão dela ficou dividida entre eles (2). Agora ele completou 18anos, já tem um filho e trabalha em uma empresa. Pode-se pedir a exoneração dele nestas condições? Como comprovar que ele já se sustenta se a ctps não for registrada? Grata desde já.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Vasty,

      É possível sim pedir a exoneração, se ele for casado ou viver em união estável será mais fácil ainda. Pode-se comprovar que ele trabalha e quanto ele ganha por meio de prova testemunhal, além de requerer que a empresa que ele trabalha seja oficiada para informar o salário dele. Esta questão não será problema.
      Caso ainda não tenha contratado um advogado, estou à sua disposição, caso seja de Brasília-DF.
      Atenciosamente,

      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  47. Bruna

    Ola Pollyanna!
    Tenho 22 anos e este ano ingresso na faculdade. Meus pais são divorciados e na época da separação,eu já era de maior, tinha direito á pensão, mas preferi abrir mão desta por motivos de força maior. Agora que vou começar a faculdade, (particular) sinto necessidade de ajuda no custeio. Posso solicitar a pensão agora? Quais são as minhas chances? Moro com minha mãe, trabalho, mas o que ganho não é suficiente para que me sustente sozinha.
    Muito obrigada!

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Bruna,

      Você poderá sim solicitar pensão por meio de uma ação de alimentos. Caso você consiga provar que o que ganha não é suficiente para se sustentar sozinha e que está matriculada em uma faculdade,creio que suas chances são boas. Para isso você necessitará contratar um advogado. boa sorte.
      Atenciosamente,

      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  48. Marcela

    Oi Pollyanna.
    Eu recebo pensão alimenticia do meu pai, que ja é descontada em folha. Formo este ano o ensino medio e ano que vem quero entrar na faculdade. Como faço para requerer o direito de receber essa pensão ate os 24 anos ou ate que eu me forme?
    É preciso que seja por vontdade propia dele, em continuar dando? Ou existe alguma lei que diz que é obrigatorio receber este beneficio ate que complete a faculdade?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Marcela,

      Como a pensão paga pelo seu pai é descontada em folha, deduzo que esta foi arbitrada judicialmente. Dessa forma, para que o seu pai deixe de pagá-la ele deverá obrigatoriamente ingressar com uma Ação de Exoneração de pensão. Assim, enquanto ele não fizer este pedido de exoneração, você continuará recebendo a pensão independente da sua idade, porque mesmo que você passe dos 24 anos, o seu pai para parar de pagar a pensão necessita ingressar judicialmente solicitando. Não há uma lei dizendo que é obrigatório o pagamento até a faculdade. Existe é um entendimento dos tribunais que em geral, até o fim da faculdade as pessoas precisam da ajuda dos pais, mas tudo depende de cada caso.
      No seu caso, como você irá ingressar em uma faculdade, comprando que está matriculada e não tem como se manter sozinha, mesmo que seu pai venha a ingressar com o pedido de exoneração, dificilmente ele consiga a exoneração enquanto você estiver na faculdade e provar que não ganha o suficiente.
      Espero ter ajudado.
      Att.,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  49. JORGE ALEX

    OLÁ POLLYANA!!
    EU PAGO PENSÃO A MAIS DE DEZ ANOS A EX-MULHER E FILHO, HOJE ELA JÁ TRABALHA E ELE É MAIOR DE IDADE O MESMO NÃO ESTUDA MAIS E ESTA VIAJANDO EM UMA MISSÃO DA IGREJA QUE ELE FREQUENTA,ELE SE ENCONTRA EM BRASILIA E A MÃE DELE AQUI EM FORTALEZA CONTINUA RECEBENDO A PENSÃO. EU QUERIA SABER SE EU POSSO E COMO DEVO PROCEDER PARA EXONERAR ESSA PENSÃO DELA?
    OBRIGADO!!

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezado Jorge Alex,

      Se a sua ex-esposa já trabalha e tem como se manter financeiramente. Você pode ingressar com uma Ação de Exoneração de pensão, alegando que a situação financeira dela modificou-se ao longo desses 10 anos, além dela já ter tido tempo suficiente para se recolocar no mercado de trabalho durante esse tempo. Além disso, ela já trabalha e possui condições de se manter. A ação deve ser proposta no local de residência dela.Qualquer dúvida estou à disposição.
      Att.,

      Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

       
  50. lanny souza

    Olá Pollyanna,
    gostaria de saber se meu ex-marido pode cancelar a pensão sem me avisar, ou sem até mesmo agente ir à um juiz pra saber se o meu filho ainda precisa ou não. Obrigada!

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Lanny,

      Seu ex-marido não poderá em nenhuma hipótese parar de pagar pensão sem ingressar judicialmente, se a pensão tiver sido arbitrado pelo judiciário, mesmo que mediante um acordo judicial. É necessário que ele peça por meio de uma ação de exoneração e o seu filho e/ou você serão ouvidos para apresentação de provas da necessidade ou não de ainda receber pensão. Se ele parar de pagar por qualquer motivo, sem ser por meio de decisão judicial, você poderá ingressar com uma execução de pensão para ele pagar os meses atrasados, e, dependendo, ele poderá até ser preso.

      Qualquer dúvida estou à disposição.
      Att.,

      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  51. Vilma Medeiros

    oi Polyana,
    Tenho 2 filhas, 9 anos e 17 anos,meu ex-marido paga 1 salario minimo de pensão apenas pras duas, a maior competando 18 anos e se nao estiver cursando faculdade ele pode reduzir a pensão pela metade?Ou ele tem de pagar o mesmo valor ate a filha menor completar 18 anos??

     
  52. Vilma Medeiros

    oi Polyana,
    Tenho 2 filhas, 9 anos e 17 anos,meu ex-marido paga 1 salario minimo de pensão apenas pras duas, a maior competando 18 anos e se nao estiver cursando faculdade ele pode reduzir a pensão pela metade?Ou ele tem de pagar o mesmo valor ate a filha menor completar 18 anos??

     
  53. Igor Sarubi

    Pollyanna,

    Então, eu gostaria de saber até quando tenho direito em receber pensão do meu pai.
    Meu pai era separado da minha mãe desde os meus 3 anos, eu recebia pensão alimentícia, e ano passado meu pai faleceu.
    Eu era super dependente dele, estou com 20 anos cursando 7º Período da faculdade e parece que cessará quando eu completar os 21.
    minha dúvida é se tenho direito a receber até eu terminar a faculdade.

     
  54. francisco rocha

    TEnho um filho que deixei de pagar pensão aos 18 anos ( nao houve ordem judicial para isso). meu filho casou. 3 anos depois ele entra na faculdade e me cobra todo o atrasado. ele tem direito??

     
  55. Karen Andrade

    Boa tarde,
    Acabei de completar 21 anos, meu pai paga minha faculdade e pensão alimentícia.
    Só que depois de 21 anos ele disse que eu não tenho mais direito de receber essa pensão, que ele só tem que pagar minha faculdade.
    Como isso procede?? Ele tá certo? eu não tenho direito?? Eu vou me formar em 2015 ainda e não trabalho. Não tenho condição de me sustentar sem a pensão. Aguardo resposta e obrigada!

     
  56. adriana sousa

    minha sobrinha tem 19 anos faz faculdade e esta gravida ela continua recebendo pensão vive c a mãe

     
  57. João Batista Anselmo

    Olá Pollyana, Boa noite!
    Gostaria de entrar com ação de exoneração de alimentos,sou casado, tnho dois filhos um de 2 anos e outra de 7 anos, ao reber a notificação não podia ir a São Paulo e sem openar muito até paragilizar concordei em pagar um salario minimo tendo em vista que já pago pensão já 8 anos, e o garoto já tem 18 anos, segundo sua mãe diz que ele esta fazendo cursinho e vai para faculdade. Ela já é aposentada ele garoto aparentemnte saudável, recebi varios e-mail inclusive dele proprio dizendo qu vou ter que sústenta-lo até até 24 anos,ele mora em osasco – SP. eu moro em tubarão sc, oque devo fazer, pois trabalho com transporte escolar e não tenho condiçoçes de continuar a pagar,pagou aluguel de R$591,00, já estou no SPC a quase 4 anos, fiz varios empréstimos, meu carro esta alieanado,muitas dividas, não sei oque fazer. Por favor pode me orientar.
    Muito obrigado!
    João Batista.

     
  58. João Batista Anselmo

    Quero entrar om exoneração de pensão, moro m tubarão/sc e o alimentado em osasco – São Paulo, estou om dificuldades até para pagar um advogado, o que dvo fazer. Tenho que ir a São Paulo, posso fazer por aqu mesmo? eu estava pagando um salario minimo e acertei fiz umm acordo verbal com a mãe e so´pago 400,00, 1 ano ela pode requerer o restante?

    Obrigado!

    João Batista

     
  59. Vitória Nascimento

    responde a minha pergunta por favor!!

     
  60. Isabelly

    Tenho dois casos em mãos. São dois filhos de pai falecido que era provedor da família. O filho mais novo recebeu pensão até os 21 anos e mesmo cursando uma faculdade o benefício foi interrompido. O mesmo, por falta de informação, não requereu o retorno do mesmo. Hoje, com 26 anos, ainda não conseguiu se formar, devido a motivos financeiros. Ele pode requerer hoje o benefício? Ele teria direito aos anos retroativos que o benefício foi cortado?

    O outro filho por sua vez, quando o pai faleceu (lembrando que ele sustentava os dois filhos), era maior de idade e não recebeu pensão e tb não cursava um ensino superior por motivos de saúde. Hoje ele tem vontade de ingressar em uma faculdade, mas por motivos financeiros ele não pode. O rapaz pode, hoje, requerer a pensão por morte do pai para cursar um ensino superior?

     
  61. Isabelly

    Olá Pollyana, Boa tarde!

    Estou com outro caso onde o falecido possuía uma companheira e era casado no papel com outra mulher. Após o falecimento, a companheira entrou com um processo para retirar o benefício do INSS da esposa alegando que a mesma possuía condições financeiras para se sustentar. Entretanto, a esposa era sustentada pelo marido até o dia de sua morte. Como devo proceder?

     
    • Jéssica

      Oi, Preciso tirar uma dúvida.
      Meus pais são separados, minha mãe recebe pensão. Eu trabalho, tenho 21 anos, farei 22 em abril.
      Dia 18 de fevereiro começarei a cursar faculdade de administração. O valor da mensalidade do curso é r$500,00. Eu não tenho condições de pagar tudo sozinha, já que meu salário no bruto é r$823,00 mas com os descontos fica por volta dos R$700,00 e vem divido nos dias 15 e 30 de cada mês. Pedi que meu pai pagasse a metade que eu pagaria a outra, mas ele disse que só vai me ajudar com r$150,00 e os outros r$100,00 é minha mãe que tem que dar. Mas eu moro com a minha mãe e ela já me ajuda com a comida, água e luz que eu gasto em casa.
      Gostaria de ter certeza dos meus direitos. Não quero por meu pai na justiça, mas se eu souber dos meus direitos e dizer isso a ele, sei que a gente chega a um acordo, sem precisar entrar com processo. Só que pra isso eu tenho que saber quais são os meus direitos, pq sabendo que sou leiga no assunto ele acaba me enrolando e não me ajuda em nada. Desde já, muito obrigada. Jéssica

       
  62. Thamiris

    Bom dia!
    Queria muito que me tirasse uma dúvida.
    Meus pais se separam porém não eram casados no papel, minha mãe saiu de casa, e eu que tenho 19 anos e meu irmão que tem 17 ficamos com o nosso pai. Porém eu queria ir morar com a minha mãe e meu irmão continuaria a morar com meu pai. Sendo assim o meu pai teria que me ajudar a bancar meus estudos, ou custos?
    Se poder responda minha pergunta !

     
  63. israel ferreira

    que devo fazer?

     
  64. Paulo Lima

    Pessoal e Amigos.

    Tenho 36 anos de idade, e não recebi nenhum papel sobre um investigação de paternidade em relação à meu PROVAVEL pai Biologico, e fui informado por um agora falecido ADVOGADO, por telefone que deu NEGATIVO o resultado, me deixando transtornado e criando problemas emocionais com minha mãe, que até então, tinha certeza de que era o SUJEITO MEU “PAI”. Porém, isso foi em meados de 1997, Hoje tenho 36 anos com mencionei acima, e estou pensando em desarquivar o processo, e ter a certeza de tudo, ainda tenho a esperança de poder ter algo FINANCEIRO disso tudo, hj já não mais me importa o emocional, passei por esta fase, pois já tenho uma linda família, com ESPOSA e DUAS lindas Filhas uma de 2 anos e outra de 13, mas TENHO MUITAS DIFICULDADES FINANCEIRAS, e isso me faz procurar por muitos meios algo para sustentá-las, entre elas a ESPERANÇA de que desse caso, EU TENHA ALGO DE DIREITO, podem me esclarecer sobre este assunto? OBRIGADO .. SOU O PAULO LIMA meu email é ocadoacai@gmail.com e ficarei muito grato pela ajuda de todos(as).

     
    • Fabrine

      Nunca vi situação mais absurda. Se dinheiro ainda comprasse caráter… Mas nem essa extorsão que vc está pretendendo fazer a um bode expiatório qualquer lhe dará isso. Vergonha de gente como vc.

       
  65. Kelly

    Boa Noite gostaria de saber um pouco mais sobre exoneração,pois meu pai cortou a pensão sem acordo sem conversa e então recorermos e em marçoo terá uma nova audiêcia para ouvir as testyemunhas,meu pai ganha bem tem carro casa própria tem profissão e alega ser um simples pescador com uma carteira antiga,pois ele se qualificou e hoje e rebocador com ganhos de 3.000,00 á 5.000,00 reais por mês e eu gostaria de saber se tem como ganhar a causa,pois eu sou solteira não tenho trabalho e meus irmãos estam sem condições fisicas de trabalhar por conta de um acidente.

     
  66. Laiz

    Bom dia, tenho 23 anos, estou cursando o 3º semestre de administração. Desde meus 16 anos ja trabalho, e minha remuneração gira em torno dos 1300,00… Gostaria de saber se ainda tenho direito a pensão? Meu pai nunca pagou pensão, somente quando pedido em juízo, isso foi feito a ultima vez a pelo menos 10 anos atras… nunca me procura ou visita. Faço menos cadeiras do que gostaria, a fatura da faculdade fica em torno de 500,00 a 700,00 reais dependendo de quantas faço no semestre. Ainda tenho despesa com a saúde bucal, tenho aparelho e minha despesa mensal é de 100,00… enfim, queria saber se posso requerir em juízo a pensão e os atrasados? e se posso acioná-lo por abandono tb?

     
  67. joao de deus barbosa da silva

    boa tarde,tenho um filho fora do casamento ele completou 24 anos, não esta cursando faculdade ele estava trabalhando só que quando soube que eu ia entrar com uma ação de exoneração de alimentos, pediu as conta do emprego para permanecer recebendo a penssão. o que fazer para resolver este problema, ele não tem nenhum problema de saúde.

     
  68. ana luiza

    Oii eu recebia pensão do meu pai até meus 18 anos, hoje estou com 20, e começei a fazer faculdade, entendi pelos outros comentários, que tenho direito a uma ajuda. Só que eu tenho uma filha pequena, e faço uns bicos pra ajudar na sua alimentação. Mesmo assim tenho direito a pensão?
    Obrigada

     
  69. ian felipe

    bom dia!
    se eu morar com minha mãe, no momento sou menor de idade mas vou completar 18 esse ano, e minha mãe querer me colocar para fora de casa,ela pode fazer isso ou ela tem que me sustentar ate eu terminar a faculdade?
    irei cursar faculdade esse ano!

     
  70. aline

    oi, minha mãe e pensionista meu pai morreu a 18 anos, e eu estou no terceiro período da faculdade quero saber se tenho direito a uma pensão, por esta estudando, alem daquela que minha mãe recebe?

     
  71. Leandro Silva

    Meu padrasto tem uma filha de 30 anos, e ainda paga pensão à ela e a ex-esposa por decisão judicial. Pelo visto a ex dele se caso e parece q o cara morreu, ela nega até a morte q se casou, ja corremos atrás de algum documento mas de nada adiantou, gostaria de saber se tem alguma válvula de escape pra fugir dessa pensão.
    Obs: A filha dele ja fez faculdade, pós, mestrado e ainda recebe.

     
  72. cintia rodrigues

    oi gostaria de saber vou completar 21 anos a minha pensao cai ou volta para minha mae somos so nos duas q recebemos pensao por morte do meu pai agradeço se me ajudarem

     
  73. Adriana Bassi

    Bom dia Pollyana .
    Preciso de uma informação ,meu marido tem um filho do primeiro casamento que tem 19 anos ,já trabalha em uma empresa a 3 anos e faz faculdade de designer gráfico,mora com a mãe e a avó, a mãe trabalha a avó é aposentada , meu marido pode pedir exoneração da pensão ,já que tem outra família ,e no caso o filho dele mora em casa própria tem carro do ano e vem visitar o pai uma vez ao ano,isso a 10 anos que temos de casado,por favor me ajude ,estamos inforcados pq construímos uma casa em um terreno doado pela minha mãe e só de banco pagamos 1.400,00 ,mais 700,00 de pensão e meu marido é policial militar o bruto do sário dele é 3.500,00 com descontos de pensão e outros da pm as vezes sobra 1.200,00 para passar o mês e pagar as contas.

     
  74. Adriana Bassi

    Bom dia Pollyana .
    Preciso de uma informação ,meu marido tem um filho do primeiro casamento que tem 19 anos ,já trabalha em uma empresa a 3 anos e faz faculdade de designer gráfico,mora com a mãe e a avó, a mãe trabalha a avó é aposentada , meu marido pode pedir exoneração da pensão ,já que tem outra família ,e no caso o filho dele mora em casa própria tem carro do ano e vem visitar o pai uma vez ao ano,isso a 10 anos que temos de casado,por favor me ajude ,estamos inforcados pq construímos uma casa em um terreno doado pela minha mãe e só de banco pagamos 1.400,00 ,mais 700,00 de pensão e meu marido é policial militar o bruto do sário dele é 3.500,00 com descontos de pensão e outros da pm as vezes sobra 1.200,00 para passar o mês e pagar as contas.

     
  75. Catiane F. Velasco Henrique

    Olá Pollyana, Boa tarde!

    Meu marido teve 02 filhas no 1° casamento uma tem 15 anos e a outra 18, ele paga pensão correta, de acordo com o que foi decidido pelo juiz, e sai direto do pagamento dele, pg convenio médico, clube, da presente de natal , aniversario etc, Ah foi estipulado também para ele pagar todos os medicamento que forem necessario, so o que esta acontecendo é que a ex tem pago algum, e fica ameanço q vai coloca-lo na justiça, sendo que todos os medicamentos que pedem para ele mediante a receita nos compramos, e também, ja deixamos claro que caso ela compre algum remedio, é so ela dar a receita e o recibo que ira ser depositado na conta dela, mas ela ta querendo criar caso, e compra e fica ameaçando atraves de mensagem pelo celular q vai entrar na justiça, as meninas não atende o telefone do pai, nem responde as mensagem, inclusive temos varias guardadas, de feliz natal, ano novo, etc tudo sem respostas, Agora ele mandou uma mensagem dizendo que matriculou a fica na faculdade e tem contas para ele pagar e q vai a justiça, no caso mesmo ele pagando a pensão correctamente ele é obrigado a pagar faculdade???? Ah lembrando que meu marido não tem cas propria, pois deixou tudo pra ex e pras filhas, (casa).
    Aguardo a resposta .obrigada.

     
  76. Catiane F. Velasco Henrique

    Correção: ela mandou uma mensagem que matriculou a filha na faculdade.

     
  77. Juliani

    Tenho uma duvida muito grande.
    Completo 18 anos em fevereiro e recebo pensão do meu pai.Terminei o ensino médio em 2012, porém não consegui uma vaga em uma faculdade para esse ano, mas pretendo tentar ano q vem novamente.E também esse ano quero fazer um cursinho pago e investir em minha educação, e gostaria de saber se posso trabalhar para ajudar na renda de casa. Mas sem que meu pai retira a pesão pois eu pagaria os cursos com ela…me ajudem por favor…obrigada…

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Juliane,

      Se você continuar estudando, fazendo cursinho para ingressar em uma faculdade e trabalhe, mas não ganhe o suficiente para se manter sozinha, dificilmente seu pai conseguirá a exoneração de sua pensão. Boa sorte!

      Att.,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  78. Izabel Cristina

    Olá, Pollyana!
    Tenho um vizinho que, por decisão da Justiça,paga pensão alimentícia à filha de 24 anos que, por sua vez, já conseguiu diploma universitário. Ocorre que, os seus vencimentos caíram vertiginosamente após o falecimento de sua mãe, que o ajudava no cumprimento desta obrigação, vez que apesar de ser servidor público,está “encostado”. Como exonerar esta pensão? É possível?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Izabel Cristina,

      É possível sim, principalmente se ela já é formada e a renda dele diminuiu. Eu o aconselharia a ingressar urgentemente com um pedido de exoneração. Com os detalhes do caso um advogado saberá qual a melhor estratégia a ser adotada.
      Att.,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  79. andressa inacio alves

    ola queria saber q minha a filha do meu marido vai fazer 18 anos e a mae dela disse para naum parar de pagar a pensoa pq ela vai para a faculdade gostaria de saber se posso ta pedindo para ela a matricula da faculdade para ver se vai estudar mesmo e se depois q completar 18 ela e responsavel pelo recebimento da pensao …obrigada

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Andressa,

      O seu marido poderá solicitar o comprovante da matrícula sim e passar a depositar a pensão diretamente em uma conta bancária da filha, que pode possuir uma própria conta para receber a pensão diretamente do pai. Qualquer outra dúvida estou à disposição.
      Att.,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  80. Kathleen Alvarenga

    Ola, bom meu pai neste mes entrou com o pedido de exoneração de pensão, porém eu trabalho, vou fazer 20 anos, caso eu perca o processo ou eu nao va em frente e conteste ele, eu vou ter que pagar os custos do processo? eu sou temporaria em uma empresa e nao tenho bens, como fica isso? o custo do processo é de aproximadamente 10 mil reais conforme a intimação.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Kathleen,

      Aconselho que você procure um advogado urgente para apresentar defesa no seu caso. Você necessita de um advogado para que a represente judicialmente, para poder te defender e tentar manter a pensão alimentícia, caso você ainda tenha interesse e necessite dela para se manter. Caso não possa pagar um advogado, você pode procurar ajuda da defensoria pública, que fará também a sua defesa.

      Se você não se manifestar, ou seja, se o processo correr a revelia e/ou você perder o processo você poderá sim ser condenada a pagar as custas do processo. Entretanto, com a intervenção de um advogado, você poderá requerer gratuidade de justiça, que na prática significa dizer que não haverá a cobrança das custas.

      De qualquer forma, mesmo não tendo lido a intimação que você se refere, posso garantir que estes R$10.000,00 não são relativos aos custos do processo e sim ao valor da causa, que é completamente diferente. Não se preocupe, pois a condenação, caso exista, seria de um valor muito menor do que este.
      Espero ter ajudado e qualquer outra dúvida ou orientação estou à disposição.
      Att.,
      Pollyanna R. Ferreira de Moura.

       
  81. Sara Radesh

    olá Pollyanna, tudo bem?!
    Gostaria que me tirasse uma dúvida, sou participante de um caso no qual o casal é separado a dois anos, ainda não judicialmente e os mesmos tem uma filha de 19 anos, que este ano ingressa na Faculdade, a renda da mãe é superior a do pai, no entanto o mesmo assumiu 100% das despesas da filha, mas por motivos os quais não convém serem citados o mesmo reduziu os gastos para com a filha em 50% o que deveria ser o correto, no entanto tem sido muito questionado por tal feito, gostaria de saber com precisão o que cabe aqui? Qual o procedimento a ser seguido?

     
  82. Karime Moussalli Antigo

    Meus pais são separados, eu moro com a minha mãe e ela me matriculou na faculdade e pagou as duas primeiras mensalidades, mais ela nao tem condições de pagar o restante meu pai não tem trabalho registrado é autonomo e não tem nenhum bem no nome dele, ele pagou minha escola que é o mesmo preço da faculdade até o final mais ele se recusa a pagar a faculdade simplismente porque ele não quer não porque ele nao pode. Queria saber se ele tem como apresentar atestado de pobreza e com isso não precisar pagar minha faculdade. Quando ele se separou da minha mae ficou estipulado que ele teria que pagar pensão até a maioridade e se eu estivesse cursando a faculdade deveria pagar até o final. Quero saber também se ele precisa pagar além da pensão alimenticia a minha faculdade

     
  83. Lucas Souza

    Boa noite

    Quero muito tirar uma duvida,minha mãe se separou do meu pai quando eu tinha 4 anos,hoje eu tenho 17,sempre recebi pensão,até aqui tudo certo,mas esse ano eu faço 18,e esse ano eu vou cursa o 3° ano do ensino médio,minha pensão vai acabar ou eu vo continuar recebendo até acabar os estudos ??? aah,eu sou filho unico ! preciso muito tirar essa duvida !

     
  84. Carlos

    Boa tarde Pollyanna! Atualmente pago 3 PJ para minha ex-mulher e para meus 2 filhos(19 e 14 anos) de 42% em cima de meu salario bruto descontados IR e INSS. Tenho uma filha de 3 anos do segundo casamento e ainda não pago Pensão por meio judicial para ela e gostaria de saber quais minha chance de conseguir retirar a PJ da minha ex-mulher, sendo que hoje ela é formada em direito mas não trabaljha tra
    não trabalha

     
  85. Carlos

    Pollyanna,

    Gostaria de saber também se tenho que pagar a PJ do meu filho em caso de ingresso na faculdade,pois a empresa no qual eu trabalho tem benefício jovem universitário que custeia até 70% do valor da mensalidade, como teto da tabela sendo 400 reais.Eu teria que continuar com a PJ caso ele usufruir deste benefício?

     
  86. REINALDO DINIZ

    Boa noite sou Reinaldo e gostaria de saber como faço para exoneraçao da pensao : eu mesmo posso faze ir ate ao forum ou precizarei de um defensor pois minha filha ja se completou 21 anos e nao esta cursando nenhuma faculdade e acho que nao vai fazer entao como faço desde agradeço

     
  87. luas romao

    meu avotinha minha guarda desde seis mese de vida ele morreu e deixou a a aposentadoria p mim recebi ate 18 anos agora vou fazer fa culdade e entrei com o recurso quanto tempo demora para retornarem a pensao recbia pelo parana previdencia .obrigada me responda por email

     
  88. Samara Ferreira Assis

    Olá Bom dia,
    gostaria que me tirasse uma dúvida, meu marido tem 02 filhas uma com 18 anos(casada) e tem uma filha, e outra com 22 anos casa e faz faculdade, ele pode entrar com um pedido Exoneração de pesão em relação a primeira filha, por ser maior de idade e ser casada e a segunda ele é obrigado a pagar a pensão ate que termine a faculdade ou complete 24 anos o que ocorrer primeiro.Obrigada pela atenção ficarei no aguardo.

     
  89. Thainá Cristina Assis Marinho

    oi boa tarde morei com meu pai 1 ano ai ele parou de depositar minha pensão para minha mãe aconteceu q com 17 anos entrei na faculdade e pedi a pensão de volta mas ele não quer me devolver por que faço estágio só quer me dar 300 por mes o que faço?

     
  90. Fernanda

    Boa tarde!
    Meu companheiro tem uma filha de 11 anos e ele paga para a pensão alimentícia dela o valor de meio salário mínimo, convênio médico e dentista. Este valor foi estipulado em juizo conforme acordo em cima do salário que ele recebia na época. Porém hoje, ele é aposentado e o salário dele diminuiu consideravelmente e temos um filho juntos. Ele pediu revisão de pensão, mas o advogado de defesa não aceitou e alegou que ele quer mais 30% e que o fato de eu trabalhar, não justifica que eu seja dependente dele (não somos casados no papel). Meu marido não tem imóveis no nome dele, pois a nossa casa está financiada e é em meu nome. Gostaria de saber se este reajuste é pertinente ou se o correto e mais provável seja que a pensão seja de 33% para ser dividida entre os dois filhos ou se o advogada tem maior possibilidade de ganhar a causa.
    Obrigada pela atenção dispensada, aguardo breve retorno.

     
  91. maria

    Boa tarde
    Meu marido é divorciado do primeiro casamento e paga pensão paro filho certinho. O rapaz tem 24 anos e terminou um curso de tecnólogo e agora prestou outra faculdade e o curso dura mais 6 anos. Gostaria de saber se meu marido tem que pagar pensão por mais 6 anos.
    Gostaria de saber quando pedir exoneração da pensão. podemos ajudar mas não com 30que% dos rendimentos,como é hoje.
    Se puder me ajudar…
    Obrigado

     
  92. wenndy

    boa noite
    Tenho 19 anos, faço faculdade mas sou bolsista,so trabalhei 2 meses na minha vida quando tinha 18 anos. meu pai nunca me pagou pensão, dava no maximo 100 reais por mes, mas nao tem como comprovar isso. tenho chances de pedir a pensao ja que ele tem outra familia, 3 filhos, sendo que 2 sao mais velhos e fazem faculdade, e todos moram com ele ??
    obrigada

     
    • wenndy

      ah, e meus pais nunca foram casados no papel

       
  93. Rosa Reis

    Oi Pollyanna.Primeiro descobri o seu blog e adorei..estou precisando muito de uma orientação ou até mesmo uma ajuda. Meu marido paga pensão a filha sobre 30 por cento de seu vencimento ela vai fazer 21 anos em março de 2013 passou no vestibular na UFSM este ano..mas já estava cursando um outro curso a 1 ano. Não sei se trabalha ou faz algum tipo de estágio eu acredito que uma moça com 21 anos já deveria fazer algo em prol de seu sustento,a ultima vez que o pai perguntou a ela se estava trabalhando ela disse que estudo é trabalho.Quer dizer só entrou na universidade federal agora até quando vai? O pai dela tem um grave problema de visão esta aguardando diminuir a pensão para fazer exames em Porto Alegre exames caros pois ele tem (RETINOSE PGMENTAR0) ESTÁ QUASE CEGO.DEPOIS DE TRABALHAR 35ANOS EU TENHO QUE ESTAR RECORRENDO AO ESTADO PARA QUE ELE POSSA REALIZAR O TRATAMENTO.ESTAMOS TRISTES COM ISTO JÁ ALIMENTOU SEUS FILHOS E AGORA ELE TEM QUE ESPERAR GRATUIDADE ENQUANTO UMA MOÇA LEVA 1.400 POR MES PARA POR EM BALADAS ? SIM PORQUE JÁ ERA PARA ESTAR FORMADA A MÃE ALEGAVA QUE A MENINA NÃO FAZIA UM CURSO PORQUE O PAI NÃO PAGAVA E AGORA QUE É DESCONTADO A 5 ANOS ..PORQUE NÃO ESTA FORMADA É MUITO CHATO ESTA SITUAÇÃO..O PAI QUEM TRABALHOU RECEBE 1.800 PARA TODAS AS DESPESAS DA CASA ENFIM TUDO E A FILHA RECEBE QUASE O MESMO NÓS ACREDITAMOS QUE NÃO PODE ESTAR CORRETO..UM GRANDE ABRAÇO E OBRIGADO.SE PREFERIR RESPONDA PELO EMAIL

     
    • Felipe Ramos

      Olá Pollyanna, boa noite

      Gostaria de tirar uma dúvida quanto ao tempo médio de um processo de exoneração. Dei entrada num processo em 2010, meses após minha filha mais nova ter completado 18 anos. Com os meus outros 3 filhos do primeiro casamento, o cancelamento da pensão foi automático quando eles completaram a maioridade, mas com essa mudança na lei,fui informado de que somente com o processo conseguiria. A questão é que por saber que não está na faculdade, já ter emprego fixo, já ter inclusive um filho, a minha filha faz de tudo para não ser encontrada. Ele já mudou de cidade duas vezes. Eu sou do Rio e há anos não tenho contato com ela. Antes ela ainda ligava pra mim, mas quando estava prestes a completar os 18 anos ela sumiu. Descobri que ela estava morando em Araruama, consegui o endereço do trabalho dela e informei ao advogado. O que eu sei que é uma carta precatória atrás da outra e o juiz nunca me ouviu e não defere a exoneração porque diz que precisa ouvir a versão dela. Ela obviamente nunca será encontrada simplesmente porque não deseja. Soube que agora ela está morando em Três Rios, no Sul do Estado. Como faço nesse caso? Já são 3 anos e nada. Se ela pelo menos estivesse estudando, mas não está. Já tem mais de 21 anos. Ela vive fugindo para não receber a intimação. Como assim? Eu estou com problemas de saúde, trabalhando ainda e além disso tenho minha família atual.Tenho que adiar projetos porque estou encurralado a essa pensão que é descontada automaticamente do meu salário. O advogado diz que tudo depende do juiz e fica essa lenga lenga se arrastando há 3 anos. É assim mesmo??

       
  94. Rosa Reis

    Temos a preocupação de recorrer e não resolver nada só caminhadas com homem quase cego..e eu esposa dele estudo e trabalho e ainda atendo ele ..obrigado Pollianna..fiz um desabafo com você..parece que ele só tem obrigações direitos não ?

     
  95. ISMAEL MENDES

    Bom dia,
    Gostaria de tirar a seguinte dúvida:Paguei pensão alimentícia fixada em 1,2 salários mínimos desde 94 e chegou a maioridade do alimentando,tenho uma nova família desde 2003 e um filho de 10 anos. Estou passando por dificuldades financeiras extremas,pois pago moradia,luz,agua,vestimenta,alimentação,etc com esta nova família. A alimentada atualmente não faz faculdade e a mãe tem sustento próprio,moradia,etc; gostaria de saber se tenho possibilidade de no mínimo redução de pensão visto um menor estar passando necessidades em face da pensão de quem já atingiu a maioridade e plenas condições de trabalho. Obrigado,no aguardo de orientações.

     
  96. MARLENE

    Olá gostaria de tirar uma duvida. Meu sobrinho tem 22 anos, o pai nunca pagou pensão e só assumiu o filho quando ele ja estava com 19 anos. Na éopca eles fizeram foi feito um acerto (muito mal feito por sinal), ele deu um pequena quantia em dinheiro ao meu sobrinho e ficou de ajudar ele com que precisasse. Meu sobrinho tem um filho de 3 anos esta registrado mas o pai dele nao ajuda ele em mais nada. Gostaria de saber se ele ainda pode requerer alguma coisa do pai. O pai nunca ajudou ele com nada..
    Desde ja agradeço

     
  97. Beatriz

    Olá, acabei de completar 18 anos e entrei em uma universidade estadual, gostaria de saber se continuo com o direito de receber a pensão do meu pai até o fim dos meus estudos.
    Obrigada.

     
  98. Leila

    Boa Tarde!
    Pago pensão alimentícia para filha que irá completar 18 anos em março. Ela não completou o ensino médio e possui dois filhos, cujas certidões constam nome do pai e avós paterno.
    Nesse situação já poderia ter pedido a exoneração da pensão?

     
  99. Adriana Bassi

    Olá Pollyanna

    Meu marido tem um filho de 19 anos estuda web designer na unip ,mora em casa propria com a mãe tem carro do ano ,trabalha a 3 anos na mesma empresa ,sou casada a 10 anos e faz 10 anos que esse filho ve o pai uma vez ao ano isso morando ao lado da CIA onde meu marido trabalha ele é PM,a pensão vem descontada do sálario ,já que ele trabalha ,tem uma vida estável ,eu e meu marido estamos construindo no terreno da minha mãe queremos pedir a exoneração ou a diminuição dessa pensão ,eu e meu marido moramos a oito anos de caseiro de uma escola para poder construir nossa casa vc acha que teremos chance de resolver esse problema

     
  100. Rodolfo

    Boa noite, Eu gostaria de saber se posso receber a pensão retroativa, vou contar a minha história, minha mãe se separou do meu pai quando eu tinha 5 anos, ele é policial e bebia muito e batia na minha mãe não só quando estava bêbado, em uma dessas ocasiões muito embriagado ele me colocou no meio da rua me expulsando de casa (coisa que me causou um trauma que até hoje sinto), mas alguns vizinhos viram chorando e batendo no portão, então me levaram pra casa da minha vô que morava próximo umas 2 a três ruas depois, essa foi a gota d’água que faltava pra minha mãe depois de apanhar deixar ele, o mesmo a ameaçou de mata-la e um monte de coisas mais, por esse motivo a minha mãe não o colocou na justiça pra pedir a pensão, além dele não gostar de mim, minha mãe queria ele bem longe comedo dele, mas agora que tenho 29 anos, quero a pensão retroativa, posso requerer esse retroativo?

     
  101. Rubens

    Pollyana, pago pensão alimentícia há 18 anos e não tenho contato com a mãe, tampouco com duas meninas hoje com 18 anos,como faço pra entrar com ação de exoneração sem saber o paradeiro das mesmas?
    obs: desconto efetuado em folha.

    agradeço.

     
  102. Edison

    Tenho uma suposta filha que completara 20 anos em agosto de 2003 fruto de caso que tive.
    A mãe entrou na justiça e a revelia a justiça determinou pagamento de pensão,a qual é descontada em folha de pagamento.
    Aconteçe que as duas são marginais,vigaristas,dando golpe nas pessoas,esta suposta filha,ja tem uma filha e faz com o rapaz o mesmo que a mãe fez comigo.As duas(mãe e filha) não trabalham
    Vivem de golpes,estelionato,e são mães profissionais para receberem pensões,frutos de seus relacionamentos.
    Gostaria de saber,se a pessoa,não estuda,não quer trabalhar, só quer saber de baladas e vida errada,tem carro que serve para seu passeios durante o dia todo,sou obrigado a pagar pensão até que idade.

     
  103. suellem costa

    OLÁ .BOA NOITE. GOSTARIA DE TIRA UMA DUVIDA,MEU ESPOSO TEM DOIS FILHOS DE OUTRO CASAMENTO, POIS ELE PAGAVA A PENSÃO PARA OS DOIS,ENQUANTO MORAVA COM A MÃE,MAIS ELES VIERA MORA COM ELE,A FILHA DELE MAIS VELHA TEM 19 ANOS, E VOLTOU A MORA COM A MÃE ,ELA NÃO ESTUDA MAIS TRABALHA,ELE TEM QUE AINDA PAGAR PENSÃO,ELE PODE PEDIR PENSÃO PELO FILHO QUE MORA COM ELE PRA SUA EX MULHER,POIS O FILHO E DE MENOR TEM 15 ANOS.GOSTARIA DE UMA ORIENTAÇÃO.

     
  104. Jô

    Olá ,recebo pensão do inss do meu marido falecido. Porém a pensão é dividida com minha enteada. Ela completará 21 anos agora em março. Como ficará a pensão de agora em diante , ela cursa faculdade. A pensão vem de volta para mim? obrigada.

     
  105. Giovana

    Tenho 18 anos, e um filho de 1 ano e 4 mêses, mais fui obrigada a sair de casa. Queria saber se tenho direito a minha pensão, mesmo sendo maior, e ja tendo um filho. Obrigado!

     
  106. Marina

    Olá Pollyanna,
    tenho 20 anos e recebo pensão alimentícia do meu pai,curso o ensino superior e recebi uma proposta de estágio. Perco a minha pensão se eu estagiar?

     
  107. Fernando

    Meu nome é Fernando, tenho 18 anos e estou com uma dúvida. Meus pais vão se divorciar depois de 22 anos de casamento, por meu pai ter cometido adultério com uma menina menor de idade, e estão se encontrando ainda. Ele é aposentado , e tem uma renda de R$3500,00. Estou cursando Engenharia de produção, e ele paga meu curso, que fica em torno de 1000 reais. Ele também paga a escola da minha irmã de 12 anos, que fica em torno de 500 reais. Ele é obrigado a continuar a pagar? Ficarei muito grato se mi tirasse esta dúvida. Obrigado|

     
  108. Fabiano

    Um pai que nunca pagou pensao ao filho, e ainda com mandado de prisao pendente. Só que agora o filho completou a maioridade. Cabe ainda a prisão dele, e o pagamento da pensao que nunca foi paga?

     
  109. Alex Dias

    Bom dia Pollyanna ,pagava uma pensão de R$600
    que era desconbtao em folha mas agora fiquei desempregado e estou procurando emprego,como faço ? Pois da última vez que aconteceu isto comigo minha ex Mulher pediu ao Juiz que eu pagasse o mesmo valor mensal,mesmo estando desempregado,sou casado novamente e tenho um filho de 1e 9 meses . Não sei o que fazer,por favor me de uma orientação .

     
  110. patricia sousa

    boa tarde sou mãe de três filhos menores uma de seis, um de quatro e uma de três. já recorri a pensão de alimentos mas o pai dos meus filhos só me tem dado 100 euros isso não da para nada estou desempregada. a quem me hei-te dirigir novamente para pedir ajuda

     
  111. Alice

    Olá Pollyanna,gostaria de tirar algumas duvidas sobre a pensão alimenticia.
    Meus pais se separaram qnd eu tinha apenas 1 ano de idade,e minha irma 5 anos. Ele abandonou nossa casa,e foi morar com a amante dele,que inclusive ja estava grávida. Minha avó procurou a justiça e ficou determinado que ele pagaria 60 reais (na época) pra mim e pra minha irma,que seria depositado em uma conta que foi aberta excluisivamente pra isso,porém,ele depositou apenas 2 ou 3 vezes,não sei ao certo,tinha mes que ele mandava 100 ou 200 reais, tinha mes que não mandava nada, teve um tempo que ele fazia uma comprinha e nos mandava também. Nada extraordinário. Hoje ele tem 3 filhos com a outra esposa e tem uma filha mais que velha que minha irma,que inclusive, nao conhecemos.
    Pra nao dizer que não o vemos, a gente consegue se encontrar umas 3 vezes no ano,porque nós vamos até a casa dele,pois ele nao nos procura. Enfim, sabado completo 18 anos e minha irma ja tem 23, estou muito convencida de porcurar meus direitos agora,pois preciso pagar meus estudos,mas minha mãe é contra (acho que ainda gosta dele). Após os 18 anos, nao tendo nada que prove que ele nos deu alguma ajuda financeira e muito menos afeto, eu ainda posso recorrer? Quais os meus direitos?

     
  112. ROBSON MARQUES

    Pollyanna, boa noite

    Sou casado a 22 anos e não vivo com a minha esposa a mais de 15 anos. Não pedi divorcio e nem ela se interessou. Temos um filho que agora está com 22 anos e recebe pensão minha. Ele ja terminou a faculdade. A pensão cessa qdo ele completar 24 anos? Ele e a mae são donos de terras em Alagoas-arrendatários e possuem condiçoes financeiras suficientes. O que devo fazer? Obrigado

    Robson

     
  113. Fran

    Olá tenho 19 anos porém não trabalho(estou a procura ) , apenas estudo faço dois cursos tecnicos sendo q um termino daqui 6 meses e o outro só em março do ano que vem , pago um e o outro ganhei porém pago van ara ir todos os dias , meu pai já entrou com o processo de exoneração quando fiz 18 porém perdeu e agora pediu uma reavaliação que diminuiria 75% do valor que me dá coisa que não daria nem pra pagar meu curso ,está alegando coisas mentirosas como por exemplo eu trabalhar como auxiliar de enfermagem quando na verdade faço curso de tecnico em farmacia e não trabalho nem nunca trabalhei . Eu pedi que ele pagasse a pensão até esse ano para eu poder terminar um curso e assim procurar um emprego já que é bem dificil meio periodo , acha que ele pode ganhar a causa o que devo fazer ?

     
  114. Fran

    Ah e tbm ele não paga os devidos 30% de seu salario deis de quando minha mãe aceitou o acordo de apenas 1 salario minimo , não faço faculdade ainda porque não consigo pagar , até agora ,não consegui nem meia bolsa nem ingressar em uma publica.Me disseram que se eu começasse a fazer uma faculdade eu poderia pedir o aumento da pensão porém resolvi não fazer pois minha relação com ele nunca foi boa já que ele me visitou poucas vezes quando eu era pequena , e as ultimas vezes eu que fui atras dele e ele nem sequer me recebeu nem veio atras .Só quero o que é meu de direito já que a todos meus outros irmãos ele sempre ajudou e pagou faculdade inclusive dois filhos de minha irmã moram com ele e minha irmã e professora e seu marido policial os dois podem prover o sustento de seus filhos sendo que um neto dele é de maior ele é casado porém sua mulher é professora aposentada .Gostaria que me responde-se o mais rapido possivel não sei qual atitude tomar OBRIGADA .

     
  115. Cristiane

    Bom dia.

    Eu tenho 21 anos e minha irmã tem 15 anos.
    Meu pai começou a pagar pensão mesmo, faltava 3 meses para mim completar 18 anos.
    Esse ano me formo na faculdade, mas gostaria de saber se o ano que vem eu tenho direito de fazer outra graduação e se ele é obrigado a pagar, e ate que idade eu tenho esse direito?
    E se ele falar que não vai pagar, o que faço?
    pelo que sei eu tenho direito aos atrasados da pensão também.

    Aguardo uma resposta.

    Muito obrigado!

     
  116. gislane

    olá meu nome é gislane, e gostaria de tirar uma duvida! meu tio tem 3 filhas maiores de idade, 2 delas sao casadas e exigem que ele ainda paguem pençao pra elas, (sendo que a mais velha já tem filho) a mais nova tem 19 anos e trabalha de carteira assinada, e mesmo assim ficam exigindo dele a pençao alimenticia, mas ele nao tem mais condiçao de sustenta-las pq ele tem um filha recen-nacida e ganha um salario minino, nenhuma delas faz faculdade, ele é obrigado apagar?????

     
  117. Edinalva maria

    Meu filho recebe pensao alimenticia do pai, mas ele começou a receber quando ja estava com 14 anos agora ele ja vai completar 18, anos eugostaria de saber até quando ele tem ainda direito de ficar recebendo a pensao?sendo que no documento estabelecido pelo juiz não cita ate quando ele irar receber.

     
  118. Edinalva maria

    Meu filho recebe pensao alimenticia do pai, mas ele começou a receber quando ja estava com 14 anos agora ele ja vai completar 18, anos eugostaria de saber até quando ele tem ainda direito de ficar recebendo a pensao?sendo que no documento estabelecido pelo juiz não cita ate quando ele irar recebersendo que ainda esta estudando e não esta trabalhandoainda?

     
  119. Edinalva maria

    Meu filho recebe pensao alimenticia do pai, mas ele começou a receber quando ja estava com 14 anos agora ele ja vai completar 18, anos eugostaria de saber até quando ele tem ainda direito de ficar recebendo a pensao?sendo que no documento estabelecido pelo juiz não cita ate quando ele irar receber sendo que ainda esta estudando e não esta trabalhando ainda?

     
  120. Roberto Sbroglio

    Meu pai faleceu quando eu tinha 7 anos em 1997, desde então minha mãe recebe pensão,agora tenho 24 anos, e estou no 4º semestre da faculdade, ao todo são 10,gostaria de saber se tenho direito a pensão até me formar?

     
  121. keyce Bispo

    Tenho uma pergunta a fazer! Meu Pai mi deixou com meses de vida, conheci ele com 18 anos. Ele nunca assumiu suas responsabilidades como pai, não mi ajudou em nada. Hoje tenho 19 anos e queria processar ele pra ele poder pagar minha faculdade. quais os direitos que eu tenho?

     
  122. Luciano

    Tenho uma dúvida, se um homem maior de idade engravidar uma garota de menor idade e eles se divorciarem o pai deve pagar 2 pensões? uma pra mãe e outra para o filho?

     
  123. Evandro Cereda

    Olá, tenho uma filha de 18 anos e um filho de 14 anos Me filho mora com a minha mãe e nunca dei pensão. Já minha filha, dou pensão desde sempre nunca pensão foi dividida com meu filho de 14. Agora ela fez 18, tem uma filhinha de 1 ano e meio,não estuda, parou na sexta série,não foi atrás do pai da criança.Eu sou aposentado e ganho 1.200,00. Como devo proceder para interomper o pagamento da pensão. Devo comunicar alguém,como fazer. me ajude, obrigado. Evandro.

     
  124. ROGERIO DUARTE

    BOA TARDE,POLLYANA
    TENHO UMA FILHA QUE EM JUNHO COMPLETA 24 ANOS ELA ESTA NA FACULDADE DESDE DOS 17 ANOS FAZENDO UM CURSO QUE DURARIA 4 ANOS E AINDA NÃO TERMINOU POIS TEM VARIAS REPROVAÇÕES E FICA UM SEMESTRE INTEIRO FAZENDO SÓ D.P. SENDO ESTA UMA MANEIRA QUE ELA ENCONTROU DE CONTINUAR RECEBENDO A PENSÃO, (ATE PORQUE AINDA FALTAM 1 ANO E MEIO PARA TERMINAR A FACULDADE E ESTE SEMESTRE ELA ESTA FAZENDO SÓ D.P.DE NOVO).ATE QUANDO DEVO PAGAR A PENSÃO? O QUE DEVO FAZER?

     
  125. Bruna G Figueira

    Acabei de completar 23 anos e terminei a faculdade porém ainda não possuo numero da OAB e estou no cursinho, e meu pai parou de pagar a pensão. Ele teria que ter pedido exoneração? Eu não trabalho ainda pq não tenho OAB. E nos últimos 2 anos ele pagou menos do que deveria ter pago. Como posso resolver isso, tentei entrar em acordo com ele mais ele não aceita e o msm tem uma condição de vida excelente e eu moro com minha vó que recebe um salário mínimo e tenho que ajuda-la nas despesas de casa tbm.

     
  126. Leonardo

    Olá, tenho 19 anos e meu pai parou de pagar a minha pensão quando tinha 18 anos, e ele nunca due o justo pela lei, ele ganha em média 8 salários mínimos, tem família mas não tem filhose em dava meio salário mínimo, quando dava, estou querendo entrar na faculdade, fiz um ano de cursinho e estou esperando a segunda lista de uma faculdade mas é fora da cidade onde eu resido, se caso eu tiver que fazer cusinho amis um ano, ele é obrigado a pagar? Se não for, posso recorrer ao pagamento de uma faculdade, e se caso eu passar na faculdade fora de cidade e mesmo ela sendo pública ele tem obrigação de me ajudar a me manter lá? Desde já agradeço.

     
  127. Blenda

    Completei 18 Anos,porem eu parei de estudar ano passado Retomei os Estudos esse ano só que agora meu pai alega que já completei maior idade e qu não tenh mais direito a pensão isso é legal ?e os 13ºNunc me foi pg posso recorer? quais são os meus direitos ?

     
  128. Leticia

    Olá, tenho 20 anos e estou no 2° periodo de uma faculdade federal. Meus pais são casados, mas não pretendo mais morar com nenhum deles. Meu pai, que gera renda, é obrigado por lei a me fornecer dinheiro até meus 25 anos caso eu nao consiga um emprego? Grata.

     
  129. Brenno

    Olá, tenho uma dúvida.. Meus pais são divorciados desde quando eu nasci, eu tenho 17 anos, acabei de entrar na faculdade e meu pai dá pensão para a minha mãe de um valor um pouco baixo, eu gostaria de saber se além do dinheiro que a minha mãe recebe, eu tenho direito de receber alguma coisa ou não, eu só tenho que me contentar com a pensão que minha mãe recebe?

     
  130. warley

    Meu filho tem 17 anos, faz o 3 ano do ensino médio, faz um estagio com uma bolsa de R$ 400,00, e mora comigo em MG, no entanto há uma setença de pagamento de pensáo no valor de um salario minino para a máe dele, que detem também a guarda e atualmente mora em SC. No entanto, ele está comigo é fácil de prová-lo. Posso entrar com uma açao em MG pedidndo a extinçao desta obrigaçao, uma vez que o menor já se encontra comigo. Ou devo me deslocar a SC para propor a açao?

     
  131. sacv

    Pago pensão ao meu filho, que este ano completa 21, não cursa faculdade, só faz um curso técnico, pois disse não haver necessidade da faculdade, sendo que a mais de dois anos e meio recebe uma valor do jovem aprendiz do Rio de janeiro e agora, à quase um ano ele trabalha, de carteira assinada, mora com a mãe, tenho chance de conseguir a exoneração de alimentos, pois hoje tenho outra família dois filhos menores e minha esposa tem problemas sérios de coluna e não pode trabalhar. Como posso proceder nesse caso?

     
  132. ana

    oi.bomm dia. por favor me esclarece uma duvida. tenho uma filha que vai compltar 19 anos. o pai dela registrou ela mais nunca deu pensao e ela nao conhece ele. hoje ela quer estudar e ta precisando pagar os cursos ela tambem quer conhece lo. ela quer levar ele na justiça pra pedir ajuda . o que vai acontecer , tem que fazer exame de dna? ela vai ter direito a alguma ajuda. ela é registrada no nome dele. des do 3 anos de idade. obrigada pois sei q vai me esclarecer. me manda a resposta pelo meu email.

     
  133. Cyndi

    Bom dia Pollyanna

    Meu pai é falecido e sou filha única, recebo pensão alimentícia em meu nome visto que minha mãe já era separada. Completo 21 anos em abril, estou na 7 fase da faculdade de Direito, nunca trabalhei devido á me dedicar aos estudos. Procurei um advogado e ele me pediu uma jurisprudência no estado de Santa Catarina, pelo qual é o meu estado,sobre alguém que conseguiu ganhar este beneficio até concluir a faculdade. você poderia me ajudar?

    Agradeço pela sua atenção!

     
  134. Natália Ferreira da Fonseca

    Bom dia Pollyanna

    Vou fazer 19 anos em março/2013 e estou cursando o 3°periodo de engenharia o qual a mensalidade é muita alta. Porém eu trabalho de carteira assinada e ganho 3 salarios minimos mas ainda moro com minha avo e não vou conseguir bancar a faculdade sozinha pois aumenta bastante a cada ano, recebo pensão alimentica a bastante tempo e meu pai esta querendo exonerar minha pensão é possivel que isso aconteça. ou consigo provar que o que ganho não da para me sustentar e pegar minha faculddae.

     
  135. Carlos Fonseca

    Boa Tarde Pollyanna!
    Tenho essa duvida, meu pai faleceu. Apartir da data de 14/11/1994 comecei a receber o beneficio de pensão alimentícia porém parei de receber aos 21 anos, a minha duvida e a seguinte, estou fazendo faculdade só agora me toquei que poderia entrar com recurso ou nao? Essa e a minha duvida por estar fazendo faculdade já a quase 3 anos ainda tenho esse direito?

    OBRIGADO, AGUARDO!

    URGENTE.

     
  136. Otávio Cassiano Dos Santos

    meu filho faz 18 anos e não estuda mais e eu gostaria de saber se possa pedir a exoneração da pensão pois ja paguei durante 8 anos e a mãe dele trabalha a anos?

     
  137. Otávio Cassiano Dos Santos

    obrigado.

     
  138. Daiane

    Oi boa Tarde!
    Gostaria de tirar uma dúvida, meu pai faleceu agora em fevereiro e antes dele falecer eu ainda estava recebendo pensão alimenticia. eu dei entrada na minha pensão por morte só que eu trabalho de carteira assinada desde janeiro de 2012 e recebo 1 salário mínimo, eu posso receber a pensão por morte mesmo trabalhando?

     
  139. Jozana

    Boa tarde gostaria de tirar uma duvida , uma criança foi registrada sem o consentimento do pai, e o seguinte ele teve que pagar pensão alimentisia para a criança até completar a maior idade, sendo que naquela epoça o Dna era muito caro e ele não tinha condições de pagar um Dna, a justiça registrou a criança sem que o pai reconhesse como filho. quais os procedimentos a serem tomados.

     
  140. camille

    Boa tarde.
    Tenho uma irmã de cinquenta anos que continua recebendo pensão alimentícia com o cartão de sua mãe já falecida e meu pai não consegue desarquivar o processo pq não acham…Oq fazer??Obrigada.

     
  141. naira luisa

    boa tarde…..meu marido paga pensao pro 2 filhos um de 16 e outro de 10… paga pensao sobre ferias decimo terceiro…agora que ele casou ele consegui diminuir a pensao……ele recebe PL…mais ela nao recebe sobre ela mais sempre fica falando que vai pedir revisao pra ver se recebe….sera que ela consegue receber

     
  142. naira luisa

    outra coisa o filho de 10 anos nem dele e mais ele registrou tem como ele pedir DNA e para de pagar pensao pra ele?

     
  143. lena

    boa Noite meu nome é Lena

    Eu tenho 22 anos e estava fazendo falculdade de piscologia, mas tive que parar pois a minha pensão foi encerrada quando completei meus 21 anos,
    minha mae morreu no ano de 2000 e meu pai no ano de 2007, até entrei com açao para soliciar a pensão até meus 24 anos, mas nao dei continuidade pois meu advogado na epoca falou que eu nao teria direito,teria como eu reabrir o processo e ter direito a pensao até os meu 24 anos, pois agora estou fazendo um curso tecnico que dura 2 anos **

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezada Lena,
      Infelizmente a pensão do INSS, por lei, só é paga até os 21 anos. Dessa forma, não há muito oq fazer no seu caso. Boa sorte.

       
  144. adalberto martins moraes

    Olá,
    Minha filha faz 24 anos em abril, gostaria de saber se posso pedir a exoneração de pensão, ela cursa uma faculdade com bolsa, já trocou 3 vezes de faculdade, vive maritalmente com uma pessoa, já tem filho. Mesmo assim ainda tenho de pagar pensão a ela? Obrigado

     
  145. selminha

    meu pai pai morreu quando eu ainda era pequena, eu recebo a pensão pois minha mãe não era casada com ele, estou pra completar meus 21 anos, teria alguma possibilidade da pensão ser passada pra ela?
    sendo q eles viveram mais de trinta anos juntos até ele morrer…
    me resmpondam porfavor ficarei muito grata, tirem-me essa duvida agradeço desde já!!!!!!
    boa tarde…by:Selminha

     
  146. Adriana

    Bom tarde!

    Meu pai faleceu e tem um filho extra conjugal que irá completar 18 anos em março. Ele parou de estudar e vai se alistar ao exercito. Minha mãe já separada judicialmente de meu pai recebe uma pensão dele. A pensão será integral dela, ou o rapaz terá direito a receber também? Ele não terminou nem o 1° grau.

     
  147. Stella

    Ola, me chamo Stella e tenhos 18 anos. E tenho pensao por morte do meu pai, porem quem recebe e minha mãe.. Pq na epoca era menor, hoje faço faculdade e ela não quer me
    dar a minha parte… Tenho o direito de ter o meu cartao? Oq devo fazer? Onde devo ir?
    Desde ja agradeço! E aguardo retorno

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Stella,

      Você tem todo direito a receber o que é seu, a pensão do seu pai. Para tanto, você com a ajuda de uma advogado deverá requerer o desarquivamento do processo e solicitar que o benefício seja pago diretamente para você em sua conta bancária. Espero ter ajudado. Boa sorte.

       
  148. Robson

    Boa tarde! Tenho um filho que completa nesta em maio 18 anos e inciou a faculdade, sei que devo continuar o pgto da pensão, no entanto, goataria de realizar esta pgto direto para o meu filho e não para a mãe, visto que o mesmo reside com a avó. Como devo proceber?
    Obrigado.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezado Robson,

      Você poderá pedir o desarquivamento do processo e fazer uma solicitação judicial para isso. Tal procedimento precisa da ajuda de um advogado. Mas é extremamente tranquilo. Se precisar de ajuda estou à disposição.

       
  149. jose de meira

    meu filho faleceu e a pensão continua sendo descontada a minha adivogada entrou com pedido de desarquivamento porem ta demorando muito sera que ta certo

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezado José,
      Dependendo de estado para estado o desarquivamento pode demorar um pouco sim. Agora o importante é pedir para a sua advogada ver como consegue para tentar agilizar, nem sempre depende só do advogado. Boa sorte.

       
  150. Aline

    Olá, poderia me esclarecer uma coisa?
    Eu vou completar 24 agora em março, meu pai só me registrou quando eu tinha 12 anos de idade,e em comum acordo com minha mãe começou a me pagar pensão de 1 salário mínimo, morava no RJ, e agora moro em SP, não sou casada, porem estou ha 2 anos com meu namorado e tive uma filha, nunca tive carinho, nem atenção do meu pai, sempre fui tratada com frieza por ele, tentei começar faculdade, mas nao consegui pagar e pedi ajuda a ele e ele disse “pra eu me virar” nunca pode me emprestar 10 reais mesmo que fome pra comprar comida. Hoje em dia ele nao quer nem saber da neta, totalmente desinteressado em mim e nela. A unica vez que me ligou em Dezembro, foi pra avisar que ele contratou uma advogada para cancelar judicialmente a pensão, eu posso recorrer? pois eu moro de favor na casa da minha sogra (ele sabe disso) e o dinheiro da pensao que ele me mandava era pra sustentar minha filha pois o salario do meu namorado é so para dividas e as coisas de nossa filha quando minha pensão não supre tudo.
    Eu posso recorrer para que ele continue me ajudando? Ele é dono de curso, tem 2 sítios (que eu saiba) e os filhos mais novos vivem no luxo

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Aline,

      Precisamos analisar seu caso mais aprofundadamente. Porém, até o momento, pelas suas informações e, principalmente por você possuir 24 anos e viver em união estável acho que seria difícil conseguir uma pensão judicialmente. Espero ter ajudado.

       
  151. Ricardo

    Tenho duas filhas 17 e 18 anos, gostaria de passar a pensão para ambas, retirar da conta bancária da ex, o devo fazer.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Ricardo,
      Você poderá pedir o desarquivamento do processo e fazer uma solicitação judicial para isso. Tal procedimento precisa da ajuda de um advogado. Mas é extremamente tranquilo.

       
  152. evilane costa

    holá pollyana
    conheci meu pai a quase 1 ano, somente agora foi marcado a audiencia para reconhecimento de paternidade e de pensao alimenticia, mas acontece que no mes seguinte eu completo 18 anos, eu acabei de concluir o ensino medio e preciso de pensao para poder pagar a faculdade, mesmo sem ter a comecado a faculdade eu continuo recebendo pensao, mesmo com 18 ano

     
  153. Leuman Dias da Silva

    Olá Pollyana!! Quero tirar duas dúvidas, tenho uma filha que completa 8 anos mês q vem, cheguei a entrar com processo de pensão de alimentos contra o pai dela, só que não chegamos a ter nenhuma audiência com o Juiz porque ele foi preso, então o processo foi arquivado, ai te pergunto, como posso proceder pra reaver esse processo, e também quero saber se ela terá direito à todos esses anos que ele deixou de pagar. Desde já obrigada, aguardo resposta pelo e-mail.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Leuman,

      Você poderá pedir o desarquivamento do processo e dar prosseguimento, porém, como não houve condenação não é possível o pedido retroativo ao que ele deixou de pagar anteriormente. Caso necessite, estou à disposição. Atenciosamente,

       
  154. Maira Priscila da Silva Arnaldo

    Boa Tarde

    Recebo pensão alimenticia e vou fazer 21 anos em maio, porém eu faço faculdade até os 23, meu pai é aposentado e eu queria saber se tenho direito a requerer a extensão da pensão até o término do curso e que documentos devo levar ao advogado, Obrigada.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezada Maira,

      Você não necessita pedir a extensão. Seu pai só poderá parar legitimamente de pagar a sua pensão se ele ingressar com uma ação de exoneração. Assim, caso isso aconteça, você juntamente com um advogado, provará que ainda cursa ensino superior e não possui condições de se manter sozinha. Por isso, você não precisa pedir extensão da pensão. Espero que tenha entendido. Qualquer dúvida me mande um e-mail.

       
  155. waldeck

    Boa tarde, gostaria de saber se ao entrar em escolas militares o filho perde o direito a pensão alimentícia, mesmo que após se formar nessa escola, ele inicie um curso superior. Obrigado

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Não, ele não perde a pensão somente pelo fato de estudar em uma escola que não tenha custo.

       
      • José Luis Grego

        Minha filha completou 18 anos em 2013 e ingressou como aluna na escola de especialistas da aeronáutica. Ela já tinha o segundo grau, mas não quis ir para a faculdade. O manual do candidato diz: Durante a realização do curso, o Aluno estará sujeito ao regime escolar da EEAR e fará jus à remuneração fixada em lei (Praça Especial, conforme a Lei nº 6.880, de 9 de dezembro de 1980 – Estatuto dos Militares), além de alimentação, alojamento, fardamento, assistência médico hospitalar e dentária.
        Pergunto: Posso pedir a exoneração da pensão uma vez que ela não está em curso superior, recebe todos os benefícios da aeronáutica, inclusive remuneração e não reside mais com a mãe no interior de Minas? E se não me falha a memória, para entrar na EEAR a pessoa fica emancipada?

         
  156. Maira Priscila da Silva Arnaldo

    Ok Pollyana irei te mandar um email, obrigada

     
  157. luciene guimaraes

    olá! meu pai morou com minha mae ha mais de 37 anos,minha mae criou quatro filhos dele q ele tnha com seu primeiro casamento,ai mha mae faleceu e meu pai tbm faleceu depois,eu quero saber se a mulher com quem ele foi casado no papel,e nao vive com ela ha mais de quarenta anos e nem criou os filho tem direito na casa q meu pai adiquiriu com
    minha mae e tbm na pensao dele…

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Luciene,

      É necessário provar cabalmente que seu pai não vivia há mais de quarenta anos com a esposa, já que formalmente eles ainda eram casados.
      Caso consiga provar acredito que ela não terá direito a casa e pensão. Por isso, é importantíssimo que, caso ela reivindique pensão e os bens do seu pai,você contrate um bom advogado na área de família para deste caso. Atenciosamente.

       
  158. Marina

    Olá, tenho 22 anos, estou no ensino superior e recebo PA. Porém, o valor é depositado na conta da minha mãe. Gostaria de saber se posso entrar com recurso pra que o valor seja depositado em minha conta bancária e não mais na da minha mãe.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Marina,

      Você pode solicitar ao juiz sim. É só pedir para que seu advogado desarquive o processo e peça judicialmente.

       
  159. wellinghton felipe

    meu pai nunca pago pensão , eu ja tenho 17 anos , quase 18 , tenho direito a receber a pensão atrasada, se eu for fazer um curso ele tem que pagar , ou , só se eu for fazer faculdade que ele tem q pagar ?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezado Wellington,

      Você não poderá requerer que a pensão seja paga retroativamente, ou seja, o que ele nunca pagou por não haver condenação para pagar. Mas poderá ingressar requerendo que ele passe a ajudá-lo, principalmente se for fazer faculdade, o que dá direito, em tese, ao recebimento até os 24 anos.

       
  160. Ivo Aprigio da Silva

    bom dia Dra Pollyana! me esclareça por gentileza uma dúvida, estou querendo me separar
    tenho tres filhas todas casadas, a ultima casou
    com (17)dezessete anos,caso se concretize essa separação tenho que pagar pensão para essa filha?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezado Ivo,

      Casamento é uma das formas que podem gerar exoneração de pensão. Entendo que não, ou seja, se todas as suas filhas forem casadas, entendo que não terá que pagar pensão a elas.

       
  161. João Batista Neto

    Depois de me separar,e ainda pagando pensão, me uni a outra pessoa por união estavel.Ela é pensionista militar,e reivindica penão.Ela pode fazer isto.Uma vez q pode se sustentar com recursos proprios.Obgado

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá João Batista,

      Ela poderá requerer, porém, cabe ao seu advogado provar que ela possui rendimentos para se sustentar sem necessitar de sua ajuda. Caso você não consiga provar isto, talvez ela consiga que um juiz dê esse direito a ela enquanto ela não consegue se sustentar sozinha. Lembro que pensão de ex cônjuge ou companheiro é por tempo limitado, ou seja, somente até um período razoável em que a pessoa deverá ter tempo para se recolocar no mercado, apesar de muitos quererem abusar deste direito. Boa sorte.

       
  162. João Batista Neto

    Tive uma união estavel com uma pessoa que possui rendimentos proprios,é pensionista militar.Do primeiro casmento pago pensão por concenso.Minha ultima companeira está reivindicando penão pelo tempo q vivemos.Sou obrigado a lhe pagar pensão?

     
  163. Marcio Nunes

    Boa tarde!
    Meu filho completou 18 anos em Janeiro de 2013, entrou na faculdade pública (UEG)também no início do ano e já trabalha recebendo um salário mínimo por mês. Ainda devo continuar pagando pensão alimentícia?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Márcio,

      Se seu filho puder se sustentar sem ajuda somente com esse salário mínimo você poderá ingressar com um pedido de exoneração de pensão. Mas para parar de pagar necessita de uma decisão judicial, após a distribuição da mencionada ação de exoneração. Atenciosamente.

       
  164. Silvio César Rodrigues

    Boa noite!
    Tenho uma filha de 21 anos que mora outo estado com a Mãe, que tem 43 anos e goza de boa saúde, porém não tem renda. Pago à ela 40% de pensão alimentícia. Ela está no último semestre da faculdade.
    Ocorre que eu fui demitido de meu emprego em setembro de 2012. Desde então continuo na mesma situação. Recebi minha última parcela do seguro-desemprego. Então, a partir de Abril se eu não conseguir outro emprego, ficarei sem renda. Neste caso, o que devo fazer? E quando poderei entrar com o processo de exoneração de pensão alimentícia, já que ela termina a faculdade em junho?
    Desde já agradeço pela ajuda.

     
  165. Rogaciano Rodrigues Maciel

    Olá,
    Eu recebo uma pensão do meu pai adotivo, mas este veio a falecer em 2006. Hoje estou com 20 anos, em meados de completar 21 anos em maio, e curso uma faculdade. Gostaria de saber se tem alguma chance de perder a minha pensão antes do tèrmino da graduação. E qual a probabilidade de essa pensão continuar eu cursando uma pós-graduação? Informando que moro somente com minha mãe e minha vó, e somente minha vó é aposentada.

     
  166. Lucimar

    meu filho faz faculdade federal, não tem trabalho fixo, quando me separei ele ja tinha 18 anos, hoje tá passando dificuldades pra dar continuidade a faculdade, posso requerer na justiça que o pai ajude?

     
  167. Nelson Elias de Arruda Barbosa

    Prezada,

    Pago pensão alimenticia para uma filha de outro relacionamento desde o seu nascimento (1997).
    Atualmente tenho 73 anos e não conseguirei mais trabalhar como antes para prover.

    Pergunto se em razão do meu estado economico e de saúde poderia tentar um recurso aos 18 anos de minha filha para sustar a pensão ou deverei caminhar indefinidamente com a mesma mesmo não reunindo condições fisicas e economicas?
    Agradeço a aua atenção e aguardo,
    Nelson.

     
  168. Rafael Bispo

    Boa tarde!

    Hoje eu pago uma pensão de minha filha que possui 7 anos, ressaltando que eu mesmo dei entrada ao pedido de pensão pois ela(a mãe)sempre exigia um valor maior só que eu poderia depositar… só que o cenario mudou e agora o que estou depositando não está sendo utilizado para/com as necessidades da criança.

    Eu gostaria de saber se há possibilidade de ao invés de depositar o valor, arcar com as despesas??

     
  169. Rafael Bispo

    CORRINDO:

    Boa tarde!

    Hoje eu pago uma pensão de minha filha que possui 7 anos, ressaltando que eu mesmo dei entrada ao pedido de pensão pois ela(a mãe)sempre exigia um valor maior do que eu podia depositar… só que hoje o cenario mudou e agora o valor que estou depositando não está sendo utilizado para/com as necessidades da criança.

    Eu gostaria de saber se há possibilidade de ao invés de depositar o valor, arcar com as despesas??

     
  170. Jefferson Luz

    Estou vivendo uma situação meio complicada. Tive, com uma ex-namorada, um filho que vai fazer 18 anos em maio desse ano. Não casamos e nunca paguei pensão, e a mãe dele nunca me cobrou mas sempre tivemos um relacionamento amigável. A mãe começou a trabalhar como professora de cursinho logo depois do nascimento dele e agora tem casa própria em condomínio fechado, 2 carros (deu um pra ele como recompensa por passar no vestibular mesmo sendo ainda menor de idade), é dona de um cursinho de português e redação e tem duas outras filhas adolescentes vindas de outros relacionamentos. Depois que nasceram suas irmãs ele apareceu com uma carteira de identidade onde constava o nome do pai das irmãs no parentesco e não o meu, mesmo tendo sido eu quem o registrou em cartório logo depois do nascimento. Atualmente sou casado a 5 anos, tenho uma filha de 1,5 anos e estou trabalhando como professor de uma escola federal a pouco mais de 1 ano, pago o aluguel para morar num apt de 1 quarto que quase não tem móveis, nunca tive carro. Agora esse filho passou em uma faculdade particular e quer pensão. O que pode acontecer? Obs.: Não tenho certeza nem se ele eh realmente meu filho mesmo.

     
  171. Marcos Cidreira

    Ola, tenho um filho com 17 anos hoje e pago pensão desde 2000, só que ele não quer nada com os estudos e esta cursando atualmente o 6 ano, isso significa que ao completar a maior idade em 2013, ele ainda não terá completado os estudos e também ele não quer nem falar em trabalho, pois pago uma pensão alta. Gostaria de saber se eu vou ter que pagar pensão até os 24 anos?

     
  172. Marcos Cidreira

    Estou separado de corpo a 13 anos e desse casamento tive dois filhos, a menina esta hoje com 21 anos e o menino com 17anos, na época a Juíza do Forum de Vila Velha ES determinou que eu pagasse 17,5% para cada filho e 5% para a minha ex-esposa ficando um total de 40% do meu salário, essa pensão vem descontando todo mês no meu contra-chque é um valor de R$ 1.390,00. Hoje estou com a minha companheira a 13 anos e tivemos 3 filhos. Na época que que me separei dela a juíza não quis dar a separação e a minha ex-esposa falou também que não aceitaria o divórcio como até hoje 13 anos depois e ela ainda fala que nunca irá dar o divórcioe que também nunca irá arrumar um emprego para que não pare de receber pensão. Gostaria de saber também se sou obrigado a ficar pagando pensão para ela para o resto da minha vida, ela não tem nenhuma deficiência, póis não trabalha por que acha que se arrumar um emprego ela ira para de receber pensão, isso é certo? e o divórcio será que consigo pedir a separação mesmo sem ela querer?

     
  173. Andrezza

    Eu tenho 18 anos e quero colocar meu pai na justiça, o que eu faço, aonde eu vou e o que eu levo? Ja que ele mora em outra cidade e eu não sei o endereço certo dele. Posso colocar o de uma casa que ele tem aqui em fortaleza?

     
  174. Rafael Mello

    Boa noite!
    Bom, completei 18 anos agora em fevereiro de 2013 e queria saber se ainda tenho direito à PA do meu pai. Tendo em vista que não trabalho de carteira assinada, não o conheço, sou solteiro, e nunca recebi pensão do próprio. Não faço faculdade, mas faço um curso Pré-militar que é bastante caro e minha mãe não tem condições de pagar. Queria saber que medidas posso tomar com relação a isso. Desde já, muito obrigado.

     
  175. Eduardo

    Olá, meu pai é separado há 23 anos da minha mãe. E eu e minha irmã da mesma mãerecebemos pensão alimenticia, aproximadamente desde os meus 10 anos. Hoje tenho 29 anos e continuo recebendo essa pensão alímenticia, no entanto meu pai decidiu cortar essa pensão, e agora eu voltei a fazer faculdade. Ele tem outra familia que tem uma filha de 17 anos que entrou na faculdade agora pelo Fies. A única menor de idade. Quero saber se tem possibilidade dele cortar mesmo eu estando com essa idade de 29 anos e voltando a cursar na faculdade!rs Portanto eu não moro sozinho e nem com a minha mãe, tenho meu carro, uma mulher.. mas não trabalho.. Quero muito saber. se ele é obrigado a pagar. Obrigado!

     
  176. lucinete silva

    sou separada e tenho filho de 22 anos o pai nunca deu pensao e nao ajudou em nd pricipalmente nas hora que ele mas precisou e como precisa ele fala sempre nao pra ele , ele terminou colegial fez faculdade terminou esse ano mandava 200 reais e fora os cursos que ele andou fazendo e agora ja esta estudando novamente e o pai fala que nao tem dinheiro posso entra com uma acao para que ele pode ajudar o filho a seguir a carreira dele fazer o que ele gosta estudar sabendo que ele e um otimo filho , porfavor quero uma orientaçao do que posso estar fazendo, atenciosamente.

     
  177. Bruna

    Olá,

    Preciso de ajuda urgente.

    Meu pai tem uma filha de 19 anos fora do casamento e ela não faz faculdade. Meu pai faleceu e até falecer ainda pagava pensão pra ela.

    Minha mãe vai ter que pagar pensão pelo benefício que ela vai receber do INSS como esposa?

    Obrigada.

     
  178. Estella

    Meu marido paga um pensão alimenticia e ela já tem 23 anos e está cursando a faculdade, ela completa 24 anos em março de 2014, mas ainda não vai ter concluido a faculdade, a pensão pode ser cortada mesmo que ela ainda não terminou a faculdade? pode cortar a pensão assim que completar 24 anos.

     
  179. Rafael Monteiro

    Olá. Tenho 21 anos, mas ainda não estudo em faculdade, e sim num curso de computação gráfica, com duração de 2 anos e 8 meses. Pretendo tentar vestibular em 2013 pela 2ª vez, já que sonho em entrar numa universidade pública, porém não sei se diante da minha situação a possibilidade de haver retirada de pensão alimentícia possa me fazer mudar de planos, por eu ter de arrumar um emprego pra manter meu sustento. Ainda posso receber pensão alimentícia, mesmo diante de minha situação?

     
  180. Roberta

    Olá, tudo bem? espero que sim.
    Bom, eu queria tirar uma duvida minha e da minha mãe, eu tenho 18 anos e tenho dois irmão um de 6 e outra de 5.Eu sou juntada com meu namorado a 3 meses , mas não sou casad no papel nem nada, queria saber se eu posso receber pensão assim como os meus irmãos?
    Obrigada e Boa noite

     
  181. tatiane regina galindo

    tenho 21 anos mas estou cursando a faculdade meus pais faleceram e recebo pelo INSS (profissaõ agricultores-pais)

     
  182. Erico

    tenho uma filha de 20 anos que completa 21 em junho de 2013,em 2012 entrei com uma açao pedindo a exoneraçao de pensao tendo em vista que ela estava trabalhando e nao estudava, apos sua citaçao se matriculou em um curso tecnico de enfermagem, foi concedido o direito de continuar a pensao, ao passar 4 meses fui ate esse curso e verifiquei que ela abandonou o curso, ja mora com um companheiro e esta gravida devo posso entra entra com uma açao na justiça pedindo a exoneraçao denovo.

     
  183. Emilio Helio dos Santos

    Oi Pollyana
    Gostaria de saber se tenho alguma possibidade neste caso: Entrei com pedido de exoneração há dois anos a trás, e na época meu filho não fazia nada(nada mesmo), mas intimado correu logo e se matriculou na facul particular e ingressou num curso superior e com isso conseguiu manter a pensão (esse processo levou 1 ano). Passado o processo, depois de um ano no curso superior q ingressou às pressas, ele mundou de curso e curso mais longo que o outro. O prmeiro curso, no qual conseguiu a permanencia da pensão, terminaria daqui a seis meses, quando tambem fará 24 anos dois meses depois. Já com a troca do curso ele terminará quando tiver quase 27 anos. Neste caso eu poderia entrar novamente com a exoneração de pensão na época que seria o termino da primeira faculdade que o ajudou a manter o beneficio e que conscidentemente fica próxima dos 24 anos? Terei chance de exonerar nestas condições, visto que ele trocou de faculdade por sua conta e risco? Na sentença consta o nome da primeira faculdade q ele entrou. O juiz entenderá que assim como ele entrou numa faculdade de ultima hora pra manter o beneficio, tambem trocou de curso pra alongar o tempo de recebimento da pensão alimentícia?Aguardo resposta. Por favor, não deixe de responder e me dar sua opinião. Ah, se conhecer algum especialista em exoneração de pensão aqui na RJ (São Gonçalo) mande seu contato (tel do escritório) para meu e-mail.
    OBS: se meu email não aprece pra voce, diga que eu o coloco aqui. Obrigado

     
  184. Daiane

    Boa tarde, Gostaria muito que alguém pudesse me dar algumas informações importantes, tenho uma filha de 1 ano e quando ela nasceu eu e o pai dela não estamos juntos, ele pagava uma pensão no valor de 250,00 reais, pois foi o que consegui judicialmente pois era referente á 30% do salario na carteira dele, só que eu sabia que ele ganhava em torno de 3,000.00 mil por mês e pagava terreno de 395,00 reais mensal e um financiamento de um Honda Civic de 600,00 reais que ele usa mas esta no nome do irmão pois já fiz um levantamento e ele não financiou no nome pois esta com restrição spc, .. Por ai você já vê que uma pessoa que ganha 700,00 reais não conseguiria nunca adquirir um carro de custo tão alto tanto de parcela como de combustível e manutenção, ele é registrado na empresa do irmão dele e o holerite sai como um salario, hoje em dia nós nos acertamos e estamos morando junto, estamos bem porem quero me precaver do que possa vir acontecer no futuro, tenho guardado comigo algumas cobranças do terreno que esta financiado desde 2009 e o contrato do financiamento, tenho em mãos tambem o iptu do terreno, e alguns holerites no valor de 700,00 e com uns vale grampeado com os descontos do carro 600,00, descontos de combústivel no valor de 500,00, moto 250,00 entre outros descontos, todos os vales tão com a assinatura dele e grampeados junto ao holerite, totalizando um salario de 3,000.00 mil por mês, isso significa que caso não dê certo o nosso relacionamento o valor da pensão sera de 900,00 ao invés de 250,00 reais, enfim quero saber se com estes documentos em mãos eu conseguirei provar que o valor recebido no holerite dele é um erro? e quais mais provas devo juntar por medida de segurança e garantia minha e da minha filha. Obrigada desde já

     
  185. José Reinaldo Tavares

    Bom dia!…

    Pollyanna
    Tenho uma filha de 15 anos, pago pensão pra ela, só que não vejo minha filha á 3 anos e meio.No começo da minha separaçao estive na casa dela mais ela não saiu nem no portão pra mim ver, depois disso fui lá outras vezes e aconteceu a mesmas coisas. tenho muita saudade de minha filha, ela sempre saiu comigo quando eu estava com a mae dela, gostaria de saber quando ela completar 18 anos e não for fazer falcudade devo pagar pensão pra ela? e se ela for fazer falcudade devo pagar pensão até quantos anos? devo entrar com pedido de exoneração ou automaticamente ela saí,já vem descontado no meu holerite. alguns dias ela começou a falar comigo pelo facebook, mais com enteresse de alguma coisa, por exemplo ela me pediu um notebook. se você poder me ajudar eu agradeço. Acho que esta tendo influência da familia. outra coisa o que eu pago pra ela não da pra pagar falcudade.

     
  186. Claudia Santana

    tenho 3 filha que recebem pensão do pai, minha filha maior vai fazer 19 anos, e meu ex marido quer tirar ela da pensão, e msm sem ter tirado ela da pensão ele abaixou o valor da pensão por conta própria
    Entrei com execução de pensão, mais não conseguiram entregar a intimação. pq não acham o endereço dele, já ira fazer 1 ano, oque faço para que seja feita a execução de pensão???

     
  187. antonio marcos

    eu pago pensão de 3 filhos. só que 2 fizeram 18 anos e nenhum doa 3 fazem faculdade. eu sou obrigado a ficar pagando a pensão? obrigado!

     
  188. Denise

    Boa tarde Pollyana, meu marido tem 2 filhos do primeiro casamento 1 fez 18 anos agora em dezembro de 2012 e o outro tem 17, o que fez 18 acabou o colegial e naõ que fazer faculdade e não trabalha, quero saber se tem como diminuir o valor da pensão já que ficou de maior, pois meu marido ganha 1900 e paga em cima disso 600 de pensão e com descontos fica quase nada para nos já que temos 1 filho e estou sem trabalho, e se tem como baixar como faço. Aguardo retorno

     
  189. Moises de Oliveira

    Boa Noite! Sou penssionista, perdi os meus pais aos meus 4 anos de idade! em 1996 perdi os meus pais e recebo pensão por morte. Tenho 20 anos e faço 21 em julho. Quero prorrogar a minha pensão até os meus 24 anos de idade pois curso faculdade e moro com a minha vó que e a minha tutora. Ela tem 92 anos, dependo dessa pensão literalmente! Como faço para poder continuar com essa pensão? Quais documentos necessarios que devo levar ao INSS? esse processo demora muito? pois em Julho faço 21 anos.
    Obrigado pela atenção!
    Abraços!

     
  190. Rogério da Silva Carvalho

    Eu já tenho 22 anos e ainda recebo pensão de meu, aposentado da Marinha. Porém ele entrou com o processo de exoneração. Eu não trabalho e estou cursando o curso técnico de informática aqui na minha cidade, e só exite o turno da tarde, me deixando sem tempo para trabalhar e o curso não tem comprometimento com estágio remunerado. Meu padastro é vendedor ambulante e minha faleceu ha um ano e meio e eu tenho uma irmã menor de idade, além de meu pai biológico nunca ter me dado nenhum auxílio além de 15% de seu salário líquido. Tem como eu continuar a receber até o fim do curso pelo menos?

     
  191. adriane ferreira

    minha filha passou num concurso renda de 880,00 ela recebe pensão ela tem 21 anos e esta no terceiro ano da faculdade ela ainda tem direito a pensão ou ela pode perder desde já agradeço pela resposta.

     
  192. Rosana Dornelas

    tenho uma filha de 19 anos,faz tec de patologia clinica,seu pai argumenta que não tem condições de arcar com seu curso,minha filha tem alguns problemas de saude como crise depressiva e faz tratamento com antidepressivos e trata com gastro tambens por ter uma gastrite,no momento estou gravida do segundo casamento e não tenho condições de poder ajuda-la,por fazer curso tec e nao faculdade ele o pai tem o direito de tirar o dinheiro para a educação?POR FAVOR ME AJUDA SE PUDER ME RESPONDER POR EMAIL
    rosanadornelasvr@hotmail.com
    FICO MUITO GRATA A VOCÊS ADVOGADOS

     
  193. luma

    tenho uma filha de 16 anos, ganho salario minimo ela recebe a pensao, e o pai dela diz que ao completar 18 anos vai perder a pensao,porem a minha filha ira fazer faculdade, e se ela passar na federal perde? e se ela continua tbm numa particular como fica? e verdade que quem continua estudando permance com a pensao?? eu tenho que agir isso agora ou deixa pra daqui a dois anos?

     
  194. luma

    tenho uma filha de 16 anos, e verdade que aos 18 anos perde a pensao?ela possivelmente ira fazer faculdade, sendo federal ou particular continua a epnsao?meu ex ameçaa dizendoq aos 18 anos perde a pensao, e quando eu tenhoque começar a resolver isso? fatam 2 anos pra 18 anos

     
  195. nilza

    Sou funcionária pública estadual, se em caso de morte quem tem direito de receber meu salário? Não tenho filhos e nem país.Tenho um namorado há 6 anos, fico mais na casa dele do que na minha, mas temos casas separadas (alugadas), ele tem direito de ficar com meu salário? Por favor preciso urgente dessa resposta. Obrigada.

     
  196. nilza

    Sou funcionária pública estadual, em caso de minha morte quem tem direito de receber meu salário? Não tenho filhos e nem país. Tenho um namorado há 6 anos, fico mais na casa dele do que na minha, porém temos casas separadas (alugadas). Ele tem direito de ficar com meu salário? Ele é autônomo mas ganha quatro vezes mais que eu. E se for o contrário, tenho algum direito? Pois cuido dele e de sua casa como se fosse sua mulher (sem ganhar nada, é claro).
    Por favor preciso urgente dessa resposta. Obrigada.

     
  197. aline

    minha avo falesceu tenho 18 anos e morava com ela ficou muitas despesas do funerál e etc posso receber ainda ate pagar os gastos pelo memos???

     
  198. Emilio Helio dos Santos

    Oi Pollyana
    Gostaria de saber se tenho alguma possibidade neste caso: Entrei com pedido de exoneração há dois anos a trás, e na época meu filho não fazia nada(nada mesmo), mas intimado correu logo e se matriculou na facul particular e ingressou num curso superior e com isso conseguiu manter a pensão (esse processo levou 1 ano). Passado o processo, depois de um ano no curso superior q ingressou às pressas, ele mundou de curso e curso mais longo que o outro. O prmeiro curso, no qual conseguiu a permanencia da pensão, terminaria daqui a seis meses, quando tambem fará 24 anos dois meses depois. Já com a troca do curso ele terminará quando tiver quase 27 anos. Neste caso eu poderia entrar novamente com a exoneração de pensão na época que seria o termino da primeira faculdade que o ajudou a manter o beneficio e que conscidentemente fica próxima dos 24 anos? Terei chance de exonerar nestas condições, visto que ele trocou de faculdade por sua conta e risco? Na sentença consta o nome da primeira faculdade q ele entrou. O juiz entenderá que assim como ele entrou numa faculdade de ultima hora pra manter o beneficio, tambem trocou de curso pra alongar o tempo de recebimento da pensão alimentícia?Aguardo resposta. Por favor, não deixe de responder e me dar sua opinião. Ah, se conhecer algum especialista em exoneração de pensão aqui na RJ (São Gonçalo) mande seu contato (tel do escritório) para meu e-mail.
    OBS: se meu email não aprece pra voce, diga que eu o coloco aqui. Obrigado

     
    • Janaína Pereira

      Meus pais já são separados há 15 anos e agora meu pai entrou com o pedido de separação e desde que ele saiu de casa sou eu quem sustento a casa não pude fazer uma faculdade pois o dinheiro da mensalidade eu tenho os meus deveres de casa como uma chefe de familia.Gostaria de saber se eu levasse meu pai a justiça para pedir que ele me pague uma faculdade eu tenho esse direito?

       
  199. Ana Karoliny

    Oi Pollyana,
    Gostaria de saber se eu poderia abrir um processo contra meu pai pelo seguinte fato. Ele tem 3 filhos, eu sou a do meio .. Meu pai pagou a minha pensão ate meus 15 anos de idade e parou porque descobriu que sou homossexual. Ele parou de pagar meu dentista e a pensão. Com a minha irmã mais velha ele pagou o dentista completo, deu curso e pagou um ano da faculdade dela pagando o valor inteiro da mensalidade. E com o filho mais novo ele paga os estudos e tudo mais . Só que comigo ele cortou tudo, faço faculdade a dois anos e ele nunca ajudou a pagar nada pra mim.

    Hoje eu tenho 19 anos, faço faculdade e estagio. Se eu abrir um processo contra ele eu posso ganhar algo com isso ?

     
  200. Ana Luiza

    Ola, tenho 20 anos e no mes que vem completo 21. Sou pensionista do inss devido o falecimento do meu pai. Gostaria de estar pedindo a extensão do meu beneficio para os 24 anos, devido estar cursando faculdade e ainda estar na metade do meu curso e ainda nao estou trabalhando. Como faco para pedir essa extensão? eu tenho esse direito? tenho que ir ao inss levando alguma declaração de que estou cursando a faculdadeOu tenho que pedir para que um advogado entre com um processo.
    Aguardo resposta e desde já obrigado pela atenção.

     
  201. carlos adriano

    se eu sair do meu emprego formal para o informal, quanto devo pagar de pensão, já que pago 30% do meu salario do emprego formal?

     
  202. Bianca Lima

    Olá, tenho 19 anos. Meus Pais se separam quando eu ainda tinha 5 anos, porém ele mudou de estado quando eu tinha 7 anos… Desde então nunca recebi pensão alimentícia nenhuma dele.
    Gostaria de saber se tenho direito de receber os meus atrasados?

     
  203. carlos adriano

    se eu sair do meu emprego de carteira assinada para autônomo, quanto devo pagar de pensão, já que pago 30% do meu salario do emprego formal?

     
  204. Camila Marins

    Olá Dra. Gostaria se saber como meu marido faz, para saber se ele ainda tem obrigação de pagar pensão pra filha q já estar formada desde de agosto de 2012. E VAI COMPLETAR 24 ANOS AGORA DIA 18 DE MARÇO, SENDO Q ELA FAZ O BACHAREL ATÉ AGOSTO DESDE ANO E TRABALHA. OGRIGADA!!!

     
  205. thayse

    Tenho 18 anos, meus pais se separaram faz 2 meses, eu tenho direito a pensão? eu comecei a faculdade e logo parei, pois não gostei ,mas pretendo entrar em algum curso tecnico,
    e o meu pai ja paga pensão para outra filha de 16 anos!

     
  206. Juliana

    Olá tenho 22 anos e estou querendo requerer pensão alimenticia ao meu pai, vale ressaltar que nunca pedi pensão. Ocorre que agora pretendo ingressar em uma universidade e os gastos são altos. Gostaria de saber se tenho algum direito? Grata!

     
  207. Reginaldo da Cruz

    Bom dia. Meu filho completou 18 anos e já concordou pela exoneração da pensao, o problema é que ele mora nos Estados Unidos (ilegal) como faço para requerer a exoneração da pensão.

     
  208. adriana

    olá,
    tenho 21 anos e estou no ultimo ano de faculdade, que quem pagava era um tio meu q me ajudava, esse ano ele nao pode mais ajudar.
    meus pais se separaram quando eu tinha três anos e nunca pagou pensão nem ajudou com nada, uma vez por ano ligava pra desejar bom natal ..
    Gostaria de saber o que faço para conseguir minha pensão atrasada, já que nao tenho como pagar minha faculdade?
    só quero continuar a faculdade e mais nada, o que posso fazer? e como fazer?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezada Adriana,

      Infelizmente, não existe pensão atrasada. O que você pode fazer é ingressar com um pedido de pensão alimentícia para que seu pai seja condenado a pagar pensão a partir de agora, mas não o que ele não pagou antes. Para tanto você precisa de um advogado. Boa sorte.

       
  209. Geovane A. Cordeiro

    Bom dia!
    Gostaria de um esclarecimento dos nobres, se estiver ao alcance.
    Minha filha completa 20 anos este ano, já faz faculdade (está no primeiro ano) e trabalha. Pago pensão desde os 5 anos de idade. A mesma está planejando casar-se no proximo ano. Como ficaria a situação da pensão? Continua sendo obrigatoria por conta da faculdade, ou por ela já ter emprego e constituir familia eu fico desobrigado? Nao me lembro ao certo como foi a sentença à epoca do acordo, mas creio que dizia algo sobre atingir a maioridade.

    Agradeço a ajuda.

    Cordeiro

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezado Geovane.

      Independente do que prevê a sentença do seu caso, o casamento é uma das hipóteses que permite a exoneração da pensão, por isso, creio que após ela se casar você poderá ingressar com um pedido judicial de exoneração de pensão, pois a “desobrigação” só ocorre mediante sentença judicial, mesmo que haja um acordo prévio prevendo uma data final para tanto. Para o pedido de exoneração é necessário a constituição de um advogado. Qualquer outra dúvida estou à disposição.

       
  210. Norma Magalhães

    Olá, Pollyanna! Boa noite.

    Primeiramente gostaria de parabenizá-la por nos esclarecer tantas dúvidas com total respeito e atenção.

    A minha dúvida é a seguinte:
    Concluí o ensino medio em dezembro de 2010 e parei com os estudos pois engravidei no inicio de 2011. Devido a falta de pessoas para ficarem com o meu filho, voltei a estudar agora no inicio de 2013. Estou cursando o 1º ano da faculdade.
    Moro com o meu parceiro e filho, e meu pai não parou de pagar a minha pensão. Porém agora está querendo cessar com a pensão.
    Quero saber se tenho direito a pensão alimenticia pois curso a graduação mas tenho um filho e moro com o meu parceiro.
    Não trabalho e a pensão nos ajuda bastante.

    Aguardo sua resposta.

    Agradeço desde já a sua atenção.

    Obrigada.

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Olá Norma.

      Obrigada pelas palavras de apoio.
      Quanto ao seu caso, lamento em dizer que é um pouco complicado, pois o fato de você viver em um relacionamento estável dificulta as suas chances. Mas se ele ingressar com um pedido de exoneração você necessitará de um advogado para defendê-la judicialmente e tentar manter a pensão. Porém, como disse no início, apesar de você estar cursando uma graduação, o fato de você ter um companheiro atrapalha um pouco o seu direito, que irá depender de um bom advogado e do entendimento do juiz que analisará o seu caso. Boa sorte.

       
  211. Marina Castro

    Minha duvida e a seguinte, tenho 20 anos moro com a minha avó , meus pais são separados. Quem pagar toda as minhas despesas são meus tios, faço faculdade e meus pais nunca me ajudaram em nada , eu posso entrar com uma ação contra meus pais ?

     
  212. Lívia Cibelly

    Olá Pollyanna!
    Meus pais se separaram qnd eu tinha apenas dois anos e desde então é descontado do salário dele minha “pensão” e entra na conta da minha mãe. Só q ele é funcionário público federal e desde os meus 2 anos q a pensão, se é q posso chamar assim é de 150 reais, hoje estou com 27 anos e continuo recebendo esse valor. Comecei curso superior neste mês de março e infelizmente já tranquei pois pensava q ia poder pagar mais me enganei. Ele só me paga esse valor pq é descontado do salário dele, nunca teve aumento e ele é o tipo de pessoa q em 27 anos só me procurou pq minha mãe corria atrás. Hj ele tem uma família e agora me apareceu com uma filha de 10 anos. Não sou casada, tenho um companheiro a 6 anos e uma filha de 5 anos. Gostaria de saber de teno alguma chance dessa pensão ainda ser corrigida, pois ele ganha super bem e nunca me ajudou em nada, no entanto a filha dele estuda na melhor escola da cidade paga 817,00 de mensalidade para o sexto ano e qnd aparece chega sempre contando vantagem. Vou entrar na justiça, mais antes gostaria de saber sua opnião.
    Muito obrigada e aguardo uma resposta!

     
  213. Andrea Nascimento

    Bom Dia, Minha filha completou 18 anos, mais ainda esta no colegial e esta desempregada tanto ela como o marido! Tem uma filhinha de dois anos. Meu ex marido disse que vai entra com o pedido de exoneração da pensão. O que posso fazer? E esta pensão foi determinada em audiência por um juiz, será que ele pode fazer isso mesmo?

     
  214. cleydson

    Bom dia!
    Gostaria de saber se pode me ajudar a tirar uma dúvida.
    Veja só um homem tem uma filha fora do casameto, só que ele morreu, a esposa dele ficarar com a pensão dividida por ela e a filha do outro relacionamento, quer dizer dividiva no meio o valor recebido.
    Só que ela está fazendo faculdade, outra coisa a mãe dela tem condições de sobra de parar a faculdade dela.
    Ela tem direito a esta pensão.

     
  215. Juliane

    Eu gostaria de tirar uma pequena dúvida, eu e meu irmão nao temos uma boa convivência com meu pai por isso , nao moramos com ele e com minha mae , eu tenho 18 anos recebo pensão do meu pai , mas meu irmão tem 17 prestes a fazer 18 e nao recebe pensão alguma ,nós nao moramos juntos, ele mora com minha avó sem nenhuma ajuda financeira do meu pai , essa situação é bem complicada porque quem possui a guarda do meu irmao é meu pai , no caso se meu irmao vier morar comigo eu poderia pedir a guarda dele e entrar com o pedido de pensão, mesmo que falte 3 meses para ele completar 18 anos ?

     
  216. marcel

    Minha filha tem 19 anos, nao estuda, nao trabalha quero parar a pensão mas a mãe dela não deixa ELA ABRIR MÃO. o QUE FAÇO?

     
  217. gabriela bastos

    boa noite pollyanna
    tenho 18 anos estou cursando 1º ano de direito recebo pensão do meu pai,gostaria de saber se eu trabalhar de carteira assinada para ajudar nas despesas eu posso perder a pensão?

     
  218. victor leal

    ola, meu pai paga pensão ao meu irmão , ele completou seus 18 anos de idade, então meu pai falou com o advogado para dar baixa na pensão, ele deu baixa, mas a mãe dele quer que meu pai continue dando pensão só que ele desistiu dos estudos quando menor, então o que meu pai deve fazer

     
  219. victor leal

    meu pai deu pensão ao meu irmão ate seu 18 anos de idade apos isso ele pedio ao advogado para dar baixa na penão, a baixa foi dada mais a mãe dele quer que meu pai continue dando a pensão o garoto desistiu dos estudos quando menor , então nese caso o meu pai vai ter que dar a pensão ou não

     
  220. Wallace Cabral

    Boa noite, vou fazer 21 anos em maio e recebo pensao do meu pai falecido em 2001, estou cursando a faculdade, sou juntado e tenho um filho. sera que consigo receber minha pensao ate os 24 anos ?

    obg!

     
  221. Day

    Ola, tenho uma duvida, meu marido tem um filho q vai completar 18 anos agr em maio, ele sempre pagou pensao, desde q o menino nasceu, mas em 2009-2010-2011 a mae do garoto nao quis mais receber o dinheiro pq estava e ainda esta casada com um cara rico… porem em 2012 ela entrou com o pedido de novo e meu marido voltou a pagar o valor minimo pois nao estava trabalhando com carteira assinada, detalhe q a mae nao deixava o garoto falar com o pai a uns 5 anos, ela deixou o garoto aqui na cidade com a mae dela para poder viver em paz, viajando com o marido dela e hj ela tem um centro de estetica em sp…. entao nao sabemos se esta fazendo faculdade ou os cursos q ele fazia de ingles, japones etc… meu marido nao ganha bem e eu nao trabalho pois estou doente… gostaria de saber se tem alguma chance dele parar de pagar ou pelo menos diminuir o valor…. gostaria de receber a resposta por email…obrigada

     
  222. Amanda

    Bom dia!
    Meu filho tem 6 anos e recebe pensao desde 2006; o mesmo e filho de um policial militar.Eu gostaria de saber, pela lei ate quando ele tem direito a receber esta pensão.Se ela termina com a maioridade…se estende ate que ele termine a faculdade?
    Desde ja agradeço e aguardo a resposta.

     
  223. Camila Marins

    Olá, dra Gostaria de saber se meu marido pode pedir, o cancelamento da pensão da filha q já completou 24 anos e já se formou, sendo q ela faz o bacharel até agosto deste ano e tbm já trabalha… Fico grata se puder me responder!!

     
  224. Luiz Fernando

    Oi Pollyana , Boa tarde

    também gostaria de parabenizá-la por nos esclarecer tantas dúvidas com total respeito e atenção.

    minha dúvida:

    tenho 31 anos , nunca recebi pensão alímenticia e de acordo com a minha mãe , quando eu tinha meus dias de vida , esse , disse a ela que não queria pegar amor nenhum por mim , portanto que me mantivesse afastado dele pelo resto da vida ,hoje lhe pergunto eu poderia ter algo dele sei que o amor não posso , e nada vai subistituir isso , eu não concluí o ensino superior , não consigo parar em emprego algum e gostaria de saber o posso fazer para obter algum benefício pois eu não tenho uma casa moro com a minha mãe de aluguel e gostaria de mudar esse quadro , obrigado desde já !

     
  225. Nathália Fontes

    Olá, Pollyanna! Bom dia,
    Se o alimentando (20 anos) mesmo cursando a faculdade, já trabalha a mais de 01 (um) ano, quais são as possibilidades que o alimentante tem de ser exonerado de sua obrigação de prestar alimentos ?

     
  226. Fernando de Oliveira Machado

    Olá, Pollyanna!

    Eu recebia pensão até meus 18 anos, no caso, até o mês passado, e me pai sempre pagou escola, cumprindo com a promessa de sempre ajudar na minha educação. Nessa semana eu passei na universidade federal de meu estado (Santa catarina) só que o curso em que passei não se encontra próximo da minha cidade, necessitando que eu vá morar em outra cidade para estudar. No caso de uma universidade federal, eu teria o direito de que meu pai ainda arcasse com a pensão? Bom, como eu recentemente completei 18 anos, não me acho capacitado de me sustentar, ainda moro com minha mãe, dependo dos meus pais nessas questões financeiras quando se trata de estudos, e não teria como eu me sustentar em outra cidade, em estudo de período integral, e tenho duvidas quanto aos meus direitos. O que devo fazer nessa situação?

    Bom, obrigado pelo artigo esclarecedor em seu blog, mas gostaria de saber como ficaria meu caso.

    Muito Obrigado e aguardo resposta.

     
  227. Fernando de Oliveira Machado

    Olá, Pollyanna!

    Eu recebia pensão até meus 18 anos, no caso, até o mês passado, e me pai sempre pagou escola, cumprindo com a promessa de sempre ajudar na minha educação. Nessa semana eu passei na universidade federal de meu estado (Santa catarina) só que o curso em que passei não se encontra próximo da minha cidade, necessitando que eu vá morar em outra cidade para estudar. No caso de uma universidade federal, eu teria o direito de que meu pai ainda arcasse com a pensão? Bom, como eu recentemente completei 18 anos, não me acho capacitado de me sustentar, ainda moro com minha mãe, dependo dos meus pais nessas questões financeiras quando se trata de estudos, e não teria como eu me sustentar em outra cidade, em estudo de período integral, e tenho duvidas quanto aos meus direitos. O que devo fazer nessa situação?

    Bom, obrigado pelo artigo esclarecedor em seu blog, mas gostaria de saber como ficaria meu caso.

    Muito Obrigado e aguardo resposta.

     
  228. Erenice

    Olá,eu e duas filhas recebemos pensão por morte do meu marido,gostaria de saber se quando minha filha completar 21 anos a pensão que recebo ira diminuir,uma tem 11 anos e a outra tem 18anos .obrigada gostaria de receber a resposta no meu email.

     
  229. Osmilton

    Olá Pollyanna,estou com uma duvida,tenho 1 filho que completa 18 anos em setembro,ele trabalha, mas não quer estudar,minha ex quer que eu continui pagando pensão a ele, mas vou ao juiz para pedir o cancelamento,seria correto já que ele não deseja fazer faculdade.
    Fico grata se puder me responder!!!

     
  230. Vanderleia

    Bom dia Pollyanna,meu caso é o seguinte,estou casada a doze anos e meu marido tem uma filha que não foi registrada no nome dele,porque a ex esposa dele não Quiz,agora ela quer pedir pensão mas pra isso ela quer registrar a menina,nos temos três filhas ele não tem um serviço fixo,pagamos aluguel com a ajuda de Deus, água e luz, ela quer R$550,00 de pensão não sei o que fazer…
    Nos ajude por favor,o que devemos fazer…Ah ela tem 17 anos e trabalha.
    Fico no aguardo da sua resposta!!!

     
  231. Gabriela

    Bom dia! Gostaria de tirar duas dúvidas. 1) meu marido tem um filho de 15 anos que mora com a mãe. Parece que ele irá morar fora do Brasil, quero saber se o meu marido deve autorizar para que ele viaje? A mãe faz de tudo para mante-lo longe do pai. 2) Ele irá com tudo pago, pois irá jogar futebol no exterior. Quero saber se meu marido pode ser exonerado de pagar a pensão e como deve fazer? Meu marido é bem simples e sem condições economicas e não sabe como proceder. Obrigada

     
  232. Matheus Henrique Camargos Mendes

    Olá, tenho um processo já em decorrência.
    perdi minha pensão ao completar 21 anos, porem ainda estou no meu terceiro período da faculdade.
    eu recebia o beneficio pelo inss, pois meu pai já era falecido.
    meu processo se encontra a um ano e meio na segunda estancia.
    ah algum modo de acelerar isso ?
    tenho real direito de continuar recebendo, já que me manter sozinho está cada dia mais difícil ?

     
  233. Nilson André

    Olá tenho uma filha de 19 anos que não estuda e trabalha, e não quer abrir mão da pensão. Já tentei fazer com que ela estude mas não consigo. Posso pedir exoneração de pensão ?

     
  234. KTHONA

    Primeiramente gostaria de parabenizá-la por nos esclarecer tantas dúvidas com total respeito e atenção.TENHO UM SERIO PROBLEMA E GOSTARIA MUITO DA SUA AJUDA.
    MEU TIO TEVE UM RELACIONAMENTO DE ALGUNS MESES E DELE TIVERAM UM FILHO UM MÊS DURANTE A GRAVIDEZ ELE FICARAM SEPARADOS MAIS APÓS O NASCIMENTO FICARAM JUNTOS UNS DOIS MESES E COM UMA DISCUSSÃO SE SEPARAM EM DEFINITIVO E A EX MULHER DELE DEIXO O FILHO COM ELE E FOI DE VOLTA PRA CASA DA MÃE DELA, ASSIM SE PASSARAM 17 ANOS E 10 MESES E ELE O CRIOU SOZINHO ELA NUNCA DEU UMA LATA DE LEITE AO FILHO, HÁ MAIS OU MENOS UM ANO O MENINO VEIO APRESENTANDO SINAIS DE MUDANÇA DE SEXUALIDADE E EXPONDO PARA AMIGOS E ESTRANHO QUE ERA HOMOSSEXUAL, MAS DENTRO DE CASA COM O PAI ELE SEMPRE TEVE POSTURA DE HÉTERO (MAIS NUNCA TIVE UMA NAMORADA)O PAI PERCEBIA QUE ELE TINHA ALGUMA COISA DIFERENTE MAIS AOS SEUS OLHOS TUDO ERA QUESTÃO DE TEMPO E MATURIDADE E ASSIM ELES IAM VIVENDO SEM SÉRIOS PROBLEMAS, DESDE DO INICIO DESTE ANO QUANDO FINALIZAVA O ENSINO MÉDIO O FILHO CONTOU A MÃE QUE TINHA OUTRA OPÇÃO SEXUAL E QUERIA SE ASSUMIR POIS SÓ FALTA 02 MESES PARA ELE COMPLETAR 18 ANOS,A MÃE POR SUA VEZ ACATOU-O E DEU APOIO MAIS NÃO TEVE O BOM SENSO DE TENTAR FALAR, CONVERSAR COM ESSE PAI QUE CUIDARA A VIDA INTEIRA DO FILHO QUE ELA REJEITOU. ASSIM NO MEIO DA MADRUGADA ELE PEGOU SUAS ROUPAS E FOI EMBORA MORAR COM A MÃE SEM SIQUER COMUNICAR AO PAI. E PARA SE COBRIR FOI A DELEGACIA DIZER QUE SAIU DE CASA POR QUE TINHA MEDO DO PAI BATER NELE,MALTRATAR POIS ELE IA SE ASSUMIR, COMO O DELEGADO VERIFICOU QUE O CASO SE TRATAVA DE UM PROBLEMA FAMILIAR ACONSELHOU QUE AMBAS AS PARTES DEVERIAM SE ISOLAR E CADA UM SEGUIR SUA VIDA. ENÃO DIANTE DISSO GOSTARIA DE SABER SE FALTA APENAS 02 MESES PÁRA ELE COMPLETAR 18 ANOS, O PAI TEM OBRIGAÇÃO DE PAGAR ALGUMA PENSÃO SE ELA REQUERER?
    QUANDO ELE COMPLETAR 18 ANOS E PODE ISOLAR ELE E NÃO DÁ NENHUMA PENSÃO?
    O FATO DELE TER SAÍDO DE CASA ESCONDIDO E IDO MORAR COM MÃE TEM QUE SER REGISTRADO, SE SIM ONDE?
    O FATO DELE TER SAÍDO DE CASA RETIRA A RESPONSABILIDADE DO PAI ATÉ ENTÃO?
    NOS AJUDE, POR FAVOR , DÊ UMA DIREÇÃO E ESSE PAI QUE VEJO NOS OLHOS A TRAIÇÃO DE UM FILHO.
    GRATA,
    KÁTIA

     
  235. Roberta Rodrigues

    Olá, tudo bem ? me chamo Roberta, tenho 18 anos e recebo pensão do meu pai desde a separação dele com minha mãe, por volta de 1999. Desde então foram feitos acordos judiciais entre eles, mensalmente a pensão alimentícia é depositada na conta corrente de minha mãe. Li em vários sites de advocacia que, a pensão alimentícia é direcionada aos FILHOS e não a mãe. A minha dúvida é, minha mãe pode pegar o dinheiro da pensão e administrar da forma que ela deseja ? Em todos esses anos nossa vida sempre foi difícil, passamos necessidades inúmeras vezes devido ao comodismo dela, pois ela administra mal o dinheiro que recebemos e, raramente esteve empregada. Pouco tempo atrás perdi uma bolsa de estudos devido a falta de dinheiro, pois em momento algum possso fazer planos pra minha vida acadêmica, pois ainda não me sustento e minha única fonte de renda seria a pensão alimentícia. Em breve quero fazer faculdade, progredir na vida,mas infelizmente minha mãe não tem consciência. Espero que possa me ajudar

     
  236. Leonardo

    Boa tarde, o pai da minha namorada faleceu e ela, como esta cursando faculdade, tem direito a receber a pensão até os 24 anos, se nós nos casarmos, ela perde o direito a pensão?
    obrigado

     
  237. Leonardo

    Corrigindo minha duvida…
    O pai da minha namorada faleceu ha pouco, e ele trabalhava como professor na prefeitura e no sesi, no caso, minha namorada que completa 20 anos no proximo mes, teria direito a duas pensoes, uma da prefeitura e outra do sesi, pelo inss.
    Ela ingressou na faculdade este ano e teria o direito de prolongar a pensao até os 24 anos?
    E se nós nos casassemos? perderia o direito?

     
  238. andressa paixao

    tenho o seguinte caso: houve o processo de exoneração da pensão em 2007, mas o filho estudava fazia faculdade de biomedicina, mas msm assim foi exonerada a pensão. O pai faleceu a 1 mês, e houve a informação que o filho poderá ingressar c/ acao requerendo o pagamento da pensão p/ ele , que está no ultimo ano de medicina e fara residência por 3 anos. Essa informação era que ele receberia a pensão do pai ate o termino da residência. Mesmo tendo havido a exoneração será que isso é possível? Aguardo reposta.
    Att,
    Andressa

     
  239. adilson

    tenho 25 anos meu pai paga pensao ate hoje,ele tem direito em pedir devolta o tempo que ele pagou a mais depois dos 18 anos?

     
  240. Jonathan Cardoso

    Oi, Pollyana Boa tarde,
    Gostaria de tirar uma duvida em relação a pensão alimenticia que meu pai me paga, desde quando nasci meu pai me paga um valor bem a baixo do que o percentual que a lei institui com base no salário dele, e hoje estou com 19 anos cursando ensino superior, e por conta de alguns fatores resolvi rever essa questão de pensão alimenticia, e hoje meu pai tem empresa aberta no nome dele, quais são as condições de pagamento de pensão nesse caso, e uma observação o mesmo é casado novamente e tem outras duas filhas, gostaria que pudesse me ajudar.
    Obrigado!

     
  241. Giuliano

    É meu caso é diferente… meu pai faleceu e eu ainda estou da faculdade e consigo alguma ajuda de custo do governo até me formar ? ?

     
  242. CARLOS ADRIANO

    Oi Pollyanna, gostaria de um esclarecimento, tenho uma filha de 17 anos do meu primeiro relacionamento que no mes de junho deste ano copmpletará 18, eu constitui uma nova familha, minha atual mulher não trabalha,e temos junto 3 filhos menores de 4 anos(uma que ela tinha e os nossos dois meninos).
    A minha duvida é a seguinte, eu posso pedir a exoneraçãoda pensão por ela estar completando 18 anos, sendo que ela não esta estudando, e ainda mora com a mae dela? ou eu posso solicitar uma revisão dessa pensão, pois eu pago hoje 27% dos meu rendimentos bruto, valor esse que tenho pago com dificuldades, por tambem ter que pagar aluguel.

    Agradeço desde ja.

    Carlos

     
  243. Marina

    Olá! Minha situação é a seguinte: meus pais se divorciaram a pouquíssimo tempo, estou morando com o meu pai que é autônomo, ou seja, não possui salário fixo. Minha mãe meio que me “largou de mão” pois a situação foi um pouco complicada por isso não estou mais nem me comunicando com ela. Tenho 19 anos e faço faculdade (federal), tenho vários gastos e ela não têm mais nenhum filho nem se casou novamente. Logo, com os gastos que tenho pensei em recorrer pra tentar pensão, é provável que consiga? Obrigada pela atenção e aguardo resposta. Att

     
  244. Cida

    Olá , tenho 17 anos minha mãe recebe a renda que o meu pai consedeu atraves da justiça , mas ela não me deicha se quer ter acesso para bens materias nos quais preciso , tenho muitos problemas com ela , sai de casa e to morando com minha avó , porém quero saber se pode passar o recebimento para minha vó , ou para mim .Agradeço se responder . Bjos Obgd .

     
  245. Pedro

    Olá Pollyanna, gostaria que você me aconselhasse. Minha situação é muito complicada e provem de uma história longa então vou tentar resumir, se poder agradeceria se a resposta viesse por email! Aos 5 anos de idade meu pai me convenceu a ir morar com ele, ele é empresário e ganha muito bem, porém fui o filho que menos tive privilégios, sendo que a única intenção de eu morar com ele era o nao pagamento de pensão! E continuou a dar a minha irmã graças a ação ganha pela minha mãe! Hoje estou com 21 anos e minha irmã com 22 anos! Ele se casou com uma mulher que joga ele contra os filhos! Minha irmã que e formada em contabilidade é sacoleira com a minha mãe do qual ele deixou de pagar a pensão sem ter pedido exoneração e por todos anos que deu a referida pensão nunca fez reajuste só abaixou por vontade própria! Já eu estou no ultimo ano de faculdade consegui abrir um negocio graças a ajuda de meu tio. No momento estou morando em um quarto na empresa de meu pai, por dois motivos, o primeiro que nao tenho bom relacionamento com a minha mãe e o segundo que ao completar 18 anos ele praticamente me expulsou de casa com as suas injustiças e dizendo que eu atrapalhava o relacionamento dele! Passei alguns anos com a minha avo ( mãe dele ) e então resolvi tentar morar com a minha mãe, por causa de brigas sai de casa e ele ofereceu que eu vivesse nesse quarto na empresa dele! Como dinheiro que ganhei no meu negocio, ele pediu ajuda dizendo que estava numa situação difícil de 60.000,00 eu imprestei e então continuei. Só que fora o fato deu pagar todas as minhas contas, até nesse ultimo mês tive a surpresa de ter que pagara faculdade pois fiquei de dependência em algumas matérias e ele se recusou a pagar, a um mês fiquei doente gastei 350,00 reais de unimed do qual ele nunca me reembolsou, dentre outras coisas estou endividado, e ele se recusa a me ajudar! A verdadeiro tenho sofrido todos os dias nesse quarto isolado pois tenho um pai rico que vive a vida como ninguém já que ele vive viajando Pra jogar em cassinos, que nao quer ajudar nenhum dos filhos! Estou entrando em depressão pois minha cabeça nao suporta mas agüentar essas opressões por parte dele e ele ainda diz na minha caiaque nao tenho direito a nada nem a plano de saúde! Repito trabalho e movimento uma soma considerada de dinheiro porém são apenaspara pagar contas e ainda tenho o custo de vida alto pois tenho que comer fora todos os dias! Agradeço e estou no aguardo de sua resposta!

     
  246. Giovany

    Olá Poliana,

    Bom, tenho 20 anos e sempre morei com meu avós, desde pequeno, porem nunca meu pai ajudou a gente, dava alguma camisetinha por natal, vim morar com ele com 17 anos hoje to cursando ensino superior e meu pai continua não me ajudando em nada, eu tenho que pagar para morar com ele.. se eu sair de casa e entrar com uma ação a alguma chance de receber algo?

     
  247. Cristian Diniz

    Olá =)

    Eu tenho uma dúvida sobre como deve ser feito o pagamento da última mensalidade da pensão alimentícia… Ela deve ser paga pelo mês inteiro ou só até o dia do aniversário ou graduação da pessoa?

     
  248. green smoke promo codes

    Al thank you for your comment. Not everybody has a great experience
    with every product, and I’m aware not to censor virtually any negative opinions. For me, personally, I haven’t had any of the issues
    you mention over my Green Smoke cigarettes batteries
    are still going strong after recurring use.
    We urge some other commenters to ponder in with
    their own experiences with Green Smoke cigarettes.

     
  249. jose reinaldo tavares

    bom dia Pollyana
    por favor eu, ja mandei minhas dúvidas para voces no dia 09/04/2013 até agora não tive resposta por favor me ajuda. meu nome è José Reinaldo Tavares agradeço de coração.

     
    • Marina Queiroz

      Houve erro na digitação. Coloque a data certa do dia da sua mensagem…Afinal, ainda estamos em 02/04/2013 =)

       
  250. Juliana Helena dos Santos Coutinho

    Minha irmã tem 19 anos e meu pai uqre tirar a pensão dela,Só que minha minha irmã ainda estuda e pretende cursar a faculdade meu pai pode tirar a pensão dela mesmo ele tendo entrado com um processo?

     
  251. Juliana Helena dos Santos Coutinho

    E tenho mas uma duvida eu tinha 20 anos quando meu pai tirou minha pensão e ainda estava estudava só que tive que trancar minha matricula por que havia tido um bebê e não estava trabalhando e necessitava muito dessa pensão e mesmo assim ele tirou ele podia fazer isso?

     
  252. Tavares

    boa noite pessoal, acho que com esta idade que voces tem esta na hora de vocês tomarem vergonha na cara e ir procurarem emprego, não ficar dependendo de dinheiro dos pais.Só não trabalha quem não quer, porque eu com 13 anos de idade eu nunca precisei de dinheiro dos meus pais para sobreviver e até hoje eu trabalho.VAMOS CRIAR VERGONHA NA CARA E IR TRABALHAR, FAZ BÉM PARA SAÚDE.5

     
  253. Antonio Alves

    Pago pensão alimentícia em nome de minha ex-esposa desde quando nos separamos e nossos filhos eram menores. Hoje em dia o mais jovem tem 37 anos. Ainda pago até hoje, mesmo a minha ex-mulher tendo renda de aluguéis suficientes a sua manutenção. Esse pagamento está correto ou é indevido?
    Obrigado.

     
  254. Marilia Bernardes

    Ei!! Bom dia!!
    Meus pais faleceram e quando completei 21 anos parei de receber a pensao do INSS. Hoje faço faculdade e não tenho muitos recursos.Me passaram a informação que ainda posso fazer o pedido para continuar a receber a pensão .É POSSIVEL ISSO?tenho alguma chance

     
  255. graça santos

    Meu marido era funcionário público aposentado, eu recebia a pensão alimenticia juntamente com meu filho, nós erámos divorciados. Ele faleceu em 2008. Após a morte dele, passei a receber pensão vitalicia sobre o amparo da lei 8.112/90 o meu filho tem 27 anos, eu gostaria de saber se eu tenho que ir ao orgão pagador e informar que meu filho já tem 27 anos, porque quando eu recebia a pensão alimenticia era 20% meu e 20% do meu filho, só que quando o nosso filho completou 24 anos o meu ex marido nunca quiz exonerar. Me oriente, o que devo fazer.

     
  256. hellena

    ola, tudo bem?
    tenho uma duvida e encontrei este site achei otimo poder tirar as duvidas aqui, meu pai me da pensao desde pequena ele nunca foi casado com minha mae tive problemas emocionais e venho tendo pois nenhum deles de fato me da atençao,ambos tem outros filhos de outros relacionamentos gostaria de saber se posso pedir a ele legalmente que pague minha faculdade ao invés de me dar a pensao(a pensao é metade do valor da universidade)ele mora em outro estado e raramente aparece ja mandei a ele um email que nao respondeu perguntou apenas se eu queria morar com ele em outra ocasiao como nao fui ele disse que nao confiava em mim.ele pode usar isso como justificativa? eu posso recorrer judicialmente alegando que nao tenho condiçoes de pagar um curso superior e fazer a troca da universidade pela pensão? se possivel me envie um email explicativo,obrigada.

     
  257. Washington Luiz de O. Castro

    Bom dia !
    Meu filho completou 18 anos mes (março 2013)passado,gostaria de saber se já posso entrar na justiça pedindo a exoneração da pensão,visto que o mesmo não estuda e mora em um duplex com a mãe em um bairro nobre enquanto eu tenho outra familia e pago aluguel.
    Aguardo resposta!!

     
  258. Matheus Martis

    Pollyanna, boa tarde !
    Meu pai paga uma pensão muito inferior ao que poderia pagar, estou cursando uma faculdade agora e ela é particular, eu trabalho e estou tendo que pagar metade da faculdade, enquanto ele paga a outra metade, não estou mais dando conta de pagar. O problema é que meu pai ganha bem, porém não tem renda comprovada. Gostaria de saber se posso entrar com algum recurso para que ele pagasse ao menos minha faculdade. Obs: Tenho 18 anos.

     
  259. Sarana Sousa

    Boa tarde. Conversando com algumas pessoas sobre pensão surgiu o comentário porque não entrei com recurso para pagar meus estudos com a pensão que recebia do meu pai, no tempo era leiga no assunto e minha mãe com pouca intrução nem ninguem nunca me aconselhou que poderia estudar que a pensão pagaria meus estudos. Me aconselharam agora a recorrer já que estou fazendo faculdade e não sou casada, tenho uma irmã que gostaria de fazer faculdade e tem 21 anos. Essa informação procede? Na verdade nenhum dos meus irmãos tiveram apoio ou incentivo aos estudos e imagino que minha família poderia ter outro futuro se no tempo tivessemos essas informação, fico triste em saber que poderia estare formada, por isso agora se pudesse mudar algo faria com certeza.

     
  260. simone martins mattos

    meu marido nunca pagou pensão para minha filha,estamos separados a 20 anos,hoje ela tem 24,Porém ele nunca deixou faltar nada à ela,incluindo o pagamento da faculdade até o ano passado, porém depois de tantos anos ele arrumou uma namorada, e talvez por ciúme, minha filha resolveu exigir pensão atrasada, já q está sempre foi de boca,nunca documentada,ela pode fazer isso? tem realmente direitos??

     
  261. simone martins mattos

    OBS:ela trabalha com carteira assinada

     
  262. Luiz Marcelino

    Oi olha li está matéria toda e te dou parabéns pelos esclarecimentos. Aqui vai minha pergunta, tive um caso com uma moça a 18 anos atrás aí ela diz que a filha é minha, mas porém eu já estava casado e continuo com a minha esposa. Agora ela me localizou e falou que a filha já está casada mas quer pensão alimentícia pelos 18 anos atrás ela tem direito. E mais tenho 3 filhos pra sustentar em casa como fica este caso. Sou obrigado fazer DNA? Aguardo

     
  263. Fabíula

    Meu filho completa 18 anos em agosto, está no 1º ano de faculdade, porém tem uma doença que não tem cura, consequentemente temos muitos gastos com remédios, suplementos todos os meses. Isto posto, pergunto:
    Até quando ele deve receber a pensão alimentícia???? A pensão que ele recebe pode ser suspensa ao completar 18 anos?
    Obrigada

     
  264. Andressa

    Olá Pollyana, completei 18 anos há três dias, tenho uma filha de 1 ano, e não parei de estudar mesmo na gestação, e no pós parto, concluí o ensino médio ano passado (2012), e vou ingressar na faculdade agora no segundo semestre de 2013, como completei 18 anos há três dias, gostaria de saber se continuo a receber a pensão, uma vez que o valor que recebo me auxilia nos meus gastos pessoais, alimentícios, vestimentas e etc, porque o meu salário do emprego é todo na mensalidade da faculdade (1300 reais), e ainda tenho minha filha para sustentar.. Há possibilidades de perder a pensão por conta da maioridade civil? Estou estranhando porque meu pai sempre deposita no primeiro dia do mês, já é dia 03 e nada, não temos muita proximidade entre pai e filha, por isso meu medo dele não pensar se estaria me prejudicando ou não, ele pode cortar de uma hora para a outra, ou é necessário um aviso prévio caso isso ocorra? Obrigada.

     
  265. Joice Ribeiro

    Bom queria saber como que é o processo contra a falta arinho do pai aos filhos?e o meu pai na realidade o sslario dele esta aumentando e ele esta se doendo que uma parte boa do salario ira para mim e para o meu irmao.e nisso ele esta querendo corta nossa pensao sem saber oque se passa aqui.me ajudem
    sendo que eu tenho a idade de 15 anos e o meu irmao a idade de 20 mas todos estudamos semsem emprego é e

     
  266. Clovis Eduardo

    Boa noite,

    Meu caso é igual a de muitos que postaram comentários, meu filho completa 18 anos em agosto ( 2013 ) e faz um bico (emprego sem carteira assinada), sua mae não quer pagar o seu estudo( terminou o ensino medio em 2012), eu gostaria de solicitar o cancelamento para que eu possa pagar seus estudos, mas tenho medo que sua mae possa fazer represália, por não mais receber a pensão e pedir para que a ajude ou coloque para fora de casa, ela pode fazer isso? Grato.
    Clovis eduardo – Rio de janeiro

     
  267. Táigeta Moreira

    Olá querida,

    Eu tenho 29 anos, a 2 anos atras encontrei meu pai e fiz o DNA que deu positivo. Mas no entanto, ele não quer me registrar. Não liga pra mim e não me ajuda em nada. A esposa dele que me ajudou num curso que fiz, com pena e com medo de por ventura eu me irar com ele e coloca-lo na justiça. Eu sofro muito com isso e tenho muitas dificuldades financeiras pois moro com minha mae e ela nao trabalha e eu que tenho que sustentar a casa. Gostaria de saber quais meus direitos alem do reconhecimento de paternidade. Aguardo sua responda, obrigada!

     
  268. Tuani *

    Olá Pollyanna,tenho 19 anos sou jovem aprendiz ganho salario inferior ao mínimo,minha mãe é desempregada,e tenho um irmão de 14 anos,terminei o ensino médio,ainda recebo pensão e não fasso faculdade,gostaria de saber se a questão de que só pode continuar a receber pensão quem ainda não completou 24 anos,faz faculdade,e não pode se sustentar,ou quem faz cursos profissionalizantes e tecnicos também pode continuar recebendo,já que ainda estuda e não recebe renda o suficiente para se sustentar,e queria saber também se meu pai pode entrar com uma ação na justiça para parar de pagar a pensão já que eutenho 19 anos e não fasso faculdade.

    aguardo resposta,desde já grata.

     
  269. Angela

    Ola Pollyana estou casada a 13 anos quando fazia um ano de casada meu sogro ficou invalido na cama e recebia uma pensão por morte q minha sogra deixou agora ele veio a falecer e eu cuidei dele esses dozes anos tenho trez filhos e um e especial estou desesperada tenho como pedi essa pensão dele pra mim ou pro meus filhos me ajude

     
  270. arlen manzini

    Oi eu gostaria de saber,minha namorada esta gravida,e a mãe dela ta exigindo que ela faça o parto em um hospital particular,e sendo que eu não tenho condições de paga,quero saber se existe lei que obriga o pai paga hospital particular,mesmo não tendo condições eu só autônomo.

     
  271. melissa graham

    INTER BIU CRÉDITO UNIÃO

    Oi lá,

    Você precisa de um empréstimo? E você foi enganado e não querem receber o seu dinheiro de você, eu quero que você saiba que eu estou dando crédito a particulares / empresas. Eu quero que você sinta-se livre para entrar em contato comigo hoje para o seu empréstimo e você vai conseguir sem você salientando-se. entre em contato comigo pelo e-mail: interbiucreditunion34@gmail.com você pode visitar o meu site também http://interbiucreditunion.devhub.com/

    respeitosamente

     
  272. Julia Carla

    Ooi pollyana , tenho 13 anos meus pais são separados, moro com minha mãe , porem meu pai nunca me deu pensão , ele mora em um estado ou moro em outro, oque eu posso fazer para conseguir a pensão ?

     
  273. VIVIANE

    bom dia recebe pensao para dois filhos um ja comp´leto 21 anos eu quero cancelar o recebimento dele pois nao acho justo ele ja trabalhar e continuar recebendo como eu posso cancelar isto ??

     
  274. gerson

    ola dr Polyana. eu tenho um filho fora do casamento q completa esse ano 21 anos nao faz faculdade e trabalha de carteira assinada quero saber como faço para pedir a exoneraçao de pensao sai automaticamente? ou eu tenho que contratar um advogado? ou ir ao foro falar com a promotora? Obrigado..

     
  275. Tatiane

    Boa noite, eu tenho 22 anos e desde quando completei 18 anos meu pai parou de pagar a pensão por conta própria, como na época eu não estava mais estudando deixei quieto, hoje estou na metade da faculdade , trabalho, tenho uma filha, mas as coisas não são fáceis pra mim, quando eu peço algo ele se omite, posso reabrir o processo se conseguir comprovar que preciso da pensão?

     
  276. Maria Ednalva da Silva

    Boa Noite, Pollyanna.
    Tenho uma filha que completou agora em março 19 anos,formou-se na faculdade em junho do ano passado em Designe Gráfico na UNIBRATEC,e recebeu a pensão do pai até Janeiro deste ano, ela ainda se encontra desempregada, faz um bico numa escolinha infantil onde iniciou para estágio e por desempenhar bem a função,continua lá mas não tem carteira assinada. Gostaria de saber se ele está certo em parar de pagar.
    Por favor me oriente.

    Agradeço antecipadamente
    Ednalva.

     
  277. carlos alberto

    ola tenho uma filha vai fazer 19 anos em agosto dou pensao de 25%do minimo judicial ela tem um companheiro e uma fiha ja vai fazer 1 ano ela nao estuda parou no 2ano fundamental posso pedir exoneramento de pansao quais as chances ela eo companheiro moram com a mae dela ele trabalha.

     
  278. Adson Martins

    Boa noite, Moro com meus pais e quero sair de casa para ficar mais proximo da faculdade e do serviço, neste caso meu pai é obrigado a continuar pagando minha graduação?

     
  279. marco antonio

    minha filha vai fazer 18 anos ano que vem,e ela esta no ensino fundamental ainda, gostaria de saber se posso entrar com o pedido de exoneração da pensão e quando devo entrar com o pedido e o que devo fazer?

     
  280. Paulo Angel

    Meu filho vai fazer 18 anos em janeiro de 2013,vou entrar com ação de exoneração,mais segundo o que vejo por aqui, ele não vai trabalhar, o juíz vai entender que ele não pode se sustentar sozinho, a nova família que tenho não vale nada pra justiça, vou ser obrigado a pagar penção pra um homem barbudo que junto com a mãe dele só querem me ver na miséria,ainda vou correr o risco de ouvir algumas piadinhas do juiz,a única coisa que posso fazer é pagar e torcer que ele fique rico, pra quando eu ficar idoso cobrar dele tudo de volta em forma de penção.Hoje a justiça só da direito a filhos de pais separados, meu filho atual do meu novo casamento não vale pra justiça, a não ser que eu me separe da minha esposa, ai ele teria direito.( falo isso porque já tentei reduzir a penção, alegando a dispesa do meu novo filho e não foi aceita)

     
  281. Maria Aparecida B.Silva

    Tenho 18 anos,esse ano ainda completo 19.
    Nunca recebi pensão,ano que vem pretendo ingressar na faculdade,no curso de direito,com duração de 5 anos,quais são os meus direitos?
    Quero que meu pai,me ajude em algo,mais pelo ego,pois ele tem vários filhos e nenhum recebe pensão
    Eu mesma posso representar contra ele?

     
  282. CLÁUDIA GOMES

    Pollyanna, Boa noite.

    Estou iniciando na advocacia e fui procurada por uma conhecida com a seguinte questão: recebeu uma carta do INSS informando indício de irregularidade na manutenção de benefício : duas pensões por morte. e com a suspensão do último.Não fez defesa. Agora recebeu outra cobrando restituição de valores. ocorre que segundo ela, recebia pensão do primeiro marido, e a segunda era para o filho de 5 anos deixado na época, filho do segundo marido. Começou a receber em 1999. está sendo cobrado um valor relativo ao período de 21/02/2008 a a 31/01/2013.estava em nome dela. ela não fora informada de nenhuma ilegalidade até entaõ em receber duas pensões, pois entendia ser a segunda para o filho menor. agora ele já é maior de idade.Não estou certa qt à idade, pois ela ainda não me deu toda documentação, mas diz que ele estudou até pouco tempo atrás, curso técnico, particular. Que caminhos podemos seguir na defesa? Estão cobrando o valor de R$39.588,50. Ela possui um único bem: sua casa. Existem riscos de ser tomada? Por favor, me oriente, pois é novo para mim. Desde já, obrigada.

     
  283. Brícia

    Oie Pollyana…
    Eu recebo pensão desde criança, e hoje esou com 21 ano… Irei me formar no final do ano, data a qual estarei com 22 anos. Gostaria de saber se é possível continuar recebendo a pensão,uma vez que não completei 24 anos e o bacharelado do meu curso, ainda não me da uma garantia de fato de me sustentar. Aguardo retorno. Obrigada.

     
  284. Monique

    Olá! Tenho 24 anos e estou no segundo ano da faculdade de 5 anos. Trabalho mas moro sozinha, por isso tenho muitos gastos. Meu pai não quer mais pagar os 40% de faculdade que me pagava. Posso entrar com ação de alimentos? tenho chance de ganhar? Obrigada!

     
  285. Carlos Vieira Gomes

    Tenho Processo de Pensão Alimentícia (15 + 15 %)de filha com 22 anos que estuda DIREITO, e não trabalha e mãe (ex-companheira).
    Como poderei pedir a suspensão da parte da filha (15 %). MEUS MOTIVOS: Levanta 10 ou 11 horas, rqamente a vejo estudando, e sai bastante com as coleguinhas.
    OBS.: Passei por 4 Graduações, Adm (Reg de Adm)Eletronica na PUC (CREA) pos. Adm Saúde Hospitalar, ralando muito, não saindo nem nos finais de semana.ELA NÃO FAZ ISSO.

     
    • JuliaLemes

      Pedir pensão até 24 anos??? pelo amor de Deus gente , vamos trabalhar né…. já estão grandinhos demais , dá te vergonha …..

       
  286. Giselle moreira de arruda

    Bom dia! meus filhos de 18 e 19 anos estão terminando o supletivo em junho deste ano. o pai deles mandou uma exoneração de alimentos, alegando eles não terem feito bom uso desta pensão, ja que nao estão cursando nenhum curso técnico ou até mesmo a faculdade. sendo assim eles necessitam desta pensão para seu sustento, ja que eu estou desempregada e vivemos todos morando com a minha mãe. eles tem como provar que estão terminando agora em junho e pretendem ver qual o valor pra começar a estudar no curso tecnico ou ate mesmo a faculdade. ja que o de 19 anos pretende fazer jornalismo e o de 18 pretende fazer educação fisica. sabendo que não são cursos tão em conta por isso a pesquisa deles pra poder ver se o que o pai paga a eles pode ser feito a faculdade ou técnico. obrigada. Giselle.

     
  287. Danielle

    Oá Me chamo Dannielle e recebo a pensão do meu pai, tenho 21 anos e moro so com a minha mãe , não trabalho e sou totalmente dependente dessa pensao agora meu pai quer tirar sera que ele pode tirar se eu e minha mãe dependemos totalmente dela?

     
  288. Fer

    olá,meu pai abandonou minha mãe e eu com 4 meses de vida a 25 anos atras,e eles sao casados com comunhao de bens, ele desapareceu pq é foragido da justiça por crime que cometeu, nunca mim ajudou em nada, hoje tenho 26 anos ja mim formei graças a minha mãe e meu padrasto!A um tempo atras tive noticias q ele arranjou outra mulher e ja tem 3 filhos de menor c ela.Gostaria de saber se tenho algum direito ainda com ele em vida, porque quando ele falecer sei que sou herdeira dele.

     
  289. Victor

    Óla, meu pai me paga pensão a anos estou para completar 18 anos quero fazer faculdade, na verdade duas. É direito do meu pai parar de pagar a minha pensão? Ele pode parar de pagar quando eu completar os 18 anos? Se ele parar ou diminuir eu posso fazer algo? Cabe ao meu pai alem da pensão me ajudar em cursos?

     
  290. lucimar

    olá,tenho uma duvida.Meu marido tem uma filha de um relacionamento anterior, essa hoje com 18 anos ela trabalha com carteira assinada não esta cursando faculdade e esta recebendo penssão.Meu marido esta com um problema de imflamaçao no tendão de aquiles a três anos, não consegue trabalhar como antes pois a profissão dele e adestrador de cães anda muito, o medico já lhe disse q ele tem q para de trabalhar por uns 6 meses pra ver se desinflama.Ele tem alguma chance de conseguir a exoneração de penssão? OBRIGADA

     
    • lucimar

      esqueci um detalhe, temos um filho en idade escola e estou gravida. Obrigada

       
  291. Grace Kelly

    Olá, eu tenho 17 anos, em julho de 2013 faço 18 anos. Eu queria saber se, ao completar a maior idade, meu pai que é tenente pode deixar de pagar pensão ?! Ele paga apenas 20% do salario dele, tem outra familia, e minha mãe não tem condições de me sustentar sozinha. A Unica renda da familia é essa pensão. Terminei o ensino médio ano passado, não faço faculdade, nenhum outro tipo de curso por falta de condições para pagar. Ele pode diminuir a pensão , ou retira-la por completo?

     
  292. ze

    Boa tarde, precisava de um esclarecimento se fosse possível, tenho 24 anos e ainda estou na faculdade, ate hoje dia o meu pai sempre me deu dinheiro para a faculdade apesar de nao ser muito ajudava, ate que a 1 semana atrás disse-m que não me ia mandar mais dinheiro que a minha mãe que suporta-se as contas.A minha mãe esta a trabalhar com uma fila em casa,que esta desemprega com 22 anos e licenciada, em que o meu pai não lhe da dinheiro também. Eu queria saber como estou a estudar e não tenho condições financeiras para suportar todos os meus custos pois a minha mãe não tem salário elevado, se o meu Pai é obrigado a contribuir com dinheiro para mim, apesar deu já ter esta idade?

     
  293. JuliaLemes

    Olá tenho uma dúvida…. meu marido tem dois filhos(um de 15 e 17 anos) o qual ele paga pensao. Meu esposo nao foi casado com a mae dos meninos . Porém quando o conheci ele ja possuía uma casa própria quitada em nome dele. hoje somo casados em comunhão parcial de bens.
    Minha Dúvida é: até que idade os filhos receberam pensão?? Os filhos tem algum direito sobre essa casa ?

     
    • Pollyanna Ribeiro Ferreira de Moura

      Prezada JuliaLemes,

      Tudo depende do caso concreto, o post que fiz sobre exoneração de pensão é para dar um norte, mas tudo vai depender de várias hipóteses. Se o filho fizer faculdade, mas tiver um emprego em que ele se sustenta sozinho não há porque continuar recebendo pensão após os 18 anos, por exemplo. Mas se não é o caso, se o filho está fazendo faculdade e não tem como se manter, é provável que o juiz mantenha a pensão até os 24 anos ou até o fim da faculdade. Porém, entendo que até os 18 anos é bem provável que o pai não consiga a exoneração.

      Quanto à segunda dúvida, sobre a casa. Os filhos do seu marido têm direito sobre 50% de todos os bens dele, mesmo que estes filhos tenho sido fruto de relacionamento não marital (que não houve casamento). Eles são futuros herdeiros. Dessa forma, eles só terão direito a um pedaço da casa quando seu marido vier a falecer. Mas em vida, se seu marido quiser vender a casa, por exemplo, nada impede e eles não têm direito a nada, já que trata-se apenas de herança, que não é direito adquirido. Só se adquiri após a morte. Desculpe se não ficou claro, mas o direito sucessório é difícil de explicar em poucas palavras.
      Só para não ter confusão, como a sra. é casada em comunhão parcial e a casa foi quitada antes do seu casamento, esta casa é inteiramente dele, do seu marido, em caso de divórcio e você não tem direito. Porém, a divisão de bens em caso de falecimento é diferente e se ele falecer, você terá direito à metade da casa e de todos os demais bens dele e todos os demais filhos aos outros 50%. Espero que tenha esclarecido de alguma maneira.
      Atenciosamente,

       
  294. Bruna Carla

    Oi, o meu caso é o mesmo da JuliaLemes e a minha dúvida também é a mesma .

    Aguardo resposta…..
    abraços

     
  295. katia

    boa tarde. tenho um filho de 19 anos que o pai abandonou quando ele ainda não havia nascido,Entrei na justiça quando ele tinha 4 anos e até hoje a justiça não nos chamou para fazer o DNA . Gostaria de saber se ele receberá a pensão desde o dia que entrei na justiça quando ele ainda era menor. Obrigado

     
  296. Fabiola Silva;

    Olá querida, gostaria que você me tirasse uma dúvida. Sou pensionista do inss e eles dizem que quando a pessoa completa 21 anos, não pode mais fazer jus ao benefício. Faço 21 anos no dia 21/07/2013, sei que o mês de julho lá pelo dia 5 vou receber, mas gostaria de saber se no dia 5 de agosto vou receber o valor referente ao mês de julho, ou pelo menos algum proporcional? Tenho também algum direito de receber algum valor proporcional ao 13º, todos os anos eu recebia a parcela por volta de 5 de setembro, tenho direito a algum proporcional relacionado a isso?

    desde já lhe agradeço.
    aguardo sua resposta.

     
  297. Bruna

    oi, meu namorado é militar e ele tem um filho que recebe pensão e ele já vai fazer 19 anos, ele voltou a estudar agora quenaod o pai pediu o fim da pensão. Será que ele vai continuar a receber pensão, caso continue pode diminuir o percentual?

    Abraços , aguardo resposta.

     
  298. MARCO DE OLIVEIRA RODRIGUES

    Bom dia, gostaria de um esclarecimento, pago pensão para minha filha, de 21 anos de idade, cursando faculdade, porém ela está para ingressar na Marinha, por concurso e em cargo de carreira. A pergunta: Ela se emancipará e cessará o direito à Pensão? Muito obrigado pela a atenção.

     
  299. Claudio Roberto

    Como fazer ? Ganho um salario minimo e mesmo assim pago pensão alimenticia, minha filha completa 18 anos em julho de 2014, ela ja até trabalha, pergunto vou ter que continuar pagando a pensão após esta data, mesmo provando que eu já estou vivendo em condições sub-humanas, sem contar que hoje estou com 68 anos, por favor me oriente… Obrigado

     
  300. jessica

    tenho uma duvida recebo pensao do ,ei pai desde os 12 anos ele abandonou a familia quando eu tinha 5 anos, agora esta na justiça para retirar a pensao, pois tenho 2 filhos e 22 anos e comecei a estudar.Ainda esta correndo na justiça. ele vai conseguir tirar. E o plano de saude que esta ativo ele nao quer me entregar a carteirinha.

     
  301. Danila

    Tenho algumas dúvidas:
    Meu esposo paga pensão aliméntícia a duas filhas(14 e 18 anos, a de 14 já tem um filho de 1 ano),descontada em folha de pagamento e depositada direto na conta da ex-mulher, a mais velha esta cursando a universidade.
    1- Ele pode pedir para que opagamento seja depositado na conta da filha maior,ou pelo fato de ter uma menor ainda vai ter que continuar sendo depositado na conta da mãe?
    2- Quando a mais nova for maior como vai ser feita essa divisão dapensão entre as duas?
    3- Temos juntos mais 3 filhos, com a maioridade das duas ele pode pedir a redunção da pensão?
    4- A ex-mulher diz que vai entrar na justiça pedindo o aumento de pensão por agora ter também o neto pra sustentar quais as chances dela obter exito?
    5- Temos uma casa e um terreno no meu nome,as minhas enteadas tem algum direito sobre esses bens por eu ser casada com o pai delas e tendo também meus filhos?

     
  302. Heloisa de Oliveira

    Estou com um problema com minha irmã ela ja vai fazer 18 anos mora com minha mae e meu pai que são casado.
    Ela começou a fazer a faculdade e estar no primeiro periodo.
    Ela diz que por causa da faculdade não tem tempo pra fazer nada muito menos pra trabalhar,agora por causa da faculdade ela estar querendo colocar meu pai na justiça e pedir pensão.
    Tem como ela conseguir isso mesmo morando com eles e eles sendo caados???

     
  303. Pedro

    Pago até hoje pensão para minha filha na qual irá completar 19 anos dia 22/05/2013. Terminou o curso técnico em dez/12. Atualmente não estuda nem trabalha, mora com a mãe. Ainda continuo pagando pensão. A mãe não para em nenhum emprego. Posso pedir a exoneração da pensão da minha filha?

     
  304. Isaac Castelo Branco

    Boa Noite, meu pai faleceu quando eu tinha 16 anos, daí comecei a receber pensão até os 21 anos. Comecei a fazer faculdade ano passado (aos 20 anos de idade), minha pensão foi cancelada, pois completei os 21 anos. Eu poderia recorrer ao INSS à receber a pensão até o término da faculdade? Grato!

     
  305. wagner

    oi gostaria de saber se minha filha tendo um filho e morando junto com o rapaz eu tenho que continuar pagando pensão ja que ela tb ja completou 18 anos

     
  306. marco antonio

    ola gostaria que me tira-se uma duvida, a minha filha vai fazer 18 anos ano que vem, porem ela não trabalha e nem estuda, sera que eu posso entrar com o pedido de exoneração da pensão? aguardo sua resposta obrigado!

     
  307. Julio barros

    Olá! Gostaria de uma ajuda. Meu pai não manda mas pensão desde OUTUBRO/2012, completei 21 anos em NOVEMBRO/2012, faço faculdade me formo no segundo semestre de 2015. Acredito que seja pq eu estava fazendo estágio e ele descobriu sendo que o dinheiro que recebo não chega nem proximo ao valor do curso. Meu curso custa 996,00 (direito) e ele so me mandava 350,00. Foi estupulado na epoca (1999) para ele me pagar 30% de seu salário coisa que nunca ocorreu. Posso requerer que ele pague os atrasados e pedir um reajuste pois está pesado para mim? O certo seria ele mandar a pensão no valor do curso?

     
  308. andressa

    olá, meu nome é Andressa, não convivo com os meus pais biológicos (moro com os meus avós maternos) e meus pais não costumam me visitar infelizmente, bom o meu pai teria q cumprir a lei correspondente a pensão alimentícia q no meu caso teve como acordo 30% do salário minimo fielmente todos os meses, mas isso nunca aconteceu, uma vez ou outra ele manda R$200,00 , um exemplo a ultima contribuição q eu recebi dele foi em novembro de 2012 (R$ 200,00 ) fico triste pois ele some e não me liga no dia do meu aniversario quando ligo ele não me atende ; vô fazer 18 anos em junho e duvido q ele lembre…

    …então minha pergunta é : Mediante a essa situação qual a melhor medida a tomar e também ao completar 18 anos perco o direito da pensão alimentícia?

    desde já agradeço a compreensão.

     
  309. Manoella

    Olá, boa tarde.
    Gostaria de tirar uma dúvida. Não conheci meu pai, e por medo da minha mãe de pedir pensão, não pediu. Quando fiz meus 15 anos, minha mãe foi até a cidade natal dele e descobriu que ele já havia morrido. Recebo pensão por morte desde os meus 15 anos e meio, e agora farei 21 anos. Estou no meu primeiro ano de faculdade, e como estou com muitas despesas por estar morando sozinha, gostaria de continuar com a pensão de um salario minimo ate o final da faculdade. Muitos advogados quando menciono dizem que tenho direito a atrasados pois adquiri a pensao a pouco tempo, sou registrada por ele mas na certidao de obito nao mencionam meu nome como filha, tenho algum direito de recorrer? Se puder me responder com urgencia agradeceria pois preciso dessa resposta. Muito obrigada, fico no aguardo.

     
  310. Michelle Sauerbier

    Houve a separação dos meus pais quando eu tinha 4 anos ele só começou a pagar a pensão quando eu tinha 13 anos hoje com 22 anos (solteira,sem poder trabalhar por estar cursando uma faculdade )meu pai cancelou a pensão,gostaria de saber se tenho o direito de continuar recebendo essa pensão e qual procedimento devo seguir;e se tem a possibilidade de receber os anos que ele não pagou. muito obrigada

     
  311. ANA BEATRIZ

    Boa Noite,

    Como nao encontrei nada na Internet sobre o assunto, por favor tirem a minha duvida.
    A filha do meu marido vai fazer 18 anos, meu marido vai pedir exoneracao.
    A mae nunca trabalhou de carteira assinada e vive da pensao. O que fazer neste caso?
    Caso nao ocorra a exoneracao pode ser solicitado a retirada dos direitos extras(13, ferias) e reducao do valor?

     
  312. Ana

    Olá ! Se puder responder serei muito grata a vc .
    Tenho um filho de 7 anos, e o juiz determinou que ele pagasse uma pensão, sendo que a sentença foi feita em fevereiro de 2011, aí perguntei ao pai do meu filho se ele não ia pagar as férias e ele me alegou que já havia recebido em janeiro de 2011 , e por isso não iria pagar. Deixei isso de lado;Em 2012 recebi em Janeiro as férias , e agora em 2013 até agora não veio , e ele alegou que ainda não recebeu , acho que ele vendeu as férias, mas não tenho como provar. Isso esta certo ? Ah , e em 2011 ele pagava plano pela empresa que ele trabalha , e em março de 2012 tive uma infelicidade de chegar em um consultório e descobrir que ele não estava mais pagando , liguei para o pai do meu filho e ele disse que a empresa , falou para ele cortar o plano, pois a criança quase não usava , isso foi o maior absurdo que eu escutei na minha vida. Posso pedir judicialmente ? Pq ele quer que eu divida o plano com ele , mas larguei meu trab para cuidar do meu filho, pois ele estava com alguns problemas de saúde. Quem esta”sustentando” o meu filho é o meu marido, pois a pensão que o juiz determinou só dá para pagar a escola . Me ajuda por favor !!! Obrigada

     
  313. Marcela

    Olá gostaria de tirar uma duvida, tenho 24 anos entrei na faculdade agora, eu tinha pensão alimentícia meu pai entrou com pedido de exoneração de pensão e conseguiu tirar, mais eu não trabalho não tenho condições de me manter, teria como eu reabrir o processo para receber de novo a pensão alimentícia?

     
  314. Cheirliane

    Olá, perdi meu pai aos 2 anos e vou completar 21 anos proximo mês. Porém, estou cursando a faculdade há um ano, irei entrar agora na justiça para prolongar a pensão até os 24 anos, pois pago minha faculdade com essa pensão. Quais chances eu tenho de obter sucesso?

     
  315. Luciane Lopes

    Oi meu noivo paga pensão alimentícia para sua filha que vai completar 21 anos e está terminando a faculdade.
    Ela concorda em terminar a pensão então eu pergunto o que meu noivo deve fazer uma vez que é descontado em folha?

     
  316. Osvaldo Costa

    Olá, meus filhos tem, 29 e 27 anos. Ambos são formados e trabalham, um já é casado.
    Há concenso entre eu e minha ex, também dos filhos, de haver a exoneração da pensão.
    Como proceder? Há obrigatoriedade de ser de forma judicial?
    Obrigado!

     
  317. marcela

    eu tive uma infancia bem conturbada. até os 10, via meu pai quinzenalmente mas por decisão própria não fui mais. sempre a mesma coisa: minha mae brigava comigo e dizia que ele tinha feito minha cabeça. hoje com 19 anos percebi que minha mae que estava certa. e cursando faculdade ele quer exonerar a pensao. ele só me prejudicou, tenho vergonha de frequentar os lugares que gostava porque ele sempre ia nesses e falava horrores da minha mae. ele já tem idade e nao quero ser responsavel dele num futuro breve. posso tirar o nome dele dos meus documentos? ele teve a capacidade de me pedir dna, nao imaginam o mal que me fez.

     
  318. benedito carlos

    boa tarde , gostaria de saber meu filho ja completou 18 anos, posso pedir a exoneração de pensão, pois quando foi julgado ficou constatado nos autos que ele completando a maioridade sesaria o pagamento, como devo proceder para parar o pagamento , aguardo sua resposta desde ja obrigado pela atensão.

     
  319. souza

    Ola, pago uma PA para uma filha que tem 23 anos, estava cursando faculdade, só que no semestre 2012/2 ela abandonou curso foi reprovada e perdeu vaga , me apareceu com um acordo dizendo que vai pagar o atrasado, hoje ela não tem vinculo nenhum de estudo mas diz que volta agora no semestre 2013/2. O que faço nesse caso? OBS. ela tem trabalho fixo

     
  320. souza

    aguardo resposta por favor

     
  321. Verônica Barreto

    Meu irmão tem uma filha e não trabalha é um alcoolatra, minha mãe paga a pensão de R$ 200,00 pois tem rendimentos de um salário mínimo. Não é um pensão judicial, ela paga pela pressão da mãe. A filha dele ira completar 18 anos dia 19/08/2013, ela teve um filho, não esta mais morando com a mãe e sim um rapaz, não estuda e não trabalha.
    Minha mãe pode para de pagar a pensão?? Para evitar problemas, ela precisa pedir Exoneração de Alimentos, mesmo não sendo pensão judicial???

     
  322. Beatriz

    Olá, gostaria de saber se a filha for doente e não consegue trabalhar e tem mais de 21 anos, o pai é obrigado à continuar pagando a pensão? e se for, a pensão já está defasada há muitos anos, ele é obrigado à pagar esses atrasados? e mesmo doente ele pode pedir a exoneração?
    Obrigada!

     
  323. Fernanda

    Bom dia!
    Gostaria de que tirasse uma duvida, eu tenho 19 anos, completei 18 em março de 2012, parei de receber a pensão alimentícia em junho, eu fazia um curso técnico e tive que trancar o curso pois as despesas estavam grandes e não tinha como me manter e minha mãe já me ajudava, e a decisão de parar não foi dada pelo juiz pois meu pai decidiu por conta própria parar, então tive que procurar um emprego mas trabalho só tirando algumas ferias então tem mês que fico sem trabalhar, não tenho carteira assinada nem nenhum contrato, não moro com minha mãe e pretendo ingressar no nível superior próximo ano tenho direito a receber pensão alimentícia? Aguardo resposta. Obrigado!

     
  324. anderson

    olá!minha filha já completou 18 anos,
    está cursando o 1ºano do ensino médio ainda,
    posso entrar com o pedido de exoneração de pensão alimentícia?
    grato pela atenção,aguardo resposta.

     
  325. JOAO

    SINCERAMENTE, ACHO ESSA HISTÓRIA TODA DE VIVER COM DINHEIRO DOS OUTROS UMA FORMA BAIXA E PREGUIÇOSA DE VIVER. SABEMOS QUE A VIDA É DIFÍCIL, MAS SOMOS TODOS CAPAZES, DEVEMOS TENTAR NOS SUSTENTAR POR CONTA PRÓPRIA. AS MULHERES NUNCA SE LIBERTARAM DOS HOMENS, NA VISÃO CLÁSSICA, PORQUE NUNCA QUISERAM, PENSAM COMO VOCÊS. NÃO HÁ MODO MAIS FÁCIL DE VIVER QUE AS CUSTAS DOS OUTROS NÃO É MESMO?

     
    • Maira Priscila da Silva Arnaldo

      João vc está se equivocando no que vc colocou, td bem é a sua opinião e eu respeito, mas a maioria das pessoas que conheço trabalham e não vivem as custas de pensão de papai não, só que é um DIREITO e direito deve ser respeitado, cada pessoa tem uma história por trás de cada escolha e ngm é melhor que ngm pra julgar os outros.

       
  326. Sandra Cristiane Iatzac

    Olá! Meu pai, falecido em novembro de 2012, teve um filho fora do casamento, hoje com 13 anos. A pensão alimentícia do menino antes descontada em folha de pagamento, hoje é dividida com minha mãe, já que ele é o único dependente menor. Minha dúvida é: e os valores relativos ao PIS e FGTS também devem ser divididos? Se sim, temos como pedir que esses valores fiquem resguardados em conta poupança para que o menino possa usufruir após sua maioridade?

     
  327. Ricardo Beis

    EXONERAÇÀO DE ALIMENTOS
    Meu processo de nº 006.111.0000.3153 da 1ª Vara Cível de Cachoeira do Sul do TJRS se arrasta desde de 08/02/2011. A bastarda tem:
    1.Maior de 26 anos;
    2.Trabalha e recebe remuneração de APROX DE R$1.800,00;
    3.Possui graduação em biomedicina e Pós Graduada;
    4.Vive maritalmente com um homem;
    5.Quem rcb a pensão é a mãe onde tive somente um relacionamento carnal.

    Meu advogado já entrou com vários pedidos de TUTELA ANTECIPADA e EXCESSO DE PRAZO porém como diz o linguajar popular …o juiz caga e anda….o que devo fazer?

    Ricardo Beis

     
  328. ROGER

    Boa noite !!!
    Minha dúvida é a seguinte, tenho uma filha de 22 anos e pago a pensão desde o primeiro ano de vida e, na atualidade, a menina cursa o 3º ano do ensino universitário, mora com a mãe, possui um padrasto que é proprietário de um consultório protético (juntamente com a mãe) onde minha filha também trabalha ou seja, possui sustento do padrasto, da mãe e também já consegue manter-se, nesse caso, tenho direito de solicitar a exoneração da pensão alimentícia ?

    Desde já, agradecido pela atenção !

     
  329. Larissa Souza

    Bom dia! Meus pais eram casados e eu morava com os dois at̩ que minha ṃe faleceu e meu pai resolveu se casar novamente, permaneci com ele um tempo mas nao deu certo, entao fui morar sozinha. Tenho 18 anos e estou desempregada, pretendo ingressar na faculdade nesse segundo semestre de 2013. Visto as condi̵̤es que me encontro Рmorando sozinha, desempregada e com minha forma̤̣o acad̻mica parada Рseria obriga̤̣o do meu pai me ajudar com o custo dos estudos ou pensao alimenticia? Eu poderia entrar com uma a̤̣o contra ele na justi̤a para reivindicar meus direitos?

    OBS: Uma coisa que eu acho um absurdo, é meu pai ter direito a pensao por morte da minha mãe a vida toda e eu apenas até os 21 anos. Seria justo ele estar casado e sustentando a filha da sua esposa atual que nem é dele e uma outra que está para nascer com a ajuda da pensao que minha mãe deixou???? Enquanto EU, filha legítima da falecida, passo pelo maior perrengue sem emprego. Acho q esse deveria ser um direito dos filhos!

     
  330. Marcos

    BOM DIA ! Me divorciei quando meu filho tinha 5 anos . Deixei a casa com ela em troca da pensão , já que sustentava minha mãe e meu irmão. Esta referida casa comprei antes do casamento e me casei com comunhão parcial de bens . Meu filho hoje tem 20 anos que não quer trabalhar e nem estudar . Posso requerer exoneração de pensão e reintegração de posse ?. Tenho uma nova família com 2 filhos ; 1 com 13 anos e outro com 8 anos. Moro de aluguel e preciso deixar algum bem a esses pequenos mais fracos e indefesos. Grato.

     
  331. Luis Carlos Soares

    Gostaria de saber,um filho com 24 anos indo para 25 gozando de boa saúde morando com seu pai e não quer trabalhar,mas entrou pra fazer faculdade,e uma filha com 29 anos não trabalha,mas é sustentada por um senhor que a mantem,mora com o pai não faz nada em casa,e também não trabalha,porem paga sua própria faculdade e usa seu dinheiro apenas para seus prazeres tem direito de pedir pensão pro pai,sendo que a mãe ganha mais que ele,e não ajuda com nada,é dever apenas do pai pagar pensão.gostaria de um esclarecimento. desde de já fico grato.

     
  332. Maira Priscila da Silva Arnaldo

    Olá Pollyana

    Como esperado, meu pai enviou o pedido de exoneração de pensão, na intimação ele alega que por estar enfermo (pressão alta/diabetes), não tem condições de pagar a pensão pois só conta com a renda da aposentadoria, o que é mentira eu sei, pq apesar dele não me conhecer eu o conheço mt bem, ele é pago pra ser caseiro de uma chácara e tenho certeza absoluta que ele ganha mais que um salário mínimo pra isso, alega tbm que eu não tenho gastos e que trabalho num lugar que eu não trabalho rs pq como ele não me conhece ele colocou que eu trabalho em um renomeado escritório contábil da cidade, mas eu NUNCA trabalhei lá … você acha que se eu disser que sou estudante e que necessito da pensão para ajudar nos gastos da faculdade eu posso ganhar isso?

    Obrigada

     
  333. Bianca Pinheiro

    Olá, tenho 22 anos, me formei em fevereiro desde ano e ainda recebo pensão de meu pai. No entanto desde 2011 faço uma formação cuja a mensalidade é relativamente alta. O que ganho mensalmente (1.000,00 reais) não arca com despesas como aluguel, água, luz, etc…posso receber a pensão até concluir a formação(em 2014)?

     
  334. Michel de Moura

    Olá!
    Bem, tenho algumas dúvidas sobre PA. Tenho 21 anos, estou com meu curso superior trancado. Voltarei a fazer cursinho pré vestibular próximo semestre, para escolher outro curso. A vida toda fui sustentando só e exclusivamente por minha mãe. Quando mais novo, minha mãe tentou entrar em um acordo com ele, para pagar meus estudos. Até começou a pagar, mas não durou muitos meses. Virou uma ‘bola de neve’ e minha mãe teve que arcar com as dívidas geradas e, consequentemente, com as mensalidades futuras. Minhas perguntas são:
    - Tenho direito a receber retroativo, apesar de ser maior de idade?
    - Mesmo com 21 anos, consigo PA, sem mesmo estar na faculdade novamente, apesar de estar estudando da mesma forma, só que em cursinho pré vestibular.
    Moro com um amigo, em outra cidade. Apesar da ajuda de minha mãe, tenho que arcar com algumas despesas de casa + cursinho pré vestibular. Aliás, trabalho de carteira assinada.

    Espero ter sido claro, quanto as informações.
    Obrigado!

     
    • MAR

      Olá.
      Tenho um filho com 19 anos o qual paguei pensão corretamente até completar a maior idade. Após esse período ele resolveu morar comigo, e o fez, mesmo antes de completar os 18 anos. Pois, pediu que eu continuasse pagando a pensão para mãe até completar a maior idade.Agora, resolveu voltar a morar com a mãe, pois alega não tem afinidade comigo e minha família. Mas, esse mudança ocorreu, depois que ele reprovou no primeiro ano de vestibular e eu cobrei que para 2013 fizesse cursinho pré vestibular a noite e durante o dia trabalhasse. Ou, caso não contrário fizesse um outro curso, tipo idioma ou qualquer outro. Mas, o fato é que o mesmo fica tempo demais na internet, não tem hora para dormir ou acordar de domingo a domingo. Não estuda em casa, ou na escola, pois falta várias aulas do cursinho. Comecei a cobrar uma rotina com responsabilidades e então, não concordou. Me ameaçou dizendo que iria voltar para a casa da mãe e iria recorrer a justiça para voltar a receber pensão, pq não quer trabalhar ou estudar. Fará curso ou faculdade particular somente para justificar a PA e não parar de receber… pois, segundo ele ganho muito bem e ele não precisa trabalhar. Sou funcionário público e minha renda líquida mensal não passa de cinco mil. Por favor, me ajude e diga-me como posso proceder?
      Agradeço desde já seu retorno e atenção.

       
    • IRACILDA

      gostaria de saber a resposta dessa pergunta ai….

       
  335. Roselene Gomes

    Olá,Bom Dia!!tenho dois filhos,uma que acabou de completar 24 anos e um rapaz q tbm acabou de completar 18anos de idade,a minha filha faz cursinho,ela trabalhava mais achei melhor sair para se dedicar mais aos estudos ,o rapaz só estuda.O pai que é 1 sargento do bombeiro ,enviou um oficial de justiça para exoneração de pensão,a minha filha sempre tentando entr na faculdade e pedindo a ajuda do pai e ele dizendo q ela ñ precisava entrar pra faculdade pq ele nunca ia tirar a pensão dela ,pois bem ñ teve palavra e eu pago o curso e tudo mais sozinha…e outra duvida minha ,a identidade do meu filho que é do bombeiro venceu e ele mandou que meu filho tirasse do IFP!!ele perde os direitos do plano de saude do bombeiro? me ajudem ao que fazer a respeito dos direitos dos meus filhos sei q já são adultos ,mas eles ainda estudam! obrigada

     
  336. stephany s

    Olá, tenho 20 anos , estou morando junto com meu namorado, quero fazer faculdade mais nossa renda não da , meu pai tem uma renda mensal de 8 mil por mês, gostaria de saber se tenho direito para que ele paga meus estudos, tenho intenção que ele mesmo venha fazer os pagamentos , para não dizer q uso o valor para outras coisas . obrigada

     
  337. stephany s

    olá meu namorado perdeu os pais , e a mae era funcionaria publica, por um período quem administrava os valores era o pai assim que ele faleceu , os valores foram depositados na conta da irma dele, hj ele tem 22 só que ela nunca deu a parte dele, ela vai fazer 21 anos em 2014, ela ira perder a pensão , ela tem plenas condições de trabalhar. obrigada

     
  338. monica lima

    Ola! Gostaria de saber se tenho direito a pensão, tenho 20 anos ganhei uma bolsa na faculdade onde tenho aula uma vez na semana , vou ao polo outros dias na semana para realização de provas e exercícios, mas preciso de passagens e alimento, ate porque tem os estágios obrigatórios,também faco um curso técnico onde meu pai saiu de casa e agora não tenho como pagar nem passagem para frequentar curso e faculdade. tenho direito a pensão?? minha irma tem 18 anos se ela tiver em um cursinho preparatório para vestibular recebe também?

     
  339. Aline Cardoso

    Olá queria a saber o seguinte: Meu pai tem mais 2 filhas com minha mãe elas estão no ensino fundamental eu já conclui o ensino médio e tenho 18 queria fazer faculdade e queria que ele continuasse a pagar a pensão pras minhas irmã e que me ajudasse por lei a pagar a matricula e arcar com Metade da faculdade tenho esse direito?

     
  340. alberto carvalho cunha

    Tenho um filho deficiente mental com 34 anos de idade. Pago pensão de 15% sobre o meu salário. O meu filho por não ter condições de de movimentar uma conta bancária o referido benefício ia para a conta da sua mãe. Porém, a sua mãe faleceu em 2010. A minha filha de 31 anos se prontificou em tomar conta do meu filho o que aceitei e ale ficou com a curatela. Agora, em 2013. A minha filha me falou que não vai mais cuidar do irmão o mesmo passou a morar comigo.
    Pergunto:
    a) o que devo fazer pra cancelar a pensão?
    b) os documentos necessário para o cancelamento?

     
  341. Joao paulo

    Meu filho vai fazer 21 anos. posso pedir a exoneração da pensão ele ja parou de estudar 2 vezes e ainda esta no ensino medio,Hoje ele esta trabalhando mas sempre fica pouco tempo no serviço.

     
  342. Fernanda Kyvia

    Boa tarde! Tenho 20 anos e moro com meus pais e irmão.Eu passei no vestibular Federal de onde moro esse ano,mas só começo em setembro por conta das greves do ano passado.A questão é a seguinte:depois que completei 18 anos meus pais pensam que está fazendo um favor a mim pagando plano de saúde,alimentação…e até roupa ou algo que preciso em relação a minha feminilidade eles não querem pagar(só uma vez no ano).Eu estudo o dia inteiro(desde quando acabei meu ensino médio) e eles nunca me deram nenhum dinheiro para sair(quando saio é sempre com meu dinheiro que consigo vendendo produtos da natura). E então,eu tenho ou não direitos aos pagamentos em relação a tudo isso(além do necessário como alimentação,ter também direito a pelo menos umas 3 vezes ou 2 vezes ao ano em questão de roupa,acessórios,”arrumar” o cabelo)??

     
  343. José Carlos Santana

    Acho assim, se o filho esta ainda estudando, e é um bom estudante, esta interessado e se esforça, ou mesmo mostra esforço nos estudos, os pais devem fazer de tudo para ajudar seu filho a completar seu curso. Agora, se a pessoa vive enrolando, perdendo matérias,ou não estuda. Aí, é os pais que devem ser poupados dessa criatura, a justiça nesse caso tem que proteger os pais. A pior coisa que existe é um filho dentro de casa sem querer cuidar da vida e dando trabalho pros pais. Isso é muito triste.

     
  344. Jessica

    Olá!

    Tenho 22 anos,e recebo pensão alimenticia por esta cursando o ensino superior,meu pai é servidor publico,eles disponibiliza dentista gratuitamente para funcionarios e filho,como fiz 22anos eu continuo tendo o direito de utiliza o serviço?

     
  345. Leidiane Souza

    Ola gostaria de saber o seguinte, meu marido paga a faculdade da filha dele, mais ele esta desempregado, o valor da faculdade é 680,00 mais o valor que o juiz estipulou se ele entrar numa firma é de 25% do salario dele,se por exemplo vier 400,00 de pensao se ele entrar numa firma, ele é obrigado a pagar os 680,00 , ou so se paga esse valor que o juiz estipulou.

     
  346. ivanildo

    tenho uma pergunta eu tenho dois filhos com o primeiro casamento, pago pensão para os dois a menina fez 22 anos e o menino 18 anos nenhum que estudar mas eu queria fazer exoneração da pensão por estou desempregado faço biscate de pedreiro, eu moro no rio eles em natal o que eu devo fazer. obrigado.

     
  347. Catarina Carvalho

    Boa Noite,

    Tenho 18 anos e os meus pais estão divorciados há mais de 3 anos. Frequento o curso de arquitetura e não tenho qualquer tipo de apoio por parte do meu pai (apenas tive até fazer os 18 anos). Vivo com a minha mãe que com muito esforço e trabalho me tem conseguido dar o necessário para viver, enquanto que o meu pai já é casado e vive uma vida de luxo com a sua nova esposa e filhos (que penso não serem dele) cheios de regalias e que passam a vida em férias e luxos. O meu pai é empreiteiro porém decidiu fechar a empresa e viver de rendimentos, ou seja, para todos os efeitos é “desempregado”. Precisava imenso de saber o que posso fazer para ter o apoio dele, pois já tenho meses por pagar em atraso na faculdade e sempre me esforcei para ser boa aluna para ter mérito no que faço. É indescritível o desespero e a cólera que sinto neste momento por aquilo que o meu pai me está a fazer passar enquanto que ele goza com uma vida cheia de luxos. Agradeço imenso a sua ajuda!

     
  348. Yara Portes

    Olá Polly.
    Bom meu caso e da minha irmã é complexo porque nos duas ja atingimos a maioridade civil, eu Yara curso o 3 periodo de Direito e minha irmã Yasmin atualmente está em um curso pré vestibular.
    No ano de 2012 minha irmã foi cursar engenharia quimica na faculdade federal rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e eu comecei Direito na Particular, em 2012 ela tinha 18 anos e eu 17, meu pai e minha mãe entraram em um acordo onde meu pai iria arcar com as despesas da minha irmã no RJ e minha mãe com a minha faculdade, lembrando que nem eu e nem a minha irmã trabalhamos. Porém este ano as coisas mudaram, eu agora sou maior de idade e consegui o financiamento (fies), e minha irmã desistiu do curso de engenharia quimica (o qual ela cursou apenas 1 periodo), mas esta desistência dela tem uma justificativa, ela sempre quis cursar medicina, sempre estudou muito, porem não conseguiu passar no vest. ainda, então ela agora está no curso pré vestibular, lembrando que ela já passou em várias faculdades federais, incluisive engenharia de petróleo na UERJ, ela ja mais que provou que é capaz, e que sonho é um objetivo.
    Depois dessa persistência da minha irmã de decidir largar um curso para tentar outro, meu pai sem ao menos ingressar com ação de exoneração de pensão parou de nos ajudar. E Desde o inicio de 2013 que a minha mãe tem q arcar com todas as nossas despesas.
    A minha dúvida é se diante do que foi exposto nos temos chances de voltar a receber pensão alimenticia, e se podemos recuperar o valor que ele deixou de pagar desde o inicio do ano.
    Lembrando que eu já tentei todo tipo de conversa com meu pai, mas ele acredita que não é mais obrigado a pagar nem 1 bala para mim e minha irmã.

     
  349. Marcio

    Olá Pollyana!

    Minha filha vai completar 18 anos agora em setembro, e ela não gosta de estudar. Tudo indica que ela possa querer fazer um curso técnico só para continuar a penssão ( acontece muito isso hoje em dia ). Mesmo assim, será que eu conssigo uma exoneração?

     
  350. ANTONIO CARLOS DE PAULA

    Eu queria uma informçao, me separei de minha ex mulher mas para isso precisei dar pensao, apesar de ter 3 filhas maiores (foi exigencia dela) e que trabalham, e mais todas moram com a mãe com casa propria, carro, etc, e eu sou aposentado com 60 anos de idade, sou doente e mais constitui uma nova familia, e por conta disso tá complicado pagar a pensao, minha atual esposa trabalhava na prefeitura mas foi demitida por ser nao ser concursada. queria saber se posso pedir a anulaçao dessa pensao, minhas filhas tem 27 24 e 21 anos respectivamente e todas trabalham. obrigado

     
  351. Yuri Farias

    Tenho 20 anos e recebo pensao alimenticia, quero cursar faculdade de direito (até o término, sao entorno de 5 anos) até o término eu recebo pensao ou somente até os 24 anos? Obrigado

     
  352. Renata Cristina

    Oi boa noite!!!
    Faço faculdade particular e o meu pai é que pag a mensalidade por que foi determinado pela justiça,contudo a mensalidade aumenta todo meio do ano e a pensão não,sem se falar que tem transporte,farda,livros,xerox,sem se falar no lanche e outras coisas,por conta desses motivos quero fazer o FIES,mas tenho medo de perder a pensão.A minha duvida é justamente esta,se eu fizer o FIES perco o direito da pensão?
    Desde ja agradeço pela atenção.

     
  353. Clodoir

    Boa noite!Meu filho vai completar 18 anos em julho e não estuda mais,só trabalha ao ponto de seu salario sustentar seus gastos.Mas agora diz que quer largar o emprego para fazer um curso técnico.Devo continuar pagando pensão?

     
  354. Scarlatt Sabrine Oliveira Silva

    Boa Tarde. Completei 21 anos em Janeiro sendo o ultimo mes que recebi minha pensão. Preciso ingressar na faculdade,porem não consigo custear a mesma sozinha pelo auto valor da mensalidade,utilizo remedios (vitaminicos por motivo de uma cirurgia que fiz) Sendo que a mesma tem um valor alto mensal. Gostaria de saber quais são meus direitos diante a justiça se meu pai tem que continuar me ajudando mensalmente mesmo eu trabalhando de carteira assinada ou não é possivel mais o recebimento da pensão. Desde ja agradeço.

     
  355. katia

    olá pollyana!
    tenho 18 anos consegui uma bolsa de estudo gratuita do governo para universidade,sou formada em tecnico em nutrição pela escola tecnica, recebo pensão por morte por parte da minha mãe com quem sempre morei hoje moro com minha vó e padastro e também recebo pensão do meu pai, só que ele disse que vai pedir a exoneração da pensão alegando que eu já não preciso mais. quais são as chances em % dele consegui? por favor preciso muito dessa resposta, obrigada!

     
  356. Alex Sandro

    Meu filho completou 18 anos, além da pensão pago plano de saúde e curso técnico para ele, a mãe dele não investe no futuro dele. Posso reduzir ou acabar com a pensão de 15% do valor do meu salário??
    Agradeço sua resposta.

     
  357. valdineia santos.

    Olá, tenho uma filha que completou 20 anos, e logo encadeou uma doença mental. (Transtorno Bipolar), hoje eu tenho gastos muitos alto e o pai dela não tem nunhuma despeza. Começo a pagar um plano de saúde, que completária 4 meses dia 20 de junho. Mas ele não quer pagar. Tenho como obrigá-lo, já que se trata de uma alimentada de maior idade? por favor eu preciso de ajuda! me informe um site para informar-me melhor. Obrigado

     
  358. maxsuel

    Olá Eu tenho 19 anos meu pai nunca pagou pensão , nuca me ajudou em nada gostaria de saber se eu tenho direito ainda em recorrer msm que eu não esteja fazendo faculdade ..

     
  359. José Carlos

    Bom dia, gostaria de saber se tenho a obrigação de continuar a pagar pensão alimentícia para uma filha de 19 anos que esta fazendo o primeiro período da faculdade de direito e atualmente está grávida?
    Gostaria também de saber quais os direitos dela como minha filha na situação acima?
    Espero um esclarecimento o mais breve possível.
    muito grato!

     
  360. Barbara Sousa

    Ola eu vou completa 18 anos quinta eu sou menor aprendiz recebo 300 reais ao mês,vou começa a fazer curso de inglês e curso técnico mais meu pai disse que quando eu completa-se 18 anos iria parar de paga pensão por conta própria sem nem falar com o juiz ele pode mesmo para??

     
  361. Ingrid mayara Gonçalves de carvalho

    Olá, tenho 19 anos e faço um curso técnico e meu pai não quer mais me dar a pensão, por sorte fui sorteada com uma casa pela cohab mais pago muito pouco por isso, não tenho quase condições de me manter sozinha, os outros filhos dele estudam em escola particular, ele vive dizendo que não tem dinheiro, queria saber se tenho direitos de conseguir pensão dele???

     
  362. Breno Manhães Gaspar Veras

    Olá,
    Eu tenho 19 anos, faço faculdade com bolsa integral pelo prouni, eu não trabalho e dependo exclusivamente da pensão para bancar todos os meus gastos com a faculdade, apostilas, xerox, livros, lanche, passagem de onibus, roupas e etc. Quais são as minhas reais chances de ganhar essa causa?
    Obs.: minha mãe não trabalha e meu padrasto tem rende mensal de 900 reais, e o que devo fazer para manter o beneficio?
    E dei uma lida sobre isso, e vi que atualmente somente poderá cancelar minha PA se for comprovada minha subsistência por conta própria, com devida avaliação do juiz, me esclareça isso por favor.

    Att

     
  363. Rose Mary

    Olá!
    Meu marido tem dois filhos, uma menina que vai completar 18 anos, e o menino que tem 17 anos, que eu saiba ambos ainda estuda, até que idade é obrigatoriamente pagar a pensão alimentícia? a menina esta fazendo um curso, e recebe uma bolsa de 01 salario minimo, mais cesta basica.

    Conto com sua orientação….

    Atenciosamente,
    Rose Mary

     
  364. Victor Estevão Santos Silva

    Eu tenho 16 anos faço 17 ne julho, me emancipei para poder trabalhar e pagar a faculdade que eu comecei em fevereiro desse ano, meu pai paga pensão de 20% do salario dele para mim e para minha irmã que tem 13 anos.
    Meu pai agora querer parar de pagar a pensão de alimentos e tambem não quer me ajudar na faculdade.
    eu tenho o direito da pensão de alimentos até os meus 18 anos ainda mesmo estando emancipado? e posso requisitar perante um juiz, um auxilio faculdade dele?

     
  365. Débora Ramos

    Oi, eu tenho uma dúvida e gostaria que me ajudasse por favor. Eu tenho 18 anos e recebo pensão alimentícia do meu pai enquanto estudar, mas eu gostaria de trabalhar com carteira assinada (fora do período de estudo. Se eu começar a trabalhar eu perco o direito de receber pensão? Obrigada.

     
  366. Gabriela Estacio

    Ola , tenho 18 anos fiz agora dia 25 de maio , sou registrada no nome de um homem , mas agora descobri q sou filha de outro o q devo fazer , tenho direito a receber algo ?? devo procura a justiça ?

     
  367. NENEM

    bom,, meu filho estava fazendo faculdade fora do domicilio dele.mas o pai por nao depositar a pensao corretamente ele teve varios problemos,, numa de suas ferias ele veio para casa e a faculdade entrou em greve,, nesse meio tempo ele resolveu nao voltar e trocar de curso. passou no vesticbular e agora vai fazer aqui na cidade onde eu(MAE) MORA.O PAI NESSE MEIO TEMPO Q ELE ESTA TROCANDO DE CURSO PAROU DE DEPOSITAR E CHEGOU UMA CARTA P ELE DE PRISAO CASO ELE NAO PAGUE OS ATRSADOS ,, ELE PODERIA TER INTERRONPIDO A PENSAO PELO FATO DE MEU FILHO TER TROCADO DE CURSO E AINDA NAO TER COMECADO? ELE COMECA AM SETEMBRO….

     
  368. iara

    Olá rebo uma pensão temporária por conta da morte do meu pai, mas ela vai acabar quando eu completar 21 anos, mas faço faculdade. Pelo o que eu pesquisei na internet eu nao irei conseguir prorrogar a pensão. Mas me falram que eu posso entrar na justiça para pedir uma cota parte da pensão da minha madrasta que recebe pensão também. Isso seria possível?

     
  369. ieda lucia

    gostaria que me tirasse uma duvida,o pai do meu filho parou de pagar pensão,quando ele tinha 13 anos e nunca mais consigui o endereço dele,agora ele já completou 25 anos e descobri o endereço,então por favor me esclarece se ele tem direito a pensão atrazada,ficarei grata pela resposta

     
  370. tatiane garcez

    meu marido tem uma filha de 21 anos. ele deu pensão até os 18 anos dela como foi combinado na separação. hj ela quer fazer faculdade e quer que o meu marido pague os estudos.só que ela possui uma união estável e a companheira dela tem uma salão de beleza onde as duas trabalham. a casa que ela mora é atras da casa da mãe, mas está com escritura no nome dela. se ela reabrir o processo terá sucesso em relação ao pai pagar os estudos?

     
  371. maisa

    Estou saindo de casa pq eu e meu pai não nos damos nada bem e a situação está insuportável para se manter. Estou cursando a faculdade, já no penúltimo ano e tenho 19 anos. Meu pai é obrigado à pagar por meus estudos mesmo casado com minha mãe e com minha saída de sua casa por vontade própria?

     
  372. Noemi

    Olá, tenho 17 anos e farei 18 próximo mês. Prestei vestibular para universidade pública mas não passei, então comecei num cursinho preparatório pra tentar novamente agora no fim deste ano. Como não estou em uma instituição de ensino superior, meu pai pode entrar com o pedido de exoneração? Muito obrigada pelo post, ajudou bastante e clareou diversas outras dúvidas! Aguardo resposta!

     

Add a Comment


+ 9 = 18